26 de fevereiro de 2017

Tá Na Estante :: 'Sob o Céu do Nunca' #639

POSTADO POR EM 26 de fevereiro de 2017

Oi, gente. Tudo bem?


Passei um tempinho afastado aqui do blog, pois estava de férias e viajando. Mas já estou de volta e hoje vim contar para vocês o que achei de uma das minhas últimas leituras. Vamos conferir?!

Livro: Sob o Céu do Nunca
Série: Never Sky (#01)
Autora: Veronica Rossi
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 336
Sinopse: Banida de seu lar, a cidade encapsulada de Quimera, Ária sabe que suas chances de sobrevivência no mundo além das paredes dos núcleos são ínfimas. Se os canibais não a matarem, as violentas tempestades de éter certamente o farão. Até o ar que ela respira pode ser letal. Quando Ária se depara com Perry, o Forasteiro responsável por seu exílio, todos os seus medos são confirmados: ele é um bárbaro violento. É também sua única chance de continuar viva. Perry é um exímio caçador em um território impiedoso e vê Ária como uma menina mimada e frágil – tudo o que se poderia esperar de uma Ocupante. No entanto, ele também precisa da ajuda dela, afinal, somente Ária tem a chave de sua redenção. Opostos em praticamente tudo, Ária e Perry precisam tolerar a existência um do outro para alcançar seus objetivos. A aliança pouco provável entre os dois acabará por forjar uma ligação que selará o destino de todos os que vivem sob o céu do nunca. Em uma narrativa hipnotizante, Veronica Rossi conduz os leitores a uma aventura inesquecível, ambientada em um mundo repleto de crueldade e beleza.
Nessa distopia o Éter dominou os céus e a cada tempestade os estragos à civilização são maiores. Por conta disso, os humanos desenvolveram colônias subterrâneas e passaram a viver nelas, protegendo-se da imponência do Éter e passando seus dias em Reinos, um mundo virtual que passa as mesmas sensações que o real, mas sem os perigos.

Ária é uma Ocupante. Ela mora na colônia de Quimera e passa seus dias nos Reinos com seus amigos. Sua mãe, Lumina, é uma importante cientista que está na colônia de Nirvana para experimentos, mas há alguns dias não se comunica com ela. 

Em busca de informações, Ária acaba se envolvendo em uma confusão que tomou proporções maiores do que ela imaginava. A jovem foi expulsa de Quimera, largada para morrer entre os Selvagens e sob o imponente Éter.

25 de fevereiro de 2017

[Dicas] Livros para ler no Carnaval

POSTADO POR EM 25 de fevereiro de 2017

Oi, gente. Tudo bem?


Feriado de Carnaval é sempre bom pra relaxar, curtir as festas e aproveitar o clima de alegria que ronda pela cidade. Mas por que também não pra se jogar nas leituras? Separei 05 dicas de livros para vocês lerem nesse Carnaval e espero que gostem. Vamos conferir?!

As Grandes Aventuras de Daniella, de L. L. Alves
Sinopse: Bom, o que eu tenho a dizer sobre esta história maluca que estou prestes a contar? É simples: vocês não vão acreditar. Sério mesmo. Vai parecer loucura, com minha boca suja, dois pés esquerdos, noites inusitadas e quilinhos a mais (muito mais, mas não vamos entrar em detalhes...). Mas vou fazer o quê? É a verdade. E eu vou contar para vocês porque... Sei lá. Na verdade, eu nem devia estar contando, alguns de vocês vão se chocar. Ainda está aqui? Bom, o risco é todo seu. Prepare-se. Ah, é verdade, esqueci de me apresentar (típico). Meu nome é Daniella Fagundes, vinte e oito anos, namoro com o Thiago há dois anos e posso dizer que tudo está mais que perfeito! (xi, exagerei agora, né?). Também adoro comer e sou diferente de qualquer outra mulher que já tenha contado sua história para vocês. Por quê? Porque sou uma daquelas mulheres conhecida como gordinha. Sabe como é? Eles não se referem a mim como a sagaz Daniella ou a superconfiante Daniella. Sou apenas a gordinha do grupo. Sempre tem que ter um, não é? Bom, é isso aí, acho que deu para entender. Afinal, vocês estão prestes a conhecer as minhas aventuras de autoconhecimento e de... Comece a ler, ué. Não quer perder um segundo, quer?
Eu simplesmente AMO essa história. A escrita da Lu é daquelas que te prende logo nas primeiras páginas e a protagonista é divertidíssima, daquelas que se mete em cada confusão e tem a boca suja, mas te dá grandes lições de empoderamento. E o melhor sobre esse livro é que neste Carnaval ele está de graça na Amazon. É só clicar aqui pra comprar.

24 de fevereiro de 2017

Tá Na Estante :: 'Sob Um Milhão de Estrelas' #638

POSTADO POR EM 24 de fevereiro de 2017

Heeey, gente. Tudo bem?


Fevereiro tem sido um mês de leituras maravilhosas. Li tanta coisa boa e já estou louca pra contar pra vocês o que achei de cada um dos livros lidos. O escolhido de hoje é o novo romance da minha autora queridinha, Chris Melo.

Livro: Sob um Milhão de Estrelas
Autora: Chris Melo
Editora: Fábrica 231
Páginas: 320
Sinopse: Alma Abreu está prestes a lidar com um inventário e uma série de histórias de um passado tumultuado que pertence mais aos seus pais do que a ela mesma. Mas este parece o menor de seus problemas no momento. Passar alguns dias na pacata Serra de Santa Cecília veio bem a calhar para a jovem médica, após um incidente no hospital que a deixou sem chão. Ela só não esperava se envolver tanto com a pequena cidade – e com o prestativo vizinho da charmosa casa que sua avó lhe deixou, além de um animado grupo de amigas, filhas das melhores amigas de sua mãe –, a ponto de pensar em deixar sua vida em São Paulo para trás. Será que a vontade de ficar é apenas medo de enfrentar seus problemas? Mas como voltar à velha rotina depois de tudo o que descobriu e viveu em Serra? Em seu segundo romance pela coleção <3 Curti, do selo Fábrica231, Chris Melo entrega aos leitores uma apaixonante história de amor e amizade que faz jus ao seu título de “Nicholas Sparks brasileira”.
Todas as vezes que Chris Melo lança um livro eu preciso me preparar psicologicamente para lê-lo. Isso se dá por dois motivos: eu sei que irei encontrar uma história surpreendentemente emocionante e também sei que irei reencontrar pessoas que já passaram pela minha vida em algum dos seus livros. Não foi diferente com Sob um Milhão de Estrelas; desde o princípio eu sabia que iria me apaixonar. E foi o que aconteceu.



Alma é uma médica que foi criada a duras penas pela sua mãe. Filha de um rapaz desconhecido, mas que sabe ter sido o grande amor da vida daquela que lhe deu a luz, Alma cresceu não tendo tudo o que queria, mas sendo muito amada. Já maior, trabalhou para ajudar a mãe no sustento da casa e para se formar com êxito na profissão que escolheu. Ela sabia que queria ajudar pessoas. 

No entanto, Alma passou por uma grande provação dentro da medicina e isso fez com que ela se afastasse um pouco de casa. Como um pontapé do destino, a jovem recebe a notícia de que a avó paterna faleceu e deixou-lhe os bens, em uma pequena cidade, no interior de São Paulo. Cidade onde sua mãe jurou nunca mais colocar os pés.

23 de fevereiro de 2017

[SÉRIES] Conheça Big Little Lies

POSTADO POR EM 23 de fevereiro de 2017

Oi, gente. Tudo bem?


No último domingo estreou na HBO Brasil a série Big Little Lies, baseada no romance Pequenas Grandes Mentiras, da autora Liane Moriarty, publicado pela Editora Intrínseca em 2015. Assisti o primeiro episódio e hoje vim apresentar um pouco da série para vocês.

Sinopse: Todos sabem, mas ainda não se elegeram os culpados. Enquanto o misterioso incidente se desdobra, acompanhamos a história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular. Madeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de como isso afetará a vida de todos. Reunindo na mesma cena ex-maridos e segundas esposas, mães e filhas, bullying e escândalos domésticos, a série explora com habilidade os perigos das meias verdades que todos contamos o tempo inteiro.
Eu li o livro em 2015, como parte do falecido Clube da Liga (resenha aqui). Quando soube que ele viraria uma série de TV, fiquei muito animado, pois a leitura me agradou de uma forma única. Acompanhei toda fase de pré-produção e surtei quando o primeiro trailer saiu. Então, finalmente a HBO anunciou o lançamento para 19 de fevereiro e assim que pude, assisti o primeiro episódio.