1 de maio de 2012

01 de Maio... Dia da Literatura Brasileira

POSTADO POR EM 1 de maio de 2012
Heeey Ninas, hoje não é um dia Importante apenas para os Trabalhadoras (Parabéns pelo dia de Vocês), hoje também é um dia importante para a Literatura Brasileira... Na verdade hoje é O Dia da Literatura Brasileira, a data foi escolhida em homenagem a José de Alencar. O maior escritor do Romantismo no país. Chique não?!

Estamos tão acostumados a ler livros traduzidos que até esquecemos que a Literatura Brasileira e extensa e os clássico são, em maioria, bem melhores que os de outros países. Muitos narram a história do nosso país, com leituras históricas e engraçadas.

Sabe quais são as fases da Literatura Brasileira?




Começando pelo Quinhentismo que é onde tudo começou no século XVI, essa escola representa a fase inicial da literatura brasileira. Quem se destacou nessa época foi o padre José de Anchieta que escrevia seus poemas, cartas, entre outras e resolveu catequizar os índios, também nessa época temos Pero Vaz de Caminha que escrevia as cartas de Pedro Álvares Cabra, também escreveu um diário com informações do Brasil para serem mandadas a Portugal para informar o rei do que estava se passando na viagem.

Período Barroco século XVII, essa escola é marcada por conflitos espirituais, ou seja, a oposição do mundo material com o mundo espiritual. Os textos eram escritos destacando a angustia e a oposição desses dois mundos. Os principais autores desse período são Padre Antonio Vieira, Bento Teixeira e Gregório de Matos Guerra.

Neoclassicismo ou Arcadismo século XVIII, é a época em que as abordagens do período barroco são deixados de lado e surgem a razão e o objetivismo. A linguagem que até então era muito complexa foi substituída por uma linguagem mais fácil. Principais escritores da época são Frei José de Santa Rita Durão, Tomas Antonio Gonzaga, Basílio da Gama e Claudio Manoel da Costa.


Romantismo século XIX, é marcado pela chegada da familia real e pela Independência do Brasil. É período do individualismo, do romance, dos sonhos, do uso de metáforas. Os principais autores dessa época são Castro Alves, José de Alencar, Gonçalves de Magalhães, Gonçalves Dias, Casimiro de Abreu, Álvares de Azevedo, Junqueira Freire e Teixeira e Silva.


Realismo segunda metade do século XIX, a literatura romântica entrou em declínio e os autores aproveitaram para escrever seus textos falando sobre os conflitos e os problemas do ser humano. Os principais autores dessa época são Machado de Assis, Aluisio de Azevedo e Raul Pompéia.

Parnasianismo final do século XIX e inicio do século XX, escrevia com uma linguagem mais culta e rebusca, usavam temas mitológicos e faziam uma descrição super detalhada. Os principais autores dessa época foram Vicente de Carvalho, Olavo Bilac, Alberto de Oliveira e Raimundo Correa.


Simbolismo final do século XIX, os poetas dessa época escreviam muito sobre religiosidade, sonhos e morte. Os principais foram Cruz e Souza e Alphonsus de Guimaraens.


Pré – Modernismo de 1902 a 1922, é marcado pela busca de valores dos problemas sociais e valores tradicionais, regionalismo, linguagem coloquial e positivismo. Os principais autores Euclides da Cunha, Augusto dos Anjos e Monteiro Lobato.

Modernismo de 1922 a 1930, como o próprio nome diz, abordava temas do cotidiano, acontecimentos modernos, eram escritos com palavras diretas. Os principais escritores são Manuel Bandeira, Oswald de Andrade, Cassiano Ricardo, Mario de Andrade e Alcântara Machado.

Neo – Realismo de 1930 a 1945, são retomados alguns temas como assuntos religiosos, problemas sociais do país, criticas e denuncias. Os principais autores dessa época são Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade e Vinicius de Moraes.

Bastante Período né??? Mais cada um deles teve uma importância para o Brasil :) Bom, já li alguns clássicos da Literatura Brasileira, vou citar alguns !

"O Cortiço" - Aluísio Azevedo


Romance de Aluísio Azevedo que conta diversas histórias paralelas com relação a um Cortiço de propriedade do português João Romão, entre elas a da moradora Rita Baiana é uma mulher expansiva e liberada que se envolve com Jerônimo, jovem lusitano recém-chegado ao Brasil, a do dono do Cortiço com a negra Bertoleza, e sua rivalidade com o rico vizinho Miranda,a de Pombinha, sua mãe D. Isabel e a prostituta Léonie, e outras mais que demonstram a natureza humana da visão Naturalista.

*Li para um trabalho escolar e me encantei, o legal é que tem várias versões da mesma obra.

"Capitães de Areia" - Jorge Amado



Bahia de Todos os Santos, 1950. Um bando de meninos abandonados incomoda a sociedade. São chamados “Capitães da Areia”, porque o cais é o seu quartel general.

Pedro Bala, o temido líder dos Capitães da Areia, é caçado como o pior dos bandidos, mas, na verdade não passa de um adolescente livre nas ruas. Ele é o herói de quase uma centena de meninos, que juntos vivem incríveis aventuras: planejam de pequenos furtos a assaltos a ricas mansões, trapaceiam os marujos em mesas de jogatina e jogam olho comprido sobre os fartos decotes das mulatas. Dormem em um trapiche abandonado e vivem em feiras populares e festas de rua, atrás de comida e divertimento. Às vezes explodem, gritam de raiva, perdem a cabeça, mas resistem bravamente aos piores obstáculos.

Quando uma epidemia de varíola invade a cidade, os Capitães da Areia se deparam com o conflito da morte, têm que tomar decisões de adulto, decisões impossíveis para a cabeça dessas crianças. Enquanto isso, nos bairros populares, a epidemia destrói famílias, fazendo novos órfãos. Dora, de apenas 13 anos, perdeu pai e mãe, e se vê só nas ruas de Salvador. Mas quis o destino que os Capitães da Areia cruzassem o seu caminho.

O bando nunca teve uma figura feminina e a chegada de Dora vem mexer com a vida dos Capitães. Pedro Bala logo se apaixona por ela. Professor, braço direito de Bala, mais tímido e inexperiente, apenas sonha com sua pele macia, com seus seios que despontam, seu jeito de que vai virar mulher a qualquer instante. O triangulo amoroso torna-se inevitável, os três estão mais adolescentes do que nunca, como adolescentes descobrem o amor.

*O livro é tão bom que virou um filme com o mesmo título, vale a pena ler. Principalmente para quem está em época de vestibular... É uma história constante nas provas.

Que tal?! Espero que tenham gostado...

P.S: Algumas informações foram retirada daqui.
Beijoos



4 comentários:

  1. Isso me fez lembrar minhas aulas de Literatura ... kkkkkkkkk ...

    Xoxo

    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Meu filho faz letras e a grade que ele está mais gostando é literatura! Estão na parte Literautura Brasileira, vou mandar esse post pra ele!
    bjim, Barbrinha..

    tia Dea.
    vai guardando ai...rss
    amanha mais sobre noivas: http://deabrasilcabelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe, ta bom amooora :)

      Vou dá uma olhadinha lá :)
      Beijoos

      Excluir