26 de junho de 2012

Ta na Estante... "A Hospedeira" #16

POSTADO POR EM 26 de junho de 2012
Heeey minhas flores, como estão?? Pois bem, enfim trago para vocês a Resenha de A Hospedeira, ja havia comentado sobre ela quando postei a Resenha de O Natal de Poirot e algumas pessoas me falaram que queriam ver a minha de A Hospedeira. Vamos lá.

Livro: A Hospedeira                                                           Autor: Stephenie Meyer                                                            Editora: Intrínseca                                                               Páginas: 557                                                                           Sinopse: Melanie Stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo.Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.
Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.


" É um livro de ficção cinetífica que não parece ficção científica - 
é sobre um triângulo amoroso com apenas dois corpos.
O que mais gostei neste livro foi de explorar o amor de ângulos
tão diferentes. O amor pela comunidade, pelo próprio 'eu', 
pela família - o amor romântico e o amor platônico."
-Stephenie Meyer

Pense ter seu corpo invadido por um alienígena que, a partir daquele momento, tomará conta de todas as suas ações, mesmo você ainda estando dentro do seu próprio corpo, não terá controle sobre o mesmo. Agora pense que você faz parte de um mundo de alienígenas que ocupam corpos inertes, cada vez em um planeta diferente, e passa a viver a vida daqueles corpos, mas certo dia você é colocado em um corpo em que seu antigo ocupante ainda está conectado. Em A Hospedeira eu vivi o drama de Melanie e Peregrina, ou Mel e Peg, duas mulheres com desejos diferentes dividindo o mesmo corpo.

O Planeta Terra é tomado por uma legião de alienígenas que tem por objetivo ocupar os corpos dos humanos, em sua maioria, o planeta é rendido pelo vírus, até então, desconhecido. Mas alguns humanos se dão conta do que está havendo, dentre eles Melanie, que tenta a todo custo fugir dos invasores. Mas um certo dia não dá mais, e Mel é capturada. A partir de então vemos o dilema de Melanie e Peregrina, a alma que foi designada para o seu corpo. Quando o processo de troca de almas fosse concluído, Mel deveria não mais existir, deixando seu corpo e memórias para Peg, mas não é o que acontece. Então temos duas almas em um só corpo.

A princípio ambas se detestam, Mel por não comandar seu próprio corpo e também, por ver o mundo em que nasceu se transformar em um novo mundo no qual apenas as formas humanas são iguais as de antes, Peg por ter pego um hospedeiro defeituoso e ter que lidar com os dramas de Mel. Com o passar do tempo essas rixas se tornam coisas do passado, e as duas acabam por se tornar amigas, mas nesse meio tempo muita coisa acontece. Dentre elas, Peg ser a única alma hospedeira em meio a humanos conhecidos por Mel.

Confesso que os 10 primeiros capítulos desse livro foram massacrantes, uma leitura sufocante, chata... Mas a partir do capitulo 11, ou melhor, da página 82 a história tem uma reviravolta completa, ao ponto de não querer largar o livro em momento algum, a história é envolvente. Tia Steph soube, muito bem, como prender o leitor. Cada personagem, por menor que seja, tem sua importância, nada passa desapercebido, a história é rica em detalhes sem se tornar repetitiva. O que era um Triângulo amoroso de dois corpos, acaba se tornando uma dupla de casais com 3 corpos. Uma história magnificamente encantadora, que deixa a pergunta no ar. O que será dos humanos??

"Tome conta deles por mim.
Eu o teria feito de qualquer maneira.
Do Ian também.
Se ele deixar. Tenho um pressentimento de que ele não vai gostar de mim tanto assim.
Mesmo que ele não deixe.
Eu farei tudo o que puder por ele, Peg. Eu prometo"
Pág. 531

Enfim, A Hospedeira é, definitivamente, meu livro favorito. E eu seria doida se não lhe desse 5/5.

Espero que tenham gostado da Resenha. 
Beijoos

28 comentários:

  1. Acredita que eu tenho esse livro desde que ele foi lançado, mas eu nunca quis ler? Não sei, mas me falaram muito mal dele, então desisti. Mas quem sabe eu leio rs

    Beijos,
    Caroline, do http//criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Babs. Eu gosto pra caramba desse livro. Eu não gosto muito dos nomes que a Titia inventou, como: Petalas de alguma coisas, mais eu gosto da história. Mais a continuação não sai ¬¬
    Beijos.
    http://mythinkingmoments.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkk, Raios de Sol, LOL... A história é ótima, realmente, e eu quero muito a continuação !!

      Excluir
  3. Ba, sério. Acabou me dando até uma vontade de ler hahaha
    E olha que eu tenho muito preconceito com as obras da Meyer! Porém, A Hospedeira era o único que talvez eu desse uma chance algum dia. Você me fez ver que esse fato é possível =]
    Caramba, quem morre na página 82? sahuuashuashu

    Parabéns pela resenha!!
    Beijos,
    Lucas
    http://apanhadordehistorias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkk, quase morre, mas não morre, haha

      Excluir
  4. Eu comecei a leitura e parei na página 50. Não tinha santo que me fizesse seguir. Agora falam maravilhas e eu espero continuar a ler porque fiquei ansiosa com o lançamento do trailer do filme.
    Beijos.
    http://laviestallieurs.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe, leia... Excelente livro. Também pensei em abandonar, e Graça a DEUS não abandonei :)

      Excluir
  5. Oi Bárbara!!

    Todo mundo sente isso no inicio desse livro, realmente é massante no inicio. Mas o livro como um todo vale mesmo muito a pena, eu aprendi a gostar dos personagens e querer que todos ficassem bem! Steph acertou mesmo, com certeza! rs

    Beijos,

    Marcelle
    http://bestherapy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. husahsuahusa, sério?? Meu livro preferido, adorei !!

      Excluir
  7. Oie Bá eu li esse livro no começo do ano, e ele me surpreendeu de uma gorma, simplesmente AMEIIIIIIIIII assim como vc!!!Indico p/ todos
    Beijokas =)

    Aline Dias
    Paixão por Livros

    ResponderExcluir
  8. Nossa adoreii!
    deve ser ótimo...

    meuguardaroupaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe, realmente é excelente. Vale a pena ler :)

      Excluir
  9. esse livro é maravilhoso!! eu amei!!
    tua resenha está perfeita!!
    http://escreverdayse.blogspot.com.br/2012/06/como-ler-melhor-algumas-consideracoes.html

    ResponderExcluir
  10. Amém eu ter continuado a ler depois da 50 ! kkkk.
    Ótima resenha amor ;)
    Só não releio por falta de tempo mesmo ):

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hsuahsuahsua, amém mesm, e eu ainda me mato por quase ter abandonado meu, então, livro favorito :)

      Excluir
  11. Já li o livro e gostei muito, também é um dos meus favoritos!
    Seria muito legal uma continuação, eu apoio!
    Abraços,
    Luciano Andrade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe, todos apaixonados por The Host, adoro !!

      Excluir
  12. Acho que o livro chama mais atenção pela autora que pela própria história rsrss
    mas vou ler primeiro, caso haja espaço, amei tua resenha flor, desculpa a equívoco da pergunta kkkkkk beijosssssss

    ResponderExcluir
  13. Isso mesmo, seria doida de não dar nota máxima!! Eu concordo com vc em tudo amiga, o livro é chato no começo mas depois ele fica perfeito, rico em detalhes sem se tornar repetitivo!! Parabéns ... ha e eu gostei muito da Peg acho que foi meu personagem favorito!! Uma alma extremamente boa, queria um dia conhecer alguém assim, será possível ?? Acho que não!!

    Xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu adoooooro esse livro *-* mas, como você falou, o começo é muuuito parado, chato mesmo, daí eu demorei muito pra ler, quase desisti, ainda bem que eu continuei porque é muito bom e eu tô muito ansiosa pelo filme!
    Adorei seu blog e já estou seguindo :)
    Dá uma passadinha no meu :)
    beijos
    territorio-pop.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hsuahsua, realmente ótimo... Vou visitar sim :)

      Excluir