Heeey meus lindos, como vão??

Trago mais uma resenha da Natália, dessa vez um livro bastante polêmico. Antes de eu pedir para que ela fizesse a resenha dessa obra havíamos conversado muito sobre o livro. Ela me falou que prefere, totalmente, a primeira versão do livro à vendida atualmente, também me contou que ganhou da professora… Hm. Vamos saber mais um pouquinho!

Livro: Eu, Christiane F., 13 anos, Drogada e Prostituída.
Autor: Kai Hermann e Horst Rieck
Editora: PDL
Páginas: 355
Sinopse: “Este livro nos fala duma verdade que a nossa sociedade recalca em sua consciência. Pelo que revela, ele me parece mais importante que numerosas análises sociológicas ou trabalhos de especialistas. Este documento sem generos mostrará, enfim, ao grande público – pelo menos é isso que esperamos – que a toxicomania e o alcoolismo juvenil, em constante expansão, e a atração dos jovens por seitas não são fenômenos importados, mas gerados por nossa própria sociedade.”

Tirem as crianças da sala: “Eu, Christiane F, 13 anos,
drogada e prostituída” talvez assuste um bocado de pessoas, a começar pelo
título.

Não há muito que dizer da história, afinal, acredito que o título fale por si
só. O livro é feito de um conjunto de relatos de Christiane F. e sua
adolescência em Berlim. No início, uma aluna inteligente e aplicada. Depois,
uma viciada em drogas que se prostituía para poder comprar a droga. Christiane
também encontra o amor de sua vida, e se tudo dará certo ou errado caberá
apenas ao destino. Após presa e acusada de consumo ilegal de drogas, como
cocaína e heroína, Christiane deu uma entrevista a dois jornalistas alemães que
pretendiam fazer uma pesquisa sobre problemas na juventude. Uma entrevista que
duraria duas horas, durou dois meses e acabou se transformando nesse incrível
livro.

Quando minha professora chegou com esse livro na sala de
aula dizendo que ia emprestá-lo a quem quiser, eu fiquei um tanto apreensiva.
Minha amiga logo passou a mão nele e começou a ler. Depois de ótimas
indicações, entrei na fila para ler o livro também. E não me arrependi. Muito
do que sei hoje sobre drogas (e muito do que hoje me deixa longe delas) aprendi
com ele. Apesar de muitos dizerem que é um livro muito forte, eu acredito que
todos os adolescentes do mundo deviam lê-lo – quem sabe assim o número de
drogados diminuísse um pouco – para estarem conscientizados dos erros e perigos
da droga. Caso a sua mãe implique um pouco com drogas, bebida e derivados te
aconselho a ler esse livro longe dela. Afinal… Não quero causar problemas a
ninguém.
E como tudo que é bom e útil, esse livro também foi
censurado. As novas versões estão sendo adaptadas para “o mundo moderno” como
se hoje consumir drogas fosse algo terrível e a prostituição fosse incomum. Eu,
particularmente, odeio PDFs, mas irei deixar o link para download desse para
quem se interessar (afinal, sem versão completa e inteiriça, não há graça
alguma no livro). Eu recomendo… Mas tem que ter estomago forte para algumas
partes do livro hein? Só avisando…

MAIS TEXTOS DA NATÁLIA?? SIGA O TUMBLR DELA 🙂

Beijoos

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

41 Comentários

  • NinaBluu
    26 dezembro, 2013

    Sua resenha é ótima, flor! Parabens!. Onde encontro o link pra baixar o livro?

    please-smiile.tumblr.com

  • Priscila Vallejos
    07 abril, 2013

    Oii, eu quero muito ler o livro. Cade o link?

  • michelly rodrigues
    10 outubro, 2012

    eu ja li esse livro uma vz , e faz muito tempo , realmente muito bom , quando comecei , nao quis parar , só q como faz muito tempo eu queria ler ele novamente. onde acho o link p baixar ele ?

  • Ricardo Biazotto
    19 julho, 2012

    Não conhecia o livro, mas gostei da premissa. Como você bem sabe, aprendi muito sobre o que envolve as drogas com o livro Tudo ou Nada, e acredito que isso se tornaria ainda mais intenso com este livro – ainda mais porque envolve outros temas.
    Não gosto de pdf, mas se tiver a oportunidade, certamente irei ler.

    Beijos
    Ricardo – http://www.overshock.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      19 julho, 2012

      Não conhecia esse livro, vou pesquisar sobre ele 🙂

  • Líbia
    18 julho, 2012

    É a primeira vez que vejo falar desse livro, achei muito interessante. Também não sabia que tinha um filme. Espero em breve ler e assistir (:

    http://descobrinasentrelinhas.blogspot.com.br/

  • Leandro de Lira
    17 julho, 2012

    Oi!
    Não sei se leria esse livro. Uma amiga leu e me contou a história e eu não me interessei.
    Mas gostei da resenha. 🙂
    Abraço!

    "Palavras ao Vento…"
    http://www.leandro-de-lira.com

    • Barbara
      Barbara
      18 julho, 2012

      Realmente vai do gênero da pessoa, mas não recuso nada 🙂

  • Catherine Hill
    17 julho, 2012

    Nossa adoro esse livro, é realmente chocante tudo que rola, principalmente a parte do namorado dela, fiquei tipo "o que é isso?!". E tem o filme também que como é de se esperar é bem chocante. Estou seguindo o blog, visita meu blog se gostar me segue?

    http://yourswonderland.blogspot.com.br

    bjos obrigada

    • Barbara
      Barbara
      18 julho, 2012

      Oiie Catherine, realmente bastante tenso, visitarei com prazer 🙂

  • marie vampi
    17 julho, 2012

    Oi fofa!!!
    Estou morrendo de vontade de ler este livro!!!

    =)

    Tem um selinho para você lá no blog!!!
    É só acessar o link e pegá-lo,ok???

    http://www.estantedelivrosdamarievampi.blogspot.com.br/2012/07/ganhei-mais-um-selinho.html

    Parabéns pelo blog!!!

    *-*

  • Natalia Dantas
    17 julho, 2012

    Oi!

    Que legal!
    Ainda não tinha visto esse livro, mas é muito interessante!

    Beijos :*
    Natalia do blog Entre Livros e Livros (http://musicaselivros.blogspot.com.br/)

    • Barbara
      Barbara
      18 julho, 2012

      Realmente é muito interessante, vale a pena a leitura 🙂

  • Mareska
    17 julho, 2012

    Não li o livro ainda, mas gostei muito do filme! É pesado, mas vale a pena!

  • leitura hot
    17 julho, 2012

    Oi flor!!
    Eu assisti o filme e achei bem impactante! Imagina a leitura..rsrs
    Esse nogócio de adaptar é muito chato, por que não deixar igual a obra? Os jovens devem ler o que é impactante mesmo pra não ir atrás…

    Beijokas
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    • Barbara
      Barbara
      18 julho, 2012

      Realmente, se o filme já é bem tenso imagine o livro, concordo que não deveria haver adaptações, acredito que quanto mais impactante melhor 🙂

  • Victhor Asckermann
    17 julho, 2012

    Oie, adorei sua visita em meu blog ^^
    Seu blog é demais… Ficou demais a sua resenha. Ah seguindo tbm!

    Abraços,
    Revolução Nerd

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      Olá Victor, obrigada. Visitarei o seu mais vezes 🙂

  • Suh Anizio
    17 julho, 2012

    Já li esse livro, na 1 vez eu devia ter usn 14 anos, ha um tempo atras descobri o filme e assiti, tive que ler o livro novamente, não li essa segunda publicação, mas a primeira apesar de ser forte conta com um realismo a vida dela que chega a ser maravilhoso, e claro saber que apesar de tudo ela conseguiu expor sua vida a todos dessa maneira. Ótimo livro..

    Beijos (ps voltei) rsrs

    http://www.pontoomakeup.blogspot.com

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      hsuahsua, Voltastee õ/ Estou curiosa para ver o filme, realmente 🙂

  • Will Randal
    17 julho, 2012

    Muito legal a resenha! Me deixou curioso, vou procurar aqui nas livrarias…

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      ôppa, que bom que gostou. Super vale a pena lê-lo, apesar de que as primeiras edições foram melhores 🙂

  • Amiga da Leitora - Thais
    17 julho, 2012

    Nunca li este livro, e esses temas tbm nunca me interessaram muito, mas confesso que sua resenha me provocou uma certa curiosidade Natália!! Drogas é um assunto complicado, pq além de informação e orientação a pessoa tem que ter no minimo opinião própria!! Adorei sua resenha!!

    Xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      ôooba, minha resenhista mandando bem, hehe. Fico feliz que a resenha tenha interessado, nunca é tarde para se discutir sobre drogas e prostituição !!

  • La Mademoiselle
    17 julho, 2012

    Oi,

    esse livro parece ser bem interessante! Fiquei morrendo de vontade de lê-lo! Também acho importante que as pessoas conheçam de verdade como é a visa de dependentes químicos!

    Bjs

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      Realmente, essa é a melhor forma de se afastar das bobagens do mundo !!

  • Estefanie Germanotta
    17 julho, 2012

    Olha! Não sabia que existia o livro. Já assisti o filme há um bom tempo atrás.
    Um beijo
    Coisas Fúteis

  • Luciano andrade
    17 julho, 2012

    Eu gosto de livros fortes, não me perguntem porque mas eu realmente gosto e até me divirto com eles, fiquei muito interessado na história dessa garota. Outro que quero muito ler e dizem ser bem forte é o Garotas de Vidro!

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      Realmente, estou também bastante ansiosa para ler Garotas de Vidro 🙂

  • Flavia
    17 julho, 2012

    Ja li o livro quando eu era adolescente; O livro era da minha mãe… sumiu, nunca mais vi depois que li. Devia ter uns 13 anos. Na época fiquei assustada e achei o livro muito pesado e não gostei muito.
    Assisti o filme também e é cada cena horrorosa que dá vontade de sair correndo.
    Depois até pesquisei sobre a história dessa doidona, e ela continuou se drogando e se prostituindo…. hoje nem sei mais o que foi feito dessa pobre coitada…

    Bjokas
    Flavia – Livros e Chocolate

  • agnes
    17 julho, 2012

    não li o livro, só vi o filme..
    e já achei bastante pesado, imagina o livro..
    mas acho a leitura válida, é bom pra gente ter noção do que os outros costumam passar..
    e dar graças a Deus que estamos livres!

    beijos
    rascunhoseborroes.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      Concordo com você, ainda não vi o filme, mas fiquei curiosa.

  • Lucas
    17 julho, 2012

    Já ouvi falar do livro, inclusive ele já foi ganhador de prêmios brasileiros muito importantes. É uma pena que as pessoas passem a "regular" a criatividade do autor através do falso moralismo.
    Parabéns pela resenha!É um livro que tentarei ler no futuro.

    Beijos,
    Lucas
    http://apanhadordehistorias.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      Realmente, é o cúmulo você adaptar uma obra por conta do moralismo.

  • Paulo
    17 julho, 2012

    Nossa, lembro que a muito tempo vi na Saraiva mas minha mãe me proibiu de comprar. Mas agora compro escondido e… quem liga ? Também acho que todo adolescente deve saber dessas coisas, afinal, precaução nunca é demais. Ótima resenha, Babra 😉

    • Barbara
      Barbara
      17 julho, 2012

      hehe, mamãe tbm me proíbe alguns livros, haha. Mas vale a pena 🙂