19 de julho de 2012

Tá na Estante... ' A Vida em Tons de Cinza' #23

POSTADO POR EM 19 de julho de 2012

Heeeys meus lindos, como estão??


Hoje eu voltei para trazer uma nova resenha, dessa vez A Vida Em Tons de Cinza, primeira cortesia da Editora Arqueiro, uma nova parceira do blog. Um livro cativante e comovente, não consegui largar o livro. Me apaixonei.

Livro: A Vida em Tons de CinzaAutora: Ruta Sepetys
Editora: ArqueiroPáginas: 240
Sinopse: 1941. A União Soviética anexa aos países bálticos. Desde então, a história de horror vivida por aqueles povos raras vezes foi contada.
Aos 15 anos, Lina Vilkas vê seu sonho de estudar artes e sua liberdade serem brutalmente ceifados. Filha de um professor universitário lituano, ela é deportada com a mãe e o irmão para um campo de trabalho forçado na Sibéria.
Lá, passam fome, enfrentam doenças, são humilhados e violentados. Mas a família de Lina se mostra ainda mais forte do que tudo isso. Sua mãe, que sabe falar russo, se revela uma grande líder, sempre demonstrando uma infinita compaixão por todos e conseguindo faze com que as pessoas trabalhem em equipe.
No entanto, aquele ainda não seria seu destino final. Mais tarde, Lina e sua família, assim como muitos outros com quem estabeleceram laços estreitos, são mandados, literalmente, para o fim do mundo: um lugar no Círculo Polar Ártico, onde o frio é implacável, a noite dura 180 dias e o amor e a esperança talvez não sejam suficientes mantê-los vivos.

O que dizer de 'A Vida em Tons de Cinza'? Ruta Sepetys nos ensina um pouco de história da melhor maneira possível, é impossível não se comover com o drama de Lina, Jonas, Elena, Andrius, Janine e tantos outros... A 2ª Guerra mundial está no auge, e a União Soviética aprende membros da Estônia, Lituânia e Letônia, bem como da Filândia, para servirem de escravos. A mais pura verdade é que eles querem apenas matá-los da pior maneira possível. Tiros, forcas... Nada disso se é necessário, as armas utilizadas são a fome, o frio, a miséria.

Lina Vilkas tinha apenas 15 anos, quando foi arrancada de sua casa por um exército desconhecido para ela, os NKVD, ao lado de Jonas, seu irmão mais novo, e Elena, sua mãe. Parte em um trem imundo para um destino desconhecido. Na viagem ela já percebe que o que enfrentará pela frente são coisas inimagináveis. Separadas de seus maridos, as mãe de família assumem a liderança de seu povo, ou melhor, do grupo que está no mesmo vagão que elas, lutando para estarem sempre juntos, enfrentam  dor, morte, doenças. Viajando sem rumo certo, com paradas significativas apenas para descarregar os mortos, Lina e seu grupo se vêem perdidos no mundo. Muitos clamam por clemencia, clemencia essa que seria a morte. Outros ainda acreditam num final feliz; poderia esse final feliz existir?

Em meio a esse turbilhão de tragédias, surge um puro amor, desconhecido para ambos os amantes a proximidade  deles é vista de bom grado por todos os outros do grupo, mas uma separação acontece, e ficamos nos perguntando se num futuro eles se unirão novamente.

A Vida em tons de Cinza é um relato verdadeiro do que aconteceu com aquele povo, Ruta teve o cuidado de pesquisar, de todas as formas possíveis, o que realmente aconteceu no começo dos anos 40. E o resultado disso foi uma magnífica história, uma história trágica, sim. Mas que nos mostra como o amor pode vencer a tudo e a todos. 'Somente o amor é capaz de revelar a natureza realmente milagrosa do espírito humano.'  Baseado em fatos reais, Between Shades of Grey (Título Original) é um romance comovente, que não deixa dúvidas que existe saída, até na pior das hipóteses.

Definitivamente, esse é um dos livros que entrou para os 10 mais da minha lista de favoritos, em suas 240 páginas Ruta Sepetys trouxe a tona histórias esquecidas de uma forma sublime e encantadora. Um livro que, se fosse um filme, merecia um Oscar. Mas como não, merece no mínimo, o primeiro lugar na lista do New York Times.

Beijoos

22 comentários:

  1. Sou suspeita para comentar sobre este livro, porque na minha opiniao ele é perfeito.
    #Amazing Vale muuuuuito a pena lê-lo!

    http://idelmaria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, um dos melhores livros da minha estante :)

      Excluir
  2. Sempre ouço falar bem deste livro, e a cada dia estou com mais vontade de ler.
    Gosto de leituras deste estilo.


    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books
    @c_i_d_a

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Leitura é indispensável, super vale a pena :)

      Excluir
  3. Barbara, esse é um dos melhores livros que li este ano e dificilmente sairá dessa lista. A autora escreveu uma história fantástica e mostrou um lado que eu particularmente nunca vi na literatura - já que sempre falam de Hitler. Ensina história e ensina uma lição de vida. Incrível!

    Parabéns pela resenha.
    Beijos
    Ricardo - www.overshock.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, quando se fala em 2ª Guerra se lembra de Hitler, essa história é magnífica !

      Excluir
  4. Oii tudo bem?
    Tem um selinho no blog para você.


    Beijinhos


    Samantha - Coração Com Tinta
    Visite Nossa Página no Facebook

    ResponderExcluir
  5. Amei também o livro quando li Báh! Com certeza merece estar na lista dos 10 melhores!
    Parabéns pela Resenha!

    Sucesso!

    Beijos!
    Ah, tem meme no meu blog para você!!

    Adriana
    http://umbestsellerchamardemeu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Dri. Realmente ele não sairá da minha lista dos 10 mais, hehe

      Excluir
  6. Nossa, eu adoro livros que retratam algo real, adoro quando o autor tem esse cuidado de ser fiel a história e faz uma pesquisa digna.

    Adorei. Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é excelente quando o autor tem a preocupação com os fatos.

      Excluir
  7. Eu quero esse livro! :(
    Ele tava por 9,90 na submarino uns dias atras

    beijos
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Próximo livro da minha fila.
    Doida pra ler. Nunca vi ninguém falando que o livro é ruim!
    Adorei a resenha e já fiquei mais ansiosa ainda pra ler!

    Tem meme pra vc aqui: http://livrosechocolate.blogspot.com.br/2012/07/memes-e-selinhos-7.html

    Bjokas
    Flavia - Livros e Chocolate

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. realemnte é exclente, vou conferir o meme :)

      Excluir
  9. o livro é romantico pelo que eu vi mais tme um pouco de drama rsr ai nao sei se aprovo a leitura, mais nao cuta tentar ne
    http://garotoonerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o romance é um pouco esquecido, ele é mais dramático !

      Excluir
  10. BARBARA!
    FELIZ DIA DO AMIGO!!

    "AMIGO, palavra tão fácil de se escrever e pronunciar, mas tão difícil de ter. AMIGO, é aquele que nos ampara nos momentos difíceis, é aquele que nos crítica nos erros e fraquezas, é aquele que não engana, que não elogia para não explorar. AMIGO, é aquele que sente a nossa ausência e chora quando choramos."

    Vim desejar alegria, felicidade e muito amor no coração e um final de semana iluminado, cheio de carinho e felicidade!!
    “Crer, é tornar possível o impossível.”
    Carinho não tem preço, doe-se.
    Blogueiras Unidas 1275!
    Luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Tenho muita vontade de ler esse livro, porque adoro romances históricos e já me falaram muito bem dele! Adoro quando o autor tem a preocupação de pesquisar e nos trazem um livro com cenas bem próximas da realidade. Realmente, é impossível não se emocionar com esse tipo de história. Espero poder ler em breve :) beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, romances histórias são excelentes, e esse livro tem um cuidado especial. É o meu xodó *-*

      Excluir