Heey gente, tudo bem??

Hoje eu tenho uma resenha de um livro bastante comentado… 50 Tons de Cinza está trazendo opiniões diversas entre os blogueiros críticos do ramo literário. Eu li e reli a obra para formar uma opinião concreta… Espero que curtam 🙂 Ao decorrer da semana liberarei a resenha dos outros dois livros da trilogia.

Livro: Cinquenta Tons de Cinza
Autor: E L James
Editora: Intrínseca                                                         Páginas: 480
Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja.



Laters Baby

Cinquenta Tons de Cinza me foi apresentado, primeiramente, na forma de Fanfic (Mestre do Universo), curto bastante esse tipo e leitura, e como ela era uma das mais comentadas resolvi ler. E confesso: Não me arrependi. Na obra- em livro – somos apresentados a Christian Grey e Anastásia Steele. Ele: um CEO mandão, prepotente e egocêntrico. Ela, uma recém formada tímida, ingênua e sonhadora. O encontro dos dois não é dos mais memoráveis, mas os ‘Sim, Senhor’ e ‘Não, Senhor’ soltados por Anastásia ao logo da entrevista que marcou o primeiro encontro do casal, acaba por fazer com que Christian acredite que ela seja uma submissa nata, e ele como um bom Amo/Dominador não pode perder a oportunidade de tê-la como sua.
A partir dai o livro da início a uma relação BDSM (www), que, na minha humilde opinião, não foi bem sucedida. Esse não é o primeiro livro que leio sobre o assunto, mas confesso que foi um dos mais fracos. Ok, o fato de Anastásia não conviver, ou nunca ter ouvido falar sobre esse tipo de prática sexual faz com que a relação dos dois seja mais amena, mas em nada se compara a uma relação real entre Submissa e Dominador, confesso que isso me irritou bastante. 
Christian tem um sistema de repelação quando o assunto é sua vida, devido a traumas passados ele não consegue se abrir com ninguém e também tem um certo tipo de TOC que impede que Anastásia aproxime-se dele, fisicamente falando, mas esse seu trauma não só abala o físico, abala também o psicológico, e isso o impede de externar seus sentimentos.
Cinquenta Tons de Cinza é tratado como um livro erótico, mas eu confesso que em momentos me senti lendo um Auto-Ajuda – não me matem. No meu ponto de vista, Grey tratava o sexo como uma forma de amenizar o que estava sentindo, uma forma de se tornar superior, ou melhor, de demonstrar força. 
Quanto a leitura em si, UAU. Muitos criticaram a escrita da E L James, mas eu simplesmente adorei. A leitura fluiu super rápido, (na primeira vez li o livro em 3 horas) a história por traz do ‘erotismo’ é bem complexa, os personagens são construídos de forma verdadeira. O tempo e espaço convivem entre si de forma esplêndida. Ela conseguiu criar um excelente ambiente para a história. 
O final é tão surpreendente, mas tão surpreendente que te força a ler o segundo livro da trilogia. E L James causou opiniões boas e ruins, mas qualquer que tenha sido a opinião do leitor ele se sente atraído a ler todos os livros, todos querem saber como termina a Saga de Christian Grey e Anastásia Steele. E eu confesso que entrei para o clube das Apaixonadas por Mr. Grey. Uma excelente distração, um livro engraçado, interessante e que divide opiniões, vale a pena ler para expressar a sua, concorda?
“Será que eu faria isso de novo? Nem sequer consigo fingir criar causa disso. Claro que faria, se ele me pedisse – desde que não me machucasse e que essa fosse a única maneira de estar com ele.” Página 300
Beijoos

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

54 Comentários

  • Tiago Souza
    20 fevereiro, 2015

    Adorei a resenha, me deixou com vontade de assistir! haha <3

  • luis felipe
    09 abril, 2014

    Adorei esse livro, mas vc já leu o livro "reverso" escrito pelo autor Darlei…apesar de não ser tão conhecido, se destaca por marcar a história, pois coloca em cheque, as leis que governam o nosso universo, e ainda por cima desafia os principais dogmas religiosos, nossas principais crenças são postas em dilemas cruciais, enfim se trata de um livro arrebatador, esse é o link do livro. Abraços..
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem..

  • Paloma Viricio
    18 dezembro, 2012

    Nahim…eu não sei mesmo o que achar desse livro e todo o restante. Ainda não li nada…bom só lendo mesmo para formar alguma opinião. Mas…você é a primeira pessoa que diz isso do "Meio auto-ajuda" no livro. Achei interessante.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

  • Biia Rodrigues
    18 dezembro, 2012

    Eu achei o livro um pouco mal escrito, já li outros do gênero que são muito bons e acabei comparando, mas em uma coisa eu concordo, quando chegamos no final não tem como ficar sem ler o próximo.

    Beijos ;*
    Pepper Lipstick

    • Barbara
      Barbara
      18 dezembro, 2012

      hehe, o final é totalmente crazy né?! Tem que ler, hsuahsua

  • Preto no Branco
    18 dezembro, 2012

    Concordo e muito, rs. O interessante é isso, não se deixar abalar ou influir pelas opiniões e resenhas alheias. Ler com a cabeça aberta e com disposição a odiar, amar, gostar um pouco e por aí vai, independente do que seu melhor amigo disse a respeito, ou seu blog favorito criticou, rs.
    Adorei a resenha, a sinceridade e a originalidade.
    Abraços!!

    • Barbara
      Barbara
      18 dezembro, 2012

      hehe, que bom que curtiu flor. É bem isso mesmo, ler de cabeça aberta 🙂

  • Cida
    17 dezembro, 2012

    Oi Barbara! Eu ainda não li, mas acho que mesmo com tantas criticas eu também vou gostar de Mr. Grey, fora que vou ficar imaginando Ian Somerhalder enquanto leio.

    Adorei a resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

  • Kezia Martins
    17 dezembro, 2012

    Eu concordo com você, flor.
    Tem momentos que é bem auto-ajuda. rs
    Eu não achei o livro tão erótico assim. Mas, enfim.
    Eu gostei da forma como foi construido, da narrativa, mas odiei a Ana e a Deusa interior dela. Meu Deus, que coisa chata e repetitiva. Eu só não parei de ler por que o Grey é muito interessante para se largar hahaha
    Mas, no geral eu gostei.
    Beijinhos
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      17 dezembro, 2012

      KKKKKKKKKKKK, a Deusa Interior dela é de doer no coração, hsuahsua

  • Livroterapias
    17 dezembro, 2012

    Amei esse livro, aliás a trilogia!
    Muito bom"
    Rizia – Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

  • Raah Dias
    17 dezembro, 2012

    Oi Barbara! Adorei sua resenha!
    Comecei a ler 50 Tons mas deixei de lado. Não é bem meu estilo de leitura – mas leio – e não gostei da escrita da autora; achei esse livro um pouco mal escrito. Não quero abandonar de vez a saga, pois tenho uma certa curiosidade sobre o final, mas não quero ler por agora.

    Beijos!

    • Barbara
      Barbara
      17 dezembro, 2012

      hehe, espera ele sai mais dos holofotes e você pega-o novamente. Mas realmente a escrita da autora é diferenciada, tem que ter paciência.

  • Newsdayoff
    17 dezembro, 2012

    Esse livro esta bem famoso né? Tenho que ler ele! Amei seu blog, ele é muito fofo, seguindo ele, segue de volta?

    http://newsdayoff.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      17 dezembro, 2012

      Obrigada floor, vou conferir seu blog siim 🙂

  • Alice Aguiar
    16 dezembro, 2012

    gostei muito da sua resenha
    espero terminar logo de ler o livro, apesar de achar muita coisa muito boba neçe sabe xp

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      O livro em si tem um lado meio bobo, não desapegue 🙂

    • Marinah Gattuso
      17 dezembro, 2012

      Amei a resenha e gostei bastante do livro também, mas depois que você ja leu a série da IRMANDADE DA ADAGA NEGRA, o livro do 50 tons é fichinha HAHAHA

      Beijos,
      Marinah | Blog Marinah Gattuso@blogmarinah_gInsta

    • Barbara
      Barbara
      17 dezembro, 2012

      kkkkkkkk, estou louca para começar essa série… Parece bem porreta, hsuahsua

  • Angela Graziela
    16 dezembro, 2012

    Esse livro é tão polemico
    Estou louca para ler e tirar minhas proprias conclusões

    Beijos
    Boas festas *-*
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

  • purplegirl
    16 dezembro, 2012

    oie,o seu blog é super DIFERENTE;criativo e contagiante!!EU A-D-O-R-E-I o post ,SE QUISER DÁ UMA PASSADINHA LÁ NO MEu,e fale oq achou dele?/purplefazhion.blogspot.com.br/

  • Amiga da Leitora - Thais
    16 dezembro, 2012

    Concordo com vc! O livro é tratado como temo erótico, e a escrita da autora vem sendo super criticada, mas para mim, o livro não é tão erótico assim, existem coisas bem mais eróticas passando na rede Globo de Televisão! A escrita da autora flui tão bem que a gente nem sente que já está chegando ao fim da leitura. Adorei essa série, e já estou com o ultimo volume na mão, só falta chegar a vez dele na fila pra mim poder ler … hehe

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      hehe, já li toda a trilogia e estou relendo para resenhar. Realmente 50 Shades é viciante 🙂

  • Andreza Vitória
    16 dezembro, 2012

    Estou lendo esse livro, as vezes eu me irrito tmb, é raro as partes interessantes do livro, mais vou continuar lendo a trilogia toda pra ver no que vai dar.( Ameii sua resenha e super concordo)

    http://meuguardaroupaa.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      Fico feliz que tenha gostado… Continue a ler,a história de Christian e Ana é bem envolvente. Esqueça um pouco do tema central e foque na história, fica bem mais interessante 🙂

  • cristiane
    16 dezembro, 2012

    50 tons de…EXISTEM LIVROS MELHORES! Odiei esse primeiro livro, mas até que os outros dois são bem legais. Mesmo assim, ainda acho que existem livros melhores desse gênero…

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      Realmente, se tratando desse gênero existem livros bem melhores. Por exemplo: A Trilogia Erótica da Bella Adormecida, que foi escrita pela Anne Rice. Mas eu não foquei muito no erotismo, fui mais para o lado sentimental dos personagens, e isso me satisfez quase que por completo.

  • Dayane Andrade
    16 dezembro, 2012

    acho que o grande erro é tratar o livro como algo exclusivamente erótico e sadomasoquista como muitos tem feito… trata-se muito mais de um livro sobre o amor abordando sexo (de forma bem detalhada rsrs) do que um livro sobre sexo que aborda o amor… o q me encantou foi justamente o amadurecimento que a relação causa aos personagens… e sim, eu tbm me apaixonei por Mr. Grey hahaha… mas enfim, amei a resenha!

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      Ai é que está… O livro é mais amor do que sexo, acho que foi isso que me fascinou na história. Mas quando alguém procura-o para ler esperar encontrar um BDSM tórrido, e isso não ocorre, daí vem a crítica quanto ao erotismo do livro. Erotismo esse que está lá, mas envolto em uma camada de amor entre os protagonistas. Fico feliz que tenha curtido a resenha 🙂

  • Lucas Souza
    16 dezembro, 2012

    Barbara Sá, lá vou eu comentar.
    Eu achei que você rasgaria uma seda total para o livro, sério u.u
    Mas ainda bem que você foi sincera, isso é digno.
    Eu não leria mesmo o livro, mas se ler era só pra falar mal com catigoria KKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Bjs

  • Gabriel Ribeiro Gomes
    16 dezembro, 2012

    Nossa depois dessa sua resenha com certeza vou ter que ler cinquenta tons de cinza , estou muito curioso e acho que até Fevereiro vou ter lido , beijos adorei !

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      õ/ Que bom que conquistei o livro para você. Espero que goste 🙂

  • Suellen Anizio
    16 dezembro, 2012

    Bah muito boa a resenha, como sempre *-*. Mas ainda não sei se leria esse livro ou não rs estou num dilema, mas vou acompanhar a resenha dos outros para ver se consigo mudar de opinião, rs. Beijoss flor bom domingo.

    http://www.pontomakeup.com

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      hehe, te espero por aqui então. Mas é leitura é bem gosotsa, é legal para quem curte esse tema 🙂

  • Tahis
    16 dezembro, 2012

    Olá!
    Adorei a resenha!
    Sou super fã dessa trilogia!
    Assim que comecei a ler, achei meio chato, mas depois a estória e os personagens foram me cativando, e esse mistério que o Sr. Grey tem, fez com que não abandonasse a leitura, ainda bem!
    Já vi bastante gente falando da escrita da James, e eu não achei nada de errado, gostei bastante, foi bem simples e objetiva!
    Parabéns pela resenha!

    Beijão
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

  • Adolfo J. de Lima
    16 dezembro, 2012

      Barbara,
      Sem muito arrodeio e sério: eu só não aplaudiria mais do que eu pensei em aplaudir esta resenha por ter percebido uma ruptura no texto entre o quarto e quinto parágrafos; contudo talvez tenha somente sido uma fútil impressão minha… Talvez. A tua dor de cabeça valeu a pena, ao menos até o quarto parágrafo, onde tu se mantiveste altamente séria e crítica (e espero que não fique se achando pela segurança que adquiriste "por este não ser o primeiro dentre os livros do tema que leste, a ponto de poder considerá-lo fraco para o meio"): continue assim com as resenhas e terás um verdadeiro fã por aqui…

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      É… eu deia uma de fã no quinto parágrafo… Totalmente fora de contexto, mas eu tive que fazer isso, haha. Fico feliz que tenha curtido 🙂

    • Adolfo J. de Lima
      16 dezembro, 2012

        Havia que dar de fã, não. Ao menos não da forma quase desconexa que tu fizeste: eu não entendi nada, na hora; sério mesmo… Eu estava quase me apaixonando, daí do nada esta broxa rsrsrs Cabou com toda a relação…
        Sério: continue com as resenhas feito os quatro primeiros parágrafos desta, por favor.

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, broxa?? MORRI

    • Adolfo J. de Lima
      16 dezembro, 2012

        Eu não aguentei a tentação do trocadilho kkkkkkkkkk Mas que deu para entender (muito bem), deu….

      ;))

    • Barbara
      Barbara
      16 dezembro, 2012

      kkkkkkkkkkkk, esquece Adolfo… Esquece !!

    • Adolfo J. de Lima
      22 dezembro, 2012

      😉

  • meu mundo
    16 dezembro, 2012

    amei a resenha!!