26 de dezembro de 2012

Ta Na Estante... 'Cinquenta Tons de Liberdade' #59

POSTADO POR EM 26 de dezembro de 2012

Heey gente, tudo bem??

Hoje eu vim terminar a trilogia de Cinquenta Tons. Confesso que adorei as reações de vocês quanto a resenha do primeiro livro, no segundo foi mais fraca, quero só ver como estaremos por aqui. Mas afinal, será que E L James conseguiu fechar com êxito a trilogia erótica?

Livro: Cinquenta Tons de Liberdade
Autor:E L James
Editora: Intrínseca
Páginas: 544
Sinopse: Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade.




'Oh! Mr. Grey'

Cinquenta Tons de Liberdade é o terceiro, e último, livro da trilogia erótica de Cinquenta Tons que, venhamos e convenhamos, de erótica não tem quase nada. Nesse livro E L James se permitiu arriscar um pouco mais, em momentos teve êxito, em outros nem tanto. Por ser o terceiro livro de uma trilogia, atento que pode haver - e com certeza haverá - spoilers sobre os dois primeiros livros da mesma, portanto se você se importa com isso, favor pare aqui.

Depois de erros, acertos, incertezas, brigas e muito mais, Christian e Anastásia começam o livro casados, e muito bem casados. Nessa parte da história a autora deixa o romance embebedar a todos, e tudo parece bem tranquilo. Na verdade por todo o livro tudo parece tranquilo, o que é um saco. Sim, os mistérios de Grey são totalmente revelados, agora, mais do que nunca, Anastásia sente esta mais próxima dele, e ele dela. Mas o medo, fruto de outras ocasiões passadas pelo casal, continua lá. E Christian está mais protetor do que nunca.

Realmente o tédio é a alma desse livro, durante as primeiras 250 páginas - ou mais adiante? - estamos parado em toda aquela história de Ser submissa ou não ser? Heis a questão. sofrida por Anastásia. Por vezes o sentimento pervertido da protagonista se destaca, mas o medo de algo acontecer - como no fim do primeiro livro - deixa Ana meio receosa.

O mais incrível é que, apesar de tamanho tédio, esse é o livro mais interessante e emocionante. Como já comentado, o início é uma maresia só, mas o final... Segurem o fôlego. Quando a primeira grande revelação acontece, várias outras reações se sucedem, e a trama fica deverás envolventes. Em determinadas partes a vontade de jogar Grey pela janela é incontrolável, mas logo após vem a pena que sentimos dele. Ana então... A arte dela desafiar Christian é maravilhosa, mulheres dominantes se apaixonarão pela personagem, mas então ela cede aos encantos dele, e isso é tão repetitivo.

Acredito que sim, Cinquenta Tons de Liberdade conseguiu fechar a trilogia de forma satisfatória, e a Auto-Ajuda fugiu totalmente nesse volume. Mas o enredo poderia ter sido muito mais bem aproveitado. No total, a trilogia de Cinquenta Tons seria um ótimo livro, se não fosse tachado como um livro erótico. Ok, os jogos de olhares e as cenas quentes do casal protagonista traz um erotismo para os livros, mas a história por trás desse erotismo é muito mais bonita e interessante e seria muito mais bem aproveitada pelos leitores.

“Você fez meu mundo virar de cabeça para baixo. — Ele fecha os olhos, e quando os abre novamente, vejo que estão tomados pela emoção. — Meu mundo era organizado, calmo e controlado. Aí você entrou na minha vida, com essa sua boca afiada, a sua inocência, a sua beleza e a sua coragem discreta… e todo o resto, tudo antes de você simplesmente ficou bobo, vazio, medíocre… nada. Eu me apaixonei. — sussurra ele.”


Beijoos

"Matar ou Morrer. Não há Escolha."

26 comentários:

  1. Olá flor, como vai?
    Ainda não li esse livro, li apenas o primeiro, e não gostei muito =( mas espero que os próximos só melhorem, só não sei quando vou ler.

    Beijocas
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hm... Se não gostou do primeiro nem tente, ele é o melhor, ao meu ver.

      Excluir
  2. Não gosto muito dessa trilogia. É verdade que a autora exagerou nas cenas hots e esqueceu de trabalhar melhor o enredo?

    Ainda não tinha visto niguém falando que 50 tons fosse auto ajuda rsrs

    Bjinhos
    http://anna-gabby.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é beeem auto-ajuda. O enredo tem tudo para ser perfeito, a história dos personagens é inspiradoras, mas ela não soube desenvolver... Quanto as cenas hots? Não vi nada hot ali.

      Excluir
    2. Se antes eu estava preocupada em não gostar do livro agora eu estou super preocupada!! aiai

      Excluir
    3. hsuahsuahsua, é legal flor. Só não espere muito do hot.

      Excluir
  3. Bem, como não li o primeiro livro sa serie fico meio perdida com esse
    Mas pretendo ler esse livro para sanar minha curiosidade

    Beijos
    Boas festas *-*
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe. A curiosidade mata, então é bom ler mesmo. Apesar de todos os poréns o livro é bem interessante :)

      Excluir
  4. Não me interesso muito por este tipo de livro, mas para quem gosta é legal.

    http://ericatutty.blogspot.com.br/

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade acho que quem gosta desse tipo de leitura não vai curtir muito a história, porque ela foge todo o tema proposto.

      Excluir
  5. Achei esse até que melhorzinho. O final foi mega clichê, mas até que ficou legal.

    ResponderExcluir
  6. O inicio do livro é um pouco chatinho mesmo, mas depois até que começa "acontecer".

    Beijos ;*
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai quando a ação começa ninguém segura.

      Excluir
  7. Injusto! Não vou ler sua resenha até ler meu livro que eu comprei faz tempo mas que está esperando na estante eu terminar com os Booktour e parcerias ... kkkkk

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Uma amiga vai me emprestar a série, deve ser uma das primeiras que vou ler em 2013. Aproveito para te desejar um ano novo repleto de realizações e cheio de paz, amor e saúde.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rose, você vai gostar da série, acredito eu :)

      Excluir
  9. Li somente a intro do post: como assim mais fraca?

    ResponderExcluir
  10. [sorriso indeciso] Tenho que comentar a resenha, tenho? Quero comentar, mas não quero...

    ResponderExcluir
  11. Eu to bem curiosa para ler a trilogia, mas não é uma prioridade, sabe? Não é uma temática que eu adore, então só lerei mais pra frente. ;D

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é bem interessante. Acredito que você vá gostar :)

      Excluir
  12. Estou lendo Cinquenta Tons de Cinza e por enquanto estou gostando... Espero não me decepcionar! Tem horas que fica meio chato... mas momentos melhores vem à tona. #Odeio a Steele!
    Sua resenha está ótima parabéns!
    ~Devido as criticas da trilogia nem vou comprar, vou pegar emprestado. Assim não gasto com algo que possa ser que não goste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk, mas eu sou a louca das estantes... Quero toda a trilogia na minha, huahsua.

      Excluir