Heey gente, tudo bem??

Hoje eu trago para vocês a resenha do primeiro livro de cortesia da editora Vida e Consciência, escrito – e muito bem escrito – por um brasileiro, o livro exala simplicidade e amor. Mas vamos deixar isso de lado e partir para a primeira resenha do ano? Que 2013 venha com tudo, um feliz ano novo para vocês.

Livro: O Amor Nunca diz Adeus                          Autor:Amadeu Ribeiro
Editora: Vida e Consciência                                           Páginas: 397
Sinopse: Vindos de diferentes realidades na cidade de São Paulo, dois jovens ultrapassam as disparidades sociais, ciúmes e truques invejosos para conseguir viver o amor pleno e verdadeiro. De família humilde, uma jovem vive com a mãe e a irmã mais nova. Desempregada e com problemas financeiros, sua vida muda de rumo quando começa a trabalhar numa importante empresa de tecnologia. Ganhando a confiança do diretor e dono da maior parte das ações da firma, ela conhece toda a sua família durante uma reunião. Ao vê-la pela primeira vez, um de seus filhos apaixona-se instantaneamente pela jovem e rompe seu noivado para ficar com ela. Sua ex- noiva, uma jovem rica, ambiciosa e mimada, criará várias situações para separar o casal. 

Na vida tudo se encaixa segundo a vontade de Deus.

O Amor Nunca diz Adeus é um daqueles livros que te conquista de cara, o designe é prefeito, tanto de capa quanto do interior. Mas a história não deixa a desejar, e condiz em total com a beleza do livro – no sentido físico da coisa. No livro tomamos conhecimento da história de Natália e Yuri; ela é uma jovem de família humilde que se encontra em uma difícil vida financeira, mas tudo muda quando ela recebe o telefonema de uma importante firma de produtos de informática e lá conhece Silas, o sócio majoritário e pai de Yuri. Yuri é um jovem noivo, mas que não está feliz em seu noivado. De classe média alta, nunca se interessou pelo negócio da família, mas ao encontrar Natália seu polo muda completamente, e Yuri passa a se importar mais com as coisas simples da vida, deixando de ser um garoto fútil e mimado.

A escrita do Amadeu é bem gostosa e viciante, o interessante é que as páginas brancas não alteram em nada a leitura, ou cansam a vista. Além da história de Natália e Yuri temos diversas sub-histórias que giram envolta dela; o livro aborda traição, preconceito, o amor entre mãe filha e entre irmãos. Com o decorrer da história somos apresentados a uma família comum, que tem problemas comuns, e isso é que é interessante, pois as pessoas tratadas na história são pessoas do nosso cotidiano.

A vilã fica por conta da ex-noiva de Yuri: Soraia, uma psicopata completa. Separar Yuri e Natália era quase que uma necessidade para ela, mas percebe-se que isso não é por vontade de ficar com Yuri – claro que é isso que ela assume. Mas sim por raiva de tê-lo perdido para uma moça humilde.

No decorrer da história somos apresentados ao mundo espírita, a religião da maioria dos personagens. Bem como, em alguns momentos, temos a visão de alguns espíritos responsáveis pelos personagens da história. Mas em momento algum o espiritismo abala a leitura, ou entra em conflito com o pensamento de leitores de outras religiões. O livro puxa mais para o lado de Deus, e de como ele ensina o ser humano, através de suas dores.

-Realmente, Deus trabalha pelo bem de todos. Uma dúvida me assombra: nessa nova encarnação,todos eles conseguirão vencer os desafios?
                                                       
Beijoos                                                                                     

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

25 Comentários

  • Sarah Rodrigues
    04 janeiro, 2013

    Primeira vez que vejo esse livro e a resenha dele me deixou muito curiosa #EuQuero =D
    ps.: adorei o visu novo do blog
    Céu de Letras

    • Barbara
      Barbara
      05 janeiro, 2013

      O livro é ótimo mesmo… Que bom que gostou do visu flor, já estou querendo trocar. hsuahusa

  • Nana Guimarães
    04 janeiro, 2013

    Ainn que legal Babs,eu nunca tinha visto uma resenha desse livro e nem fui apresentada a ele e sua resenha me deixou super curiosa! Adoro livros que falam sobre traição, preconceito, o amor entre mãe filha e entre irmãos o/ Eu li um livro que se chama A filha da minha mãe e eu da editora Novo conceito e fala sobre os mesmos assuntos que esse e fiquei encantada *w* esse com certeza irei gostar tbem!
    Parabéns pela resenha!!!!
    Beijokas…
    http://fomesedeevontadedeler.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      04 janeiro, 2013

      Eu sou louca para ler A Filha da Minha Mãe e Eu… Nossa, deve ser muito bom.

  • Babi
    03 janeiro, 2013

    Parece ser fofinho, e minha lista apenas cresce… Kkk'

    A propósito, amei seu nome! Hahsuahsuaush

    Um Beijo, Babi

    A Viajante dos Livros

    Feitiço das Palavras

  • Mylla Stefany
    03 janeiro, 2013

    Nossa, eu não sabia que esse livro se tratava disso, pensei que só era mais um romance. Hmm.. bom saber, fiquei mais interessada ainda.
    Obs: A capa é muito bonita 😉

    Beijokas flor :*
    Blog da Mylloka

    • Barbara
      Barbara
      03 janeiro, 2013

      hehe, que bom uqe o tema te fez pensar assim!

  • Ludmila dipp
    03 janeiro, 2013

    To seguindo aquii! Amei, muito fofo *-*
    me segue tb??

  • Giulia Ladislau
    03 janeiro, 2013

    Não conhecia esse livro, mas não tenho interesse em ler, pois sou evangélica. Beijinhos!
    Giulia – prazermechamolivro.com

  • Priscilaf.
    03 janeiro, 2013

    Só pela resenha estou com uma enorme vontade de ler! Vou procurar :~

    Hoje é dia de pesquisa, lá no blog. Viu?
    http://cappuccinoeaconta.blogspot.com.br
    @PriscilaFrr

  • Marli Carmen
    02 janeiro, 2013

    Gostei D+++ da capa, do título…e da sua resenha. Legal saber que há um equilíbrio no romance sobre o espiritismo..assim amplia o campo para mais leitores..bjs

    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

  • Marcelle Dantas
    02 janeiro, 2013

    Oi Bárbara!

    Adoro páginas brancas! me sinto uma estranha… kkkkk
    Pois é! Foi bom você ter falado sobre outras religiões, já ia falar que não seria o livro certo para mim, por conter espiritismo… rs
    A história dele parece ser bem legal, gostei do enredo. Bela resenha!

    Beijos,

    Marcelle
    bestherapy.blogspot.com

  • Lú Miranda
    02 janeiro, 2013

    Não gosto muito dessa capa e nem da sinopse, mas sua resenha me deixou com água na boca. Agora vai ter que aumentar novamente minha lista de desejados.

    clicandolivros.blogspot.com

    • Barbara
      Barbara
      02 janeiro, 2013

      Kkkkkk, lista de desejados é propblema né ? Mas acredito que você irá gostar 🙂

  • Paralelo Indie
    02 janeiro, 2013

    Parabéns pela resenha. Me despertou um interesse para ler esse romance haha
    http://paraleloindie.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      02 janeiro, 2013

      Obrigada 🙂 Acho que você vai gostar, invista õ/

  • Carol
    02 janeiro, 2013

    Eu adoro romances. Sério!
    A sinopse do livro me comprou, mas confesso que esse lance de vilã tentando acabar com o romance lembra aquelas novelas que passavam no SBT: Maria do Bairro e etc… rsrs
    Ainda assim eu já tinha visto a capa desse livro e tinha me encantado por ele.

    bjusss

    terradecarol.blogspot.com

    • Barbara
      Barbara
      02 janeiro, 2013

      KKKKKKKKKKKKKKKK, tão Maria do Bairro, haha. Adorei a comparação XD

  • Livroterapias
    02 janeiro, 2013

    Adorei a resenha!
    Fiquei com vontade de ler!
    Amo romances!
    Beijinhos e Feliz 2013
    Rizia – Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      02 janeiro, 2013

      Feliz 2013 floor, fico feliz que tenha gostado 🙂