Heey gente, tudo bem??

Segunda-Feira de volta às aulas e eu trago a resenha de um livro que foi muito comentado ano passado, Belo Desastre. Antes de qualquer coisa, devo informar que a autora da obra, Jamie McGuire, estará na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro, este ano.

Livro: Belo Desastre                                                          Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus
Páginas: 389
Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

“Você é a única coisa certa na minha vida.”



Belo Desastre não foi um livro que me conquistou de cara. Na verdade abandonei-o duas vezes antes de pegar firme. Acho que esse tempo entre os abandonos me amadureceu quanto a história narrada no livro, já que as resenhas e comentários que eu lia mostravam-me que a obra não se trava do que eu imaginava.

Primeiramente tachado como um livro erótico, Belo Desastre conta a história de Abby Abernathy, uma jovem universitária certinha demais, focada nos estudos, mas que sempre está acompanhado sua melhor amiga, America, nas festas das fraternidades da faculdade. Muitas dessas festas na verdade são lutas, lutas essas quais Travis Cachorro Louco Maddox está sempre vencendo, e sim, Travis é o mocinho  ou vilão da história.

Abby e Travis começam um relacionamento baseado na amizade. Ela não é como as outras garotas com as quais ele costumava sair, na verdade ela nem da bola para ele, isso faz com que o seu fascínio por ela cresça a cada momento. A Universidade inteira desconfia dessa amizade entre o casal, afinal nenhuma mulher resiste ao charme do Cachorro Louco e ele não poderia ser apenas amigo de uma pessoa do sexo oposto.

Então temos um livro centrado nessa amizade-namoro-rolo entre duas pessoas completamente diferentes, mas que se aceitam e se curtem, e que a cada encontro trazem um turbilhão de emoções para as páginas do livro. Apesar de um tema bem clichê (a menina boba que se apaixona – ou não, pelo gatão da faculdade), Jamie conseguiu alcançar a perfeição com seus personagens criando uma mocinha encantadora; ela é dócil e valente, corajosa e temerosa, uma mistura bem dosada de qualidade e defeitos; e temos um mocinho que é muito vilão, Travis consegue ser maravilhoso mesmo aprontando merdas em 99% do livro.

Ah, devo afirmar que o erótico passa voando nessa história. Sim, temos uma tensão sexual entre os protagonistas e co-protagonistas, uma ou duas cenas de sexo, mas nada Uau, que erótico. E, na verdade, eu acho que o erotismo acabaria com a obra, pois perderíamos o foco dos problemas do casal em si, e nos focaríamos no sexo. E fala sério, com uma história tão perfeita, sexo é consequência.

Um segundo livro está para ser lançado, Walking Disaster, mas ele não será uma continuação de Belo Desastre, e sim a mesma história, só que narrada no ponto de vista de Travis. Não sou muito fã de ler a mesma história narrada em dois pontos de vista, mas acredito que essa eu lerei.

“Um brinde! Aos babacas! E às garotas que partem o coração da gente. 
E ao horror de perder sua melhor amiga porque você foi idiota o
 bastante para se apaixonar por ela.”
Beijoos

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

48 Comentários

  • Bianca Duarte
    27 abril, 2013

    Nossa, parece bom! Tá na minha lista agora, valeu pela ótima resenha!

  • Dayane Andrade
    08 fevereiro, 2013

    esse é um dos meus favoritos… a resenha ficou ótima e é impressionante como mesmo tendo vontade de socar a cara do Travis em boa parte do livro pelas merdas que ele faz a gente ainda se apaixona… Travis Maddox é o cara perfeito em toda sua imperfeição!

    • Barbara
      Barbara
      09 fevereiro, 2013

      totalmenteeee, e eu tenho um belo amor pelos vilões, dai ja viu né? haha

  • rany
    07 fevereiro, 2013

    eu simplesmente amei este livro, e não sabia que ia ser lançada a segunda a versão, vou aguardar ansiosa….

  • Rhayane Montanher
    06 fevereiro, 2013

    Oi..
    Acho seu blog muito fofo.
    você está de parabéns..
    Beijocas

    http://www.meninasabida.com.br

  • Cida
    05 fevereiro, 2013

    Oi Barbara! Belo Desastre é uma delícia, que livro viciante. Eu adorei as loucuras de Travis, perdi a paciência com Abby, e vibrei muito em cada cena ousada deste perfeito bad boy.

    Parabéns pela resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

  • Amiga da Leitora - Thais
    05 fevereiro, 2013

    As vezes é preciso dar um tempo mesmo no livro quando ele não desce né?! Esse livro está na minha estante, pretendo ler o mais breve possível tbm!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      06 fevereiro, 2013

      Pois é… Mas insistindo ele vai, haha. Vale a pena a leitura, é muito bom.

  • Adolfo J. de Lima
    05 fevereiro, 2013

      "Belo Desastre não foi um livro que me conquistou de cara. Na verdade abandonei-o duas vezes antes de pegar firme. Acho que esse tempo entre os abandonos me amadureceu quanto a história narrada no livro, já que as resenhas e comentários que eu lia mostravam-me que a obra não se trava do que eu imaginava."–> Além de definir-me o que é amadurecer quanto a leitura de UM ÚNICO livro conte-me: que é do livro que começa fazendo com que o leitor o evite e, pior! logo no princípio; que faz com que o leitor dependa da opinião dos outros quando este, AINDA incluso no que se chama arte, pois escrever É UMA ARTE, quando como sendo arte deveria quase que por conceito causar em cada admirador vulgo leitor uma interpretação única?! Que é deste livro?!!??!
      "Uau, que erótico." –> Eu quero uma resenha de 'Eu, Domnique' escrita com a mesma impressão de fascínio percebida na tua voz ao eu te telefonar do ramal do meu chefe uma certa manhã, lembras? Contudo sincera e sem frescuras nas palavras feito nesta aqui… (Aqueles meus comentários nos de 50 Tons surtiram lá o seu efeito? De lá para cá mudou bastante a tua forma de escrever… rsrs)
      "Apesar de um tema bem clichê"–> Eufemismo? e "Jamie conseguiu alcançar a perfeição com seus personagens criando uma mocinha encantadora; ela é dócil e valente, corajosa e temerosa, uma mistura bem dosada de qualidade e defeitos; e temos um mocinho que é muito vilão, Travis consegue ser maravilhoso mesmo aprontando merdas em 99% do livro."–> História centrada nas fofocas sobre o pseudo-casal ou pseudo-casal encerra a história? (Aqui foi eufemismo da minha parte kkk)
      "E fala sério, com uma história tão perfeita, sexo é consequência."—> Eu sedento para te ligar em 3…2…1…
      

    • Barbara
      Barbara
      06 fevereiro, 2013

      KKKKKKKKKKKKK, me ligar pra quê?? tenho medo de seus telefonemas. Devo falar que deixei de entender seu comentário na segunda linha, complexidade danada.

    • Adolfo J. de Lima
      14 fevereiro, 2013

        Para que ligar…? Sei lá! Só que com aquela voz de psicopata que hmmmmmm…..
        E quanto a complexidade danada, que não há (ou eu pus "vírgulas" de mais para a senhorita "ávida leitora" vulgo "devoradora" de livros?), é o seguinte: escrever é ou não é uma forma de arte? É. Arte, por definição, praticamente, não causa em cada indivíduo que aprecia uma impressão única? Daí torno a te perguntar, sendo mais direto: eu poderia considerar como bom um livro que não me tocaria, como sendo arte? Dada a breve explicação (e se precisar dou outra, pois eu gosto mesmo de escrever rss), leia o primeiro comentário e responda com toda a paz e glória do nosso bom senhor ao meu comentário! kkkkkk
        Waiting…

      P.S.: Quanto ao "ávida", eu dona mocinha aprenderia a "mastigar direito"… Só um conselho 😉

  • Gabyh
    05 fevereiro, 2013

    Ain eu amo o livro. Me apaixonei pelo Travis e sou suspeita pra falar muita coisa, mas concordo plenamente sobre o sexo. Estragaria completamente o livro, é uma consequência se fosse o foco…

    Adeus estória gamante.

    Beijos

    Gabyh
    http://vidadebookaholic.blogspot.com

  • Laís
    04 fevereiro, 2013

    Ameeeeeeeei *-*
    eu sou leitora compulsiva e ja gostei desse livro rs ..
    espero adicionar a minha lista de leitura 2013 e conseguir ler logo rs..
    bjs
    http://proveiuseigostei.blogspot.com.br/

  • Mar Paschoal
    04 fevereiro, 2013

    Caramba eu amei esse livro ! Tive a sensação de estar dentro da estória… e diferentemente de você li o livro em apenas dois dias. Não consegui largá-lo a partir da primeira página!!! Eu fiquei louca pela Travis, eu me apaixonei perdidamente. Viciei é sério mesmo!!!
    Não consegui me desligar… Fiquei pensando na estória depois um tempaço!!!!
    Amanhã entra no ar a minha resenha
    http://www.Imaginayre.com.br

    • Barbara
      Barbara
      05 fevereiro, 2013

      Aquele negócio de sangue espirrando no suéter dela no começo me enojou, haha. Mas o livro é absolutamente maravilhoso.

  • Lucas Souza
    04 fevereiro, 2013

    Não gostei e não adianta u.u Achei o Travis possessivo e esse final ridículo. Esperava mais. Vocês meninas devem ter outra percepção da história, de qualquer maneira rs
    http://descobrindolivros.blogspot.com.br/
    Beijoka

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      KKKKKKKK, morri no 'Vocês meninas', realmente temos uma percepção diferente quanto aos personagens, principalmente os masculinos.

  • Mirelle Candeloro
    04 fevereiro, 2013

    Tive uma grande relação de amor e ódio com Belo Desastre, um sentimento que foi oscilando a cada capítulo que passava. No final das contas, amei demais, sofri demais com aquela cena de incêndio, e me apaixonei pelo Travis e pela America, que personagem fofa. E sinceramente, não entendo de onde tiraram o "erótico", pq nenhuma cena de sexo é explícita e são tão poucas.. mas tudo bem, tb não recomendaria para uma menina de 12 anos ler.. não é um livro comum de adolescente.. é mais direcionado aos jovens adultos. Agora to simplesmente me roendo para ler o livro sob a ótica do Travis. Deve ser emocionante demais. Além disso a autora já confirmou, ela vai lançar 2 livros sobre 2 dos irmãos do Travis. Legal né.
    Bjs, Mi

    http://www.recantodami.com

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      Super legal, eu vi ela falar sobre isso, adorei a ideia.

  • Thais Priscilla
    04 fevereiro, 2013

    Eu adorei este livro e estou ansiosa por mais livros da autora.

    Beijinhos,
    Thais Priscilla
    http://thaypriscilla.blogspot.com.br

  • Ingrid
    04 fevereiro, 2013

    Muito legal!
    Beijos

    http://www.ingridlemos.com.br

  • Lili
    04 fevereiro, 2013

    Ah, pois é. EU AMEI esse livro doentiamente.
    Embora eu veja milhões de defeitos é uma relação de amor mesmo. Você sabe que o cara não presta e não se livra dele.

    Só que no caso o livro presta. Só é meio cafajeste (como Travis hahaha). Enfim… QUe bom que conseguiste dar a volta por cima.

    liliescreve.blogspot.com

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      KKKKKKKKKKKKKK, nunca vi um livro ser considerado Cafajeste, haha. Adoreeei!

  • Livroterapias
    04 fevereiro, 2013

    Esse livro tb está na minha estante!
    Será uma de minhas próximas leituras!
    Beijinhos
    Rizia – Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br

  • Alice Aguiar
    04 fevereiro, 2013

    uau pelo visto é bom mesmo
    eu sempre leio diferentes opiniões sobre o livro, mas estou tentando ficar com a positiva 🙂 comprei ele esses dias e nao vejo a hora de começar a ler

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      Espero que curta a leitura tanto quanto eu curti 🙂

  • Hannah Monise
    04 fevereiro, 2013

    Oi, Bárbara!
    Ainda acho essa história um pouco clichê, viu?! A capa me atrai, a sinopse me atrai, mas eu já li algumas resenhas que criticam bastante o livro. Não sei se gosto do fato do Travis parecer um vilão.
    Quem sabe um dia eu dê chance à história, né?

    Beijos,
    Hannah – Secrets of Book.

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      É um clichê tão diferente, porque a mocinha não se submete ao mocinho/vilão, e acredito que esse mocinho/vilão é o diferencial no livro, o que torna a história mais atraente ao leitor. Li algumas resenhas que criticaram muito a obra, mas eu a avaliei por um ponto de vista diferente. Na verdade depende do seu estado de espírito para entender a história.

  • cristiane
    04 fevereiro, 2013

    Eu adoro ler resenhas desse livro! Virou meu favorito do ano passado, se não o melhor pelos menos uns dos melhores. Adoro essa história porque mesmo sendo um tanto clichê é única, perfeita, real e você fica pensando: PORQUE COMIGO NÃO ACONTECE ISSO!!!?!!! xD
    Adorei tudo, perdi o fôlego lendo e só espero que a continuação – que não é continuação – seja lançada aqui logo, pois não aguento mais ver trechos petitinhos lançados na página da autora que me deixam morta de curiosidade! Já imaginou um livro com o Travis 100% das vezes narrando? SONHO *-*

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      A história é realmente maravilhosa, e narrada pelo Travis vai ser no mínimo interessante 🙂

  • Anônimo
    04 fevereiro, 2013

    Oooooooooi! Sabe… eu tenho vontade de ler este livro, mas tenho outras prioridades! Ele até tá barato nas americanas aqui da city, mas… é impossível eu comprar sendo que anseio outro livro.
    Adorei a sua resenha! Seu kit de marcadores, chaveiro, livro e aquilo que eu não sei o que é, é bem legal!
    Uma pergunta: Belo Desastre terá continuação? Tipo: continuação mesmo, não uma troca de personagens contando seu ponto de vista.
    Beijos
    Obrigado por comentar no meu blog
    Gabriel – Corações de Neve

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      Oie Gabriel… Continuação, pelo que eu saiba, não. Mas teremos alguns mini-livros (outtakes) futuramente 🙂

  • Fernanda Faria
    04 fevereiro, 2013

    AMEI a resenha. Esse é o meu livro preferido. Já li três vezes, e estou quase começando uma quarta. Ele pra mim é perfeito, não mudaria uma virgula. Devo ser sincera e dizer que nem começo a ler uma resenha que fale mal de BD, realmente fico muito irritada ;/ Acho muito extremista o que as pessoas falam, tem resenhas que são realmente exageradas na hora de criticar.
    Enfim o livro é perfeito, eu compartilho da mesma opinião que você em TUDO!
    Adorei o quote que você escolheu, é um dos meus preferidos *u*
    Beijos,
    Fernanda,
    http://www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      Realmente o livro é excelente. Esse quote -e maravilhoso *—* Detesto essas pessoas que não pegam a essência do livro e não sabem como criticar, acabam fazendo merda.

  • Paloma Viricio
    04 fevereiro, 2013

    Hum…esse livro parece muito bom, mas não sei ainda o que achar dele. Vi muitas resenhas positivas e quero ler! Aiii…Um mocinho que faz merda 99% do livro kkkkkkkkkkkkk.Ri com isso…e bem diferente.
    Beijos!
    Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

  • Brubs.
    04 fevereiro, 2013

    Oi, vi link na página do face e vim visitar 🙂
    É esse livro que pelo o que eu vejo é 8 ou 80…Mais gostei da sua opinião, me fez querer ler o livro, tenho ele em ebook mais não o li ainda 🙂
    Não sabia que ele era tratado como HOT, eu pensava que era fantasia…Ok!!! Não de ficar pesquisando livros ahuahuahuahua…
    Parabéns sincera resenha.
    Seguindo aqui, super fofo seu blog.
    Beijos
    Brubs
    Livros de Cabeceira
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      KKKKKK, eu também pensei que era fantasia quando vi essa capa. Fiquei tipo: 'Erótico, onde?' Mas é um ótimo romance, super indico 🙂

  • Esteffani Fontes
    04 fevereiro, 2013

    adoreeeeeeeeeeeeeeei o post, bastante sincero *-*

    amor, faz um post, dizendo se vale a pena investir no domínio?

    Estéffani Fontes, do blog Aos Dezesseis Anos
    aosdezesseisanos.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      04 fevereiro, 2013

      Oie floor. Que bom que curtiu a resenha. Faço um post sim 🙂