29 de abril de 2013

Ta na Estante... 'Antes que eu Vá' #83

POSTADO POR EM 29 de abril de 2013
Oi, gente. Tudo bem?

     Resolvi fazer minha primeira resenha pro blog. Tinha que ser de um livro muito bom e escolhi este. Espero conseguir mostrar o quão o livro é bom com minhas palavras. Bora ler?


Livro: Antes que eu Vá
Autora: Lauren Oliver
Editora: Intrínseca
Páginas: 358
Sinopse: Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder. ... Em uma noite chuvosa de fevereiro, Sam é morta em um acidente de carro horrível. Mas em vez de se ver em um túnel de luz, ela acorda na sua própria cama, na manhã do mesmo dia. Forçada a viver com os mesmos eventos ela se esforça para alterar o resultado, mas acorda novamente no dia do acidente. O que se segue é a história de uma menina que ao longo dos dias, descobre através de insights desoladores, as conseqüências de cada ação dela. Uma menina que morreu jovem, mas no processo aprende a viver. E que se apaixona um pouco tarde demais.


     Samantha Kingston é uma das garotas mais populares da escola; ela, Ally, Eloide e Lindsay - suas melhores amigas - formam o grupo das mais populares, e também maldosas, do Thomas Jefferson. Ela está no último ano de escola, tem um namorado perfeito e popular, amigas que cuidam dela e várias pessoas para atormentar. O enredo começa a partir do dia em que Sam morre em um acidente de carro e passa a reviver esse dia, 12 de fevereiro, diversas vezes.

     Os personagens nos são apresentados aos poucos. Sempre temos a opinião sobre a pessoa da Sam pré-acidente e da Sam pós-acidente. Todos eles são bem construídos e tem sua importância. Há poucos “figurantes” na história. Gostei muito do Kent que foi apresentado como um dos impopulares pela Sam pré-acidente e depois se mostrou um cara legal, estando ao lado da Sam no momento em que ela mais precisava, mais do que qualquer uma das amigas dela.

     É legal acompanhar o desenvolvimento da Sam e o quanto ela se mostra diferente da garota fútil que era antes do acidente. Ela evoluiu tanto que passei a gostar realmente dela no decorrer das páginas. Também é bom perceber que as coisas que ela julgava serem tão importantes antes, agora são quase nada.

     Outra coisa boa foi Sam perceber que suas amigas não eram tão incríveis como ela imaginava. À primeira vista, todos pensam que elas são inseparáveis e que se conhecem de verdade, mas enquanto Sam vai revivendo o mesmo dia diversas vezes vemos que nem tudo são flores. A personalidade de Lindsay me lembrou muito a da Alison DiLaurentis de PLL, que se mostrava uma garota inatingível e que se achava superior a todos mas tinha um passado que a condenava. Sam vai enxergando cada uma das meninas com um novo olhar e vendo que até elas tem defeitos.

     No começo a narrativa se arrasta. Sam revive o dia do acidente sete vezes, mas são necessários três dias passarem para eu me interessar de verdade pela leitura e querer saber o que vai acontecer no final. A única coisa que não gostei no livro foi o tamanho dos capítulos: o livro inteiro tem apenas sete capítulos (sem contar prólogo e epílogo).

     Vale muito a pena ler esse livro, pois ele não é um clichê ao qual estamos acostumados. Ele trata de amor e amizade, claro, mas também fala sobre bullying, preconceito e outros assuntos mais fortes.
     Esse foi um dos poucos livros que me fez refletir de verdade. Terminei-o ontem e ainda estou pensando na história. O final me emocionou demais – sim, eu chorei.
     Enfim, recomendo a todos essa leitura! Lauren Oliver caprichou na escrita.

Quote
“Talvez você possa se dar ao luxo de esperar. Talvez para você haja um amanhã. Talvez para você haja mil amanhãs, ou três mil, ou dez, tanto tempo que você pode se banhar nele, girar, deixar correr como moedas entre os seus dedos. Tanto tempo que você poça desperdiçar. Mas para alguns de nós só existe hoje. E a verdade é que nunca se sabe”.
Página 205



'O trabalho de um mestre no auge de seu talento.'

15 comentários:

  1. Me fez ficar interessada no livro... Parabéns pela 1ª resenha *---*

    ResponderExcluir
  2. Gente, essa capa é muito linda! Me encantei pela sua resenha, quero ler haha
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. To morrendo de vontade de ler esse livro. <3
    Parece ser super incrível. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe, acho o mesmo. Assim que tiver um tempinho vou me jogar nele, essa resenha do Léo me deixou curiosa.

      Excluir
  4. Oie :)

    Geralmente livros que tratam de amor e amizade são puro clichês não é ? mas confesso que meu sorriso foi enorme quando você disse que isso livro é diferente, vou comprar daqui 3 dias :D beijos !!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  5. Estou louca para ler esse livro, confesso que estava um pouco temerosa porque já tinha lido uma resenha negativa dele, mas vou lê-lo de qualquer forma só porque é da Lauren e porque amo os livros dela.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hsuahusahu, amar um autor. Entendo isso, haha !!

      Excluir
  6. Eu consegui esse livro em versão digital, mas ainda não li. Tem uma sinopse atraente. E sua resenha só me mostrou porque tinha me interessado tanto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe, aproveita a empolgação e já começa a leitura :)

      Excluir
  7. Esse livro me fez chorar de raiva!!! Muito ruim isso, poxa, chegou lá no final, a menina já tinha mudado, ganhou meu respeito porque deixou de ser fresca e hááá!!! Pegadinha, ela morreu MESMO e vai embora agora, bay bay! ¬¬
    Tá, muito legal me fazer ver a garota se apaixonar pelo menino fofo quando morre e ela morrer mesmo e eu ficar aqui, toda triste por eles. Sério, muito legal...
    :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei exatamente o que você sentiu. Logo que terminei de ler o livro, senti exatamente a mesma coisa. Como assim ela morre depois de ter se acertado com o mundo? Mas depois eu vi que a morte dela era necessária pra dar sentido ao livro. Ela morreu no dia do acidente e passou a revivê-lo todos os dias para que morresse em paz, com a vida toda nos trilhos. Por isso o título "Antes que eu Vá".

      Excluir
  8. Olha eu li mas não sei porque não entendi o final ela morreu mais salvou a garota. Tipo como se ela tivesse mudado as coisas??? Se tiver como me fala como vc entendeu o final porque fiquei confusa. Mas gostei do livro vale a pena ler

    ResponderExcluir