23 de maio de 2013

Segredos Entre Amigas #03 - Aos 18...

POSTADO POR EM 23 de maio de 2013

Heey gente, tudo bem??


Acorda e respira. É hoje. 18 anos. Quanto tempo você aguardou por esse dia, não? Lembro-me de que, assim que você fez 17 anos já sonhava com o ano seguinte. O ano da liberdade, o ano que você não deveria dar satisfações a ninguém, que poderia estourar o cartão de crédito. Será? Pelo que eu sei a louça ainda está esperando para ser lavada, e essa tarefa continua sendo sua. Também acho que você ainda vai ter que dar satisfação a sua mãe quando for sair com aquele gatinho as 14h:00, hm... Eu sei de tudo.

Pense bem menina, talvez não seja hoje que você poderá sair à noite e chegar no meio da madrugada tropeçando no tapete da sala, talvez você também não possa pegar um ônibus com destino a lugar nenhum sem dar satisfações a sua mãe, talvez você não possa fazer 99,9% das coisas que achou que poderia, a não ser fazer um cartão de créditos e estourá-lo em roupas e maquiagens, mas isso passa.

Os 18 anos pode não te dar a liberdade imaginada, mas te dará opções. A partir de agora você terá que aprender a ser responsável por si própria para, quem sabe, daqui a uns dois ou três anos conseguir essa liberdade que você tanto quer hoje. Agora é a hora de pensar em qual sentido você quer levar sua vida. Qual curso você vai escolher na faculdade? Qual o ramo você vai procurar emprego? Qual sabor de sorvete escolher? Ok, ninguém é de ferro.

Esse é o seu momento, o momento de mostrar a todo mundo que você é capaz de se cuidar sozinha. De mostrar aos seus pais que eles podem confiar em você. De curtir a vida, com responsabilidade. Aos 18 anos você já pode olhar para trás e ver como foi o seu passado, ter noção de onde você errou para não fazer mais no futuro, afinal no passado você podia errar, mas agora... Agora você também pode. Aos 18 você pode testar, se jogar nos seus sonhos e agarrar seus objetivos. Se der errado... Bom, descubra isso antes dos 25 para não ser tarde de mais. Mas tente, e tente muito. Se arrisque, se ame.

Tenha controle sobre si própria, aproveite esse momento, ele é único. Não tenha medo da vida. Lembre-se, você irá olhar para trás e lembrar desse momento muitas vezes durante a sua vida, faça essas lembranças valerem a pena. Ria, chore, brigue, grite, brinque, pule, cante, festeje; faça tudo o que quiser fazer. Tenha motivos para não se arrepender no futuro. Seja você!

Um beijo,
Sua Consciência.

21 comentários:

  1. Oi linda, amei seu blog! o meu é nidaissa.blogspot.com bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hm, Obrigada. Mas e do texto, achou o que?

      Excluir
  2. Amei o texto!! Nossa, lembrei de quando fiz 18 anos.. kkk Foi um aniversário e tanto, sabe aqueles que não sai nenhum pouco como a gente imagina? Então, para comemorar minha "liberdade" fiz uma tatuagem e 3 piercings, sendo um deles na língua, só porque minha mãe não tinha deixado.. #alouca!
    Daí no dia da festa eu saí em excursão com a faculdade e na volta um menino sem querer bateu a porta do banheiro na minha cabeça quando fechava ela e eu caí dura desmaiada. O final da noite foi todinha no hospital. Deu coágulo, foi um inferno, fiquei dias sem conseguir parar em pé e minha mãe ligava para todo mundo cancelando a festa. Já imaginou? kkkk
    E sim, realmente, fazer 18 não é absolutamente nada. Tudo continua o mesmo. Acho que as coisas só mudam mesmo quando a gente sai de casa ou vai morar com alguém/casa. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkk, khorror Mi. Realmente é bem isso, a vida só muda quando a gente sai de casa.

      Excluir
  3. Texto maravilhoso! Os 18 não são mesmo como imaginamos, mas se pensássemos antes de completar já deveríamos saber que não seria. Depois deles tudo é questão de escolhas, e de fazê-las certas porque depois deles tudo tem um peso dobrado.

    Abraços,
    Raquel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso Raquel, depois dos 18 temos que, realmente, enfrentar a vida.

      Excluir
  4. Oie Linda, tudo bem ?
    Eu vi que você passou em meu blog para fazer uma visitinha e vim aqui retribuir para poder conhecer também.
    Simplesmente adorei. Amei o seu Layout. Tudo muito agradável.
    Parabens !!

    Olha, ESTOU TE SEGUINDO, se puder me retribuir ficarei muito grata.
    E também curte minha pagina do face e se tiver me deixa o link para que eu possa curtir tambem tá ?

    Olha linda, eu só ofereço quando eu realmente gosto de um blog e por isso gostaria de perguntar se vc gostaria de fazer parceria com o meu blog ? Se quiser pegar o meu link-me e trazer para cá fique a vontade, mas me avise para eu te linkar lá no meu tá ?
    bjokas e se cuida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do blog flor, beijos.

      Excluir
  5. Bacana esse texto, mas putz, depois dos 18 é tudo declício, responsabilidade e tem muita porcaria acontecendo! Tudo bem que os momentos mais felizes da vida de qualquer um pode tecnicamente começar depois dessa idade, a gente cresce, amadure, a vida muda...mas é medonho como muda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cris. Realmente muda muita coisa, tudo isso vem com a responsabilidade.

      Excluir
  6. gostei do texto.
    ah eu com 18 ano a mesma coisa agora com 25. nada demais pra mim xp

    ResponderExcluir
  7. Ainnn que texto legal!!! Que saudade dos meus 18 anos! Esse saudosismo me mata. rsrsrs
    É muito bom quando a gente consegue publicar as coias que escrevemos no blog. Fico muito feliz quando consigo terminar um conto ou mais um capítulo do meu livro. É tão gratificante, né?

    Amei mesmo!!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso Carol, achei que nunca teria coragem, mas agora estou mais solta para divulgar o que eu escrevo. Fico feliz que tenha gostado do texto :)

      Excluir
  8. Ameii seu texto Barb *---* mal posso esperar para ter 18.Os pais sempre usam a mesma desculpinha para proibir alguma coisa, falando que com 18 a liberdade vai ser conquistada.Tenho vários planos, como dividir em um apê com uma amiga,fazer tatoos, colocar piercings,sair a noite e voltar a hora que me der na telha kkk, sua vida mudou depois dos 18?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não muita coisa Lauro, ainda moro com a minha mãe, então ainda devo satisfações a ela, só que agora eu tenho cartão de crédito próprio e responsabilidade para pagar minhas contas, haha.

      Excluir
  9. É isso aí!! Essa é a verdade de se fazer 18 anos. Nos prendemos tanto aos filmes, que ficamos esperando cair do céu a liberdade, o emprego, o dinheiro, e tudo o mais. Num piscar de olhos a vida passa e você fica querendo voltar aos 14, 15, 16 anos... as vezes da até vontade de voltar pra barriga da mãe! É a vida... :)

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehe, bem isso. A barriga de mamãe é tão mais quentinha!

      Excluir
  10. Ótimo texto Mô, não é porque sou seu maior fã mas acho que você captou o sentido da coisa, muitas pessoas acham com certa razão porque é essa imagem que filmes, novelas, enfim a mídia nos passa. Quando fizermos 18 teremos o mundo e não é bem assim.

    Amei, e te amo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada meu amor, fico feliz por ter te agrado, até por que sei que além de meu maior fã tu és o meu maior crítico. Muito obrigada, mesmo. Te amo :)

      Excluir
  11. Olá :) Gostei bastante do texto, principalmente da parte que fala que "talvez os 18 anos não traga a liberdade esperada" conheço bem essa parte kkkkk
    Pra mim não mudou nada (A não ser o fato de poder ser presa oficialmente kkkkk)
    Sabe seu texto disse tudo, nem sempre os tão esperados 18 aninhos podem mudar algo
    Vou assinar para receber as atualizações do seu blog por e-mail ^^
    Beijos e até Mais

    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir