3 de junho de 2013

Segredos Entre Amigas #4 - Medo de Mudar

POSTADO POR EM 3 de junho de 2013

Heey gente, tudo bem?



O despertador toca, pula da cama e corre para o banheiro. São exatas 8h:oo da manhã e você marcou às 9h:oo com as meninas no parque, correto? Pois bem, adianta seu lado menina, ou não vai dar para ver aquele gatinho fazendo a corrida matinal envolta da mesa que vocês se sentam todos os sábados. Cinco minutinho depois sai do banho e corre para o armário, tira aquele vestido de Poá preto e branco que você ganhou no último natal, sorri ao tocar no tecido e se lembrar de que, a exatos 3 anos, disse que nunca usaria vestido rodadinho “Isso é coisa de patricinha.”, lembra? E olha você hoje, com o armário lotado desse estilo de vestido.

Pula para dentro da roupa enquanto corre pra debaixo da cama em busca daquela sapatilha vermelha que você comprou na última semana. Lembro-me que você já era viciada em sapatilhas a muito tempo e sua coleção só aumenta. Ah, lembro-me também que você prometeu nunca ter mais de 7 pares, dizia que “A necessidade básica é um item para cada dia da semana.”, e hoje tem quantas? 30? Pois é... Pensamentos mudam.

A jaquetinha de couro também era uma peça para a qual você torcia o nariz. “Bahia é calor, jaqueta pra que? Ainda mais de couro.”. Haha, como eu rio lembrando-me dessas suas antigas neuras. E por último o batom vermelho, mas não é um vermelhinho qualquer, é um vermelho mate extra-hiper-mega-baster-pipocante-de-chocante; sim, aquele mesmo que você dizia que era de mulher de vida. Que mudança hein.

Mas não foi só na aparência que você mudou, não é? Dos 15 aos 18 você percebeu que muitas coisas das quais não gostava você na verdade não entendia, ou não lhe parecia necessária naquela época. Hoje, talvez, você já não curta a mesma banda, ou o mesmo estilo de livros, ou as mesmas baladas, mas você continua sendo você, só que mais madura.

Foi engraçado quando suas amigas começaram a perceber suas mudanças e criticá-las, dizendo que já não lhe conhecia mais, mas elas nem percebiam que também estavam mudando. O mundo é feito de mudanças, não? Para evoluir não se é preciso mudar?

Tenho orgulho de você, sabia? Por saber que apesar de todas essas mudanças você continua com aquela mesma personalidade inocente, aquele mesmo sorriso aberta e aquela mesma cara de boba apaixonada quando olha para o seu Mô que, aliás, mudou também, mas esse já é futuro marido, hehe. Enfim, ao meu ver todas essas mudanças foram excelentes para você, te fez ser a pessoa maravilhosa que é.  Ainda bem que você não teve medo de mudar.

Um beijo,
Sua Consciência.

16 comentários:

  1. Eu só tenho medo de me tornar uma pessoa que nunca quis ser. As vezes a vida faz isso com a gente, né :S

    Beijos,
    Caroline, do Criticando por Aí.

    ResponderExcluir
  2. Bem legal esse texto. É bom lembrar que a gente muda não é? Graças a Deus! Não ia querer ser sempre a mesma coisa....aprender com os erros e mudar faz parte.

    ResponderExcluir
  3. Ainda bem que as mudanças ocorrem para todos,com o passar do tempo repensamos em nossas atitudes,mudamos dos mais diversos tipos de gostos,amadurecemos e caimos cada vez mais na real,que o mundo não é so flores. Texto lindoo Bah,como sempre vc arrasa ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lauro, realmente é sempre bom mudar.

      Excluir
  4. ah mudar faz parte, apesar de termos medo né.
    é a vida.

    ResponderExcluir
  5. é bom mudar... os hábitos, os ares...
    o ruim, é quando as pessoas, ou nós mesmos, mudamos pra pior :x
    lindo!!
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Ainn adorei o texto!
    Eu acho que toda mudança quando voce tenta ser melhor, e uma mudança saudavel, e deve ser feita sim, mas desde que nao te faça perder a sua essencia!
    Beijoss
    Jessica
    http://honey-pixel.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jéssica, realmente, contanto que a mudança não interfira na sua personalidade, acho que é absolutamente válida.

      Excluir
  7. Quanto tinha meus 15, 16 anos sentia exatamente isso. Quando fui crescendo, percebi que certas mudanças - que eu julgava mal - me tornariam alguém melhor e me fariam mais feliz! Hoje estou realizada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso Cláudia, quando olhamos para trás percebemos o quanto aquelas mudanças nos fazem bem.

      Excluir
  8. O mundo dá voltas , e as vezes alguma coisa que a gente disse que nunca faria , acaba se tornando nosso cotidiano , mas a vida é assim né fazer o que ??? Bem que minha vó dizia: não cospe pra cima que caí na cara menina !!! e ela tinha razão...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso Ana. Adoro esses ditados de Vó, haha.

      Excluir