10 de setembro de 2013

Ta Na Estante :: 'Cidade Das Cinzas' #125

POSTADO POR EM 10 de setembro de 2013
Autor(a): Cassandra Clare
Título Original: City of Ashes: The Mortal Instruments
Série: Os Instrumentos Mortais
Volume: 2
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Sinopse: Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau... e também o pai de Clary e Jace.
Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?
Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.

AVISO DE SPOILER PARA QUEM NÃO LEU CIDADE DOS OSSOS


Em Cidade das Cinzas, Clary só quer sua vida comum de volta, mas como isso será possível se ela é o centro de todos os acontecimentos sobrenaturais que acontecem ao redor dela e das pessoas que a cercam? Ao descobrir que a única garota, a qual ele realmente se apaixonou, é na verdade sua irmã, e que seu pai é o maior inimigo de toda a raça nephilim, Jace está completamente transtornado, e ainda passa a ser questionado quanto a sua lealdade à Clave, e com isso seus problemas ficam cada vez maiores.

Para investigar toda esta situação, a Clave envia a Inquisidora, que parece ter como objetivo principal incriminar Jace por qualquer motivo.

- Você as vezes desaparece completamente na sua própria cabeça. Gostaria de poder segui-la. 
Você segue, ela queria dizer. Você vive na minha cabeça o tempo todo.
Mas fora de todo esse drama (nem tão fora assim) está Simon, que vive seu amor tão sonhado ao lado de Clary, mesmo sabendo dos sentimentos dela por Jace, ele está disposto a fazer com que ela deixe de ama-lo, podendo assim, ser feliz novamente.
[…] Eu não te odeio, Jace.
-Eu também não te odeio.
Ela olhou pra ele aliviada.
-Fico feliz em ouvir isso.
-Gostaria de conseguir odiá-la -disse ele. A voz era suave, a boca curvada em um meio sorriso despreocupado, os olhos doentes de tristeza.- Quero odiar. Tento odiar. Seria muito mais fácil se odiasse. Às vezes acho que odeio, e depois quando te vejo e eu…
O segundo livro da saga dessa vez muda o foco principal da história de Jace para Clary, e da um pouco mais de destaque para Simon, que ganha algumas cenas bem importantes no decorrer do livro, e ainda somos apresentados a novos personagens que futuramente terão um grande peso na história.

Jocelyn, a mãe de Clary, não tem participação nenhuma durante o livro (somente é citada algumas vezes) já que está em coma durante toda a história. Mas de uma maneira indireta, ela é a responsável pelo desfecho do livro, deixando aquele gostinho de quero mais nas últimas páginas.

Assim como seu antecessor, Cidade das Cinza tem uma narrativa aconchegante, que te faz mergulhar nas páginas de uma forma incrível, fazendo você sentir todas as emoções dos personagens. Clare conseguiu manter a qualidade de sua escrita durante toda a história, fazendo com que você não queira largar o livro de maneira alguma e te deixa com uma vontade imensa de ler as continuações.

Cidade das Cinzas leva quatro corações e a minha indicação.

***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA
Clique AQUI e participe.

15 comentários:

  1. Eu fiquei tão curiosa quanto a sua resenha que nem me importei com o aviso de spoilers . Mas não acredito que vá fazer muita diferença quando eu for ler os livros ;)
    E é claro que a sua resenha me deixou ainda mais afim de ler os livros dessa saga , espero que seja em breve ;)

    http://theloverbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou bem assim quando quero saber algo sobre algum livro. haha.

      Recomendo muito muito a leitura da série.

      Excluir
  2. Ah ainda não tive a oportunidade de ler a continuação de Cidade dos ossos, uma pena, porque estou super ansiosa *--* (e preocupada com esse lance de ter virado uma série :X)
    Adorei a resenha

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure ler o mais rápido possível, juro que não irá se arrepender. Principalmente no 3º e no 5º.

      Muito obrigado flor.

      Excluir
  3. Preciso começar a ler a série urgentemente, a maioria das resenhas que leio sobre ela sempre elogiam e ressaltam pouquíssimos pontos negativos. Não sei oque estou esperando pra começar a lê-la *---*
    Beijooos.
    Lauro,
    http://entreversosepaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não sei o que está esperando. haha. leia e venha comentar comigo.

      Excluir
  4. A partir deste livro que eu realmente, realmente, comecei a gostar da série. Cassandra Clare merece ser aplaudida de pé. O livro deu uma amadurecida, sem todo aquele excesso de informações, mais respostas para algumas das perguntas e todo aquele suspense não me deixaram largar o livro até a última página!
    Muito boa a resenha! Parabéns!
    Então, até Cidade de Vidro!
    ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, decidi não abandonar a série nesse livro... E confesso que foi a melhor coisa que eu fiz.

      Muito obrigado.

      Até amanhã então. haha.

      Excluir
  5. Quando comecei a série amei, depois veio todo esse problema de irmãos... mas a série cresce e os personagens vão acompanhando. Cada personagem vai criando espaço próprio, acaba que hoje não sei mais de qual gosto, cada um com sua peculiaridade e graça. É uma ótima série.

    ResponderExcluir
  6. Terminei esses dias, e necessito da continuação!! Adorei, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  7. Sofri junto com Jace nesse livro, Cassandra conseguiu passar todo o sentimento que ela queria, com certeza, porque eu me encontrava perguntando ao vento: Claro que não é justo! Eles NÃO são irmãos, NÃO É?! kk muito bom!

    ResponderExcluir
  8. A personagem Clary parece que se desenvolveu bem neste livro juntamento com o triangulo amoroso! Este livro de leve parece uma típica história de jovens adultos sobre vampiros e lobisomens, mas com ótimas coisas adicionadas. O estilo de escrever de Cassandra é fenomenal!
    Ótima resenha
    Bjus meninas

    ResponderExcluir
  9. O que eu mais gosto na Clary, é que ela não tem aquele estilo Bella de ser, tipo "ele (no caso dela, Simon) me ama, ah o que eu faço? oh meu deus, mas meu amor verdadeiro é outro, oh como é difícil ser eu". Ela luta pelo o que ela quer, não fica parada esperando o "mal" chegar. Ela luta pra salvar a mãe e luta pra impedir o pai haha. Acho ela uma personagem forte.

    ResponderExcluir
  10. Não gosto muito da Clary e não gostava do Simon em Cidade das Cinzas, só comecei a gostar dele depois... o fim da Inquisidora é bem triste.

    ResponderExcluir
  11. Não gostei muito do rumo tomado em Cidade das Cinzas. Achei que tia Cassie se perdeu um pouco. Somente o final foi bom e isso prejudica um pouco a leitura!

    ResponderExcluir