11 de janeiro de 2014

Tá Na Estante :: 'Classe A' #177

POSTADO POR EM 11 de janeiro de 2014

Oi, gente. Tudo bem?


Estou há tempos devendo essa resenha pra vocês, então, aproveitando que estou em casa, resolvi trazê-la hoje. O livro foi cedido de cortesia pela Editora Fundamento. Vamos conferir?!

Livro: Classe A
Série: Cherub
Autor: Robert Muchamore
Editora: Fundamento
Páginas: 271
Sinopse: Seus agentes têm entre 10 e 17 anos e costumam passar despercebidos no mundo dos adultos, que não veem uma criança ou adolescente como ameaça. Oficialmente, esses agentes não existem. A “estreia” de James como um agente de CHERUB pode ter sido bem-sucedida, mas isso não quer dizer que a vida do garoto tenha se tornado mais fácil. O árduo treinamento físico continuou a fazer parte da rotina, assim como o complicado processo de adaptação às regras inflexíveis da agência. Tanto esforço foi recompensado da melhor forma possível: ele recebeu uma segunda missão, muito maior do que a primeira. Sob a supervisão de dois agentes adultos, James e mais três agentes tinham que se aproximar dos filhos de Keith Moore – um dos maiores traficantes de cocaína da Inglaterra – e reunir informações que levassem à prisão do criminoso e ao fim de seu império. Diante de tantos desafios, será que James estava preparado para tamanha responsabilidade? Ele conseguiria lidar com suas emoções e desempenhar seu papel sem que ninguém descobrisse sua verdadeira identidade? Caçar bandidos pode parecer emocionante na ficção, mas na vida real os riscos são grandes demais para se ter garantia de que todos vão escapar ilesos.


Atenção! Essa resenha pode conter spoilers do primeiro livro da série.


Eu resolvi começar a ler Cherub após receber várias indicações de pessoas que possuem o gosto para livros bem próximo do meu. Quando li O Recruta, me decepcionei um pouco, senti que era um "Pequenos Espiões" versão Inglaterra, mas me diverti bastante lendo.

Quando iniciei a leitura de Classe A, já foi sem muita expectativa, mas fui muito surpreendido. James concluiu sua primeira missão com maestria, mas continua sendo aquele garoto irresponsável de 12 anos que conhecemos no primeiro livro. Nesse segundo volume, James recebe uma nova missão: ao lado de Kerry, Kyle e Nicole, o garoto deve assumir uma nova identidade e tornar-se amigo do filho de um grande traficante de drogas para ajudar a descobrir informações sobre ele e, enfim, derrubá-lo.

O modo como Robert Muchamore abordou as drogas nesse livro me fez gostar ainda mais da narrativa. Por mais que seja um agente, James ainda é uma criança e, no decorrer do enredo, sentiu-se tentado a provar cocaína, simplesmente pra saber como é, mesmo sabendo que isso é algo proibido no Cherub e, se o agente for pego, é expulso imediatamente.

No final de O Recruta, Lauren, a irmãzinha de James, foi recrutada pela agência. Em Classe A ela está iniciando seu treinamento e está se mostrando uma garota forte e decidida e já me conquistou, algo que não ocorreu no primeiro livro.

Ouvi várias pessoas falando que se desanimam a ler Cherub por ser uma série - ainda mais uma série com 12 volumes -, mas os livros são curtos e tem uma fluência rápida e gostosa. Robert consegue contar a história como se fosse de verdade. A única coisa que me incomoda, que até citei na outra resenha, é que as crianças são tratadas como adultos e tem atitudes de adultos, mas na hora da confusão, as pessoas lembram que eles são apenas crianças.

Estou super ansioso pra ler "Segurança Máxima", mas vou dar um tempo na série, pra não correr o risco de enjoar - o que duvido muito, mas não custa prevenir. Recomendo Cherub a todos.

***
Essa postagem concorre ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e participe.

11 comentários:

  1. Como não li o primeiro livro, li só sinopse... me lembrou o filme "pequenos espiões"... que eu adoro!!
    Livro divertido e leve... muito legal \o/

    ResponderExcluir
  2. Amo livros de ação e aventura, principalmente mistérios, esse livro me fez querer ler ele, mas pelo visto vou ter q ler o outro primeiro.

    Abraços
    Jes

    ResponderExcluir
  3. O livro parece legal, mas não leria no momento por ser uma série.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  4. O livro parece ótimo, mas as capas desta série definitivamente não são atraentes e eu costumo julgar muito um livro pela capa. Mas apesar das minhas manias, por tantos elogios de sua parte a série merece ser lida *-*

    Beijoos.
    Lauro,
    http://entreversosepaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Gostei da resenha, ainda não conhecia esta série mas parece ser muito legal! Achei o enredo bem diferente, nunca li nenhum livro de espiões (ainda mais crianças) e este me chamou bastante a atenção! Só desanimei com o fato de a série ser composta por 12 volumes, mas parece valer a pena!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Leo, este é um livro de espiões? Nunca ouvi falar. Apesar de amar o tema, nunca li nada sobre o assunto, engraçado. Valeu a dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia a série,gosto do gênero mas no momento não leria!
    beijinss!

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a série. Ela parece ser um pouco teen e por isso eu não leria. Além disso, são 12 livros!! É muita coisa.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a série, mas não curto muito histórias de crianças como espiões...

    ResponderExcluir
  10. nao conhecia a serie e nao fiquei com a menos vontade de ler... o tema pouco me interessou ( negocio de trafico nao é meu estilo de leitura ) e saber que seriam 12 livros com uma historia assim... dispenso kkkkkkkk boa leitura pra quem gosta!!

    ResponderExcluir
  11. Olá Leonardo, tudo bem??
    Não conhecia tanto este livro, como o primeiro que você citou.Bom, e apesar de você estar mais animado com esta sua segunda leitura, confesso que não seria um livro que leria, até pela ideia do personagem, mas com toda certeza parece ser uma ótima indicação para meu primo, que tem quase a mesma idade do personagem...

    ResponderExcluir