Hey turma!

Tudo bem com vocês? Espero que sim, porque tem resenha fresquinha para vocês lerem.

Ano passado participei de um booktour organizado pelo Gustavo do blog Leitores Compulsivos e finalmente consegui escrever a resenha do livro. Vamos conferir?

Livro: A Garota das Cicatrizes de Fogo
Autor: Ricardo Ragazzo
Editora: Novo Século
Páginas: 256
Sinopse: Quatro anos após o desaparecimento da filha e a misteriosa morte da esposa, Johnny Falco recebe uma pista que pode ajudá-lo a desvendar o caso. Um homem aparece morto com as mesmas características inexplicáveis de sua mulher: O CORPO NÃO PASSA DE UM ESQUELETO COM PELE. Seis anos após ter 80% do seu corpo queimado em um atentado, Lisa Gomez acorda em um hospital com uma incontestável diferença: TODAS AS CICATRIZES DE SEU CORPO DESAPARECERAM! E quando o destino dos dois se cruzarem na pequena cidade de Valparaíso, ambos descobrirão que as tragédias que cercam suas vidas estão muito mais interligadas do que poderiam imaginar.

Quando recebi esse livro, não sabia muito bem o que esperar dele. Antes de me inscrever no booktour, nem tinha lido a sinopse do livro. Sendo assim, comecei a minha leitura totalmente às escuras, sem a mínima ideia da temática presente no livro.

A Garota das Cicatrizes de Fogo tem dois enredos centrais que se juntam no decorrer da trama, construindo assim uma história intrincada e cheia de reviravoltas. Johnny Falco e Lisa Gomez aparecem no centro da história, cada um a seu modo, até que seus destinos se cruzam.

Johnny Falco é um homem desesperado. Sua esposa foi assassinada de forma misteriosa e sem nunca encontrarem o culpado. Para piorar um pouquinho sua situação, na mesma data fática, sua filha, Diana, desaparece sem deixar pistas.

Percebemos claramente que a força que move Johnny é vingança. Seu principal objetivo na vida é encontrar sua filha e descobrir o que verdadeiramente aconteceu com sua esposa. E nessa sua busca ele encontra alguém tão perturbado e traumatizado quanto ele. E é devido a esse amigo, Sal, que Johnny fica sabendo de uma pequena cidade com casos de morte parecidos com o da sua esposa. Então ele parte para Valparaíso, na esperança de que encontre, finalmente, sua filha.

E é em Valparaíso que mora Lisa Gomez, uma adolescente também marcada pela tragédia. Quando criança, Lisa foi vítima de um atentado, foi queimada viva e teve 80% do corpo danificado pelas chamas, sendo a maioria das queimaduras de terceiro grau. As cicatrizes, marcas da tragédia de Lisa, a acompanharam em seu crescimento, até que um dia misteriosamente desapareceram por completo. Sem nenhuma explicação plausível, as cicatrizes desaparecem e aparecem de forma aparentemente aleatória.

No meio desses dois focos principais do livro, temos Alex. Alex é um garoto de rua que não tem absolutamente nenhuma memória de seu passado. Ao conhecer Lisa, sente uma enorme ligação com ela, e vice-versa.

As memórias de Alex porém podem ser muito úteis para desvendar o mistério do paradeiro da filha de Johnny, Diana, e para explicar a incrível mutabilidade das cicatrizes de Lisa.

Os acontecimentos no livro decorrem de forma eletrizante e fluída. O envolvimento de Johnny em sua busca é realmente muito bem escrito, de forma que nos transporta para dentro do livro, como se estivéssemos vivenciando os acontecimentos junto com Johnny, Lisa e Alex.

Ricardo Ragazzo foi o autor que me introduziu a um gênero literário que há muito queria ler, o tão falado Fantasia Urbana. Depois de finalizar essa leitura, com certeza irei apostar mais no gênero esse ano. Foi uma surpresa agradavelmente boa e espero que se repita muitas vezes.

Quanto à diagramação do livro: Meu santo Dumbledore, o que é aquilo? Fiquei seriamente apaixonada pela diagramação do livro! Além de possuir uma capa belíssima que faz maravilhas a qualquer estante, A Garota das Cicatrizes de Fogo possui uma diagramação de dar inveja a qualquer bestseller. A mudança de capítulos é marcada por páginas pretas com letras brancas. Simplesmente maravilhoso.

O autor, Ricardo Ragazzo, possui mais um livro publicado chamado 72 Horas para Morrer. Fica a dica para quem quiser me presentear esse ano.

Agora, eu me vou e deixarei vocês, caros leitores, com um trecho especial de Johnny Falco. Apreciem o sarcasmo e ironia desse personagem tanto quanto eu.

Certas conversas só podem ocorrer quando estamos bêbados ou sentados. Fato.

Beijinhos e até a próxima!

***
Essa postagem concorre ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e participe.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

35 Comentários

  • Belle
    18 janeiro, 2014

    viiixi esse eu quero leer!!!!

  • Thairine CP
    17 janeiro, 2014

    Mistério é comigo mesmo!!!! Ser for como foi dito acima, merece ser lido! =D

  • Anônimo
    17 janeiro, 2014

    OLá Natália, tudo bem??
    Bah este livro a muito tempo estou querendo ler e sua resenha me deixou ainda mais animada por esta historia misteriosa, cheia de mortes, dúvidas e incertezas… Tenho ele na minha lista de desejados a algum tempo, e espero poder conferir em breve. Também não li nada deste gênero e achei bastante interessante. Também acho a edição linda e não vejo a hora de ter ela na minha estante!!
    Beijos ♥

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      ÔBA, espero que curta a leitura, para quem curte esse estilo de livro é uma ótima pedida!

  • Mirelle Candeloro
    17 janeiro, 2014

    Oi Nathi, nem sabia que esse tipo de livro recebia essa denominação: Fantasia Urbana. Quais são as características próprias desse gênero? Confesso que não me dei bem então no primeiro livro que li nesse estilo, que foi do próprio Ricardo, porque estranhei a mistura de policial com sobrenatural. Mas como o autor escreve bem e me envolveu no thriller, quero muito ler este livro para saber o que irei achar. Dessa vez lerei de mente mais aberta e já ficarei aguardando a fantasia, então não irei me surpreender como da primeira vez. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Fernanda Peron
    17 janeiro, 2014

    Quero ler!!
    Dá uma passadinha?
    https://comportamentorosa.blogspot.com/

  • Dani Kaulitz
    17 janeiro, 2014

    Que legal, já tinha visto a capa deste livro em algum blog mas ainda não tinha lido a sinopse, nem alguma resenha! Parece ser muito bom e fiquei muito curiosa para saber como se resolverá este mistério, muito legal e inovador!
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      É bem diferente mesmo, espero que você possa ler e curta a história.

  • Pamela Liu
    17 janeiro, 2014

    Tem um mistério bem interessante na história. Nunca li nada de fantasia urbana e fiquei curiosa para saber pq as cicatrizes dela somem e reaparecem esporadicamente.
    Achei a capa lindíssima.

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Hehe, o grande mistério. Leia, acho que você vai se surpreender.

  • Roseneia Santos
    17 janeiro, 2014

    Parabéns pela resenha despertou meu interesse ,amo romance policial,já estar na minha listinha de favorito!
    Beijinsss!
    http://lendoaprendendoevivendo.blogspot.com.br/

  • Jack Moura
    16 janeiro, 2014

    uau :O acho q esse é o tipo de livro q voce ler em horas..a nao ser q a narrativa do autor seja cansativa… espero que nao, pq tem tudo para ser uma otima leitura!! lerei sim, quero saber oq acontece nessa cidade e oq aconteceu c a filha do johnny… espero q tenha romance :3

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Bem isso Jack, a leitura é bem rápida por conta do mistério 🙂

  • Maria Martins
    16 janeiro, 2014

    Nossa. No começo da resenha eu não estava me interessando muito, mas logo ao final percebi que realmente é um livro muito interessante *_* Vou colocar na minha lista (ao final do ano vai ter mias de 200 livros x.x)

    http://refugiorustico.blogspot.com.br/

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Leitores compulsivos são sempre assim. Boa sorte com a listinha 😉

  • Jeh Asato
    16 janeiro, 2014

    Oi Nat!
    Gente, que capa bonita! Eu ainda não li nada de fantasia urbana e espero ter a oportunidade em breve!

    Beijos!

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      É um gênero bem diferente Jeh, acho que você vai gostar 😉

  • Jessica Rocha (jesse)
    16 janeiro, 2014

    Pow, adorei a sinopse e a sua resenha, parabéns!
    Me deixou com muita, muita, muita vontade de ler. Nunca li nada de fantasia Urbana, vou apostar no gênero também!!

    Beijos e boas leituras!

    http://livrosobaluzdalua.blogspot.com/

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Espero que curta e boas leitura pra ti também 🙂

  • Gustavo Silveira
    16 janeiro, 2014

    Oi querida, o livro é mesmo muito lindo, e a diagramação é maravilhosa, ótima resenha.
    Abraços

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Obrigada Gustavo, é uma ótima história mesmo.

  • Larissa Gomes Ramos
    16 janeiro, 2014

    nossa, adorei a resenha…
    fiquei curiosa em saber pq as cicatrizes dela desapareceram!
    hausdhu gosto mt de livros assim, vou ver se tiro um tempo p ler esse!
    lindo seu blog <3
    beijão da Lari <3
    Blog Call me Lari

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Espero que possa lê-lo Larissa, fico feliz que tenha gostado do SEA 😉

  • Edna Dias
    16 janeiro, 2014

    Não li nada do autor ainda e já li e ouvi tantos elogios que estou muito a fim de ler…
    Fiquei arrepiada quando li que as cicatrizes da menina desapareceram…
    Gosto de estórias que envolvem mistério sobrenatural; conforme vc escreveu "fantasia urbana"… este tipo de trama me atrai… Adoro fantasia!!
    adorei a resenha 🙂

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Ôpa Edna, então espero que você possa ler em breve, acho que tu vai curtir 🙂

  • Juliana Ramirez
    16 janeiro, 2014

    Não conhecia o autor e nem conheço esse gênero também (super atualizada eu, rs.). Mais me interessei muito pela história, parece ser realmente muito bom.
    E a diagramação realmente é maravilhosa! (ri muito com MEU SANTO DUMBLEDORE! hahahha).
    Enfim, amei a resenha, parabéns!

    http://depoisdeumlivro.blogspot.com.br/
    espero a sua visita (:

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Dumbledore é vida, haha. É um gênero bem legal, aposte nele 🙂

  • Lauro Moura
    16 janeiro, 2014

    Já conhecia o autor pelo outro livro dele, e A Garota das cicatrizes de fogo realmente parece maravilhoso. Co uma queda por capas bonitas, romance policial e diagramação perfeita, o livro é mais que desejado *–*

    Beijoos.
    Lauro,
    http://entreversosepaginas.blogspot.com.br

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      Coo sempre, né Laurito? É uma ótima pedida 🙂

  • Dâmaris Carvalho Lima
    16 janeiro, 2014

    O livro parece ser bem intenso!! Adoro livros de mistério!!

    • Anônimo
      17 janeiro, 2014

      É bem intenso mesmo, uma ótima pedida pra quem curte mistério 😉

  • K a a h
    16 janeiro, 2014

    Vou adcionar jazin na minha lista de "compras" tua resenha me inspirou rsrs

    http://pequenamiia.blogspot.com.br/