Heey gente, tudo bem??

Olha eu aqui o/ Eu nem acredito que consegui concluir uma leitura. Sério, estou numa ressaca tensa. Alguém sabe um chá que cure essas coisas?? Pois bem! Hoje a resenha é do livro do Cláudio, lembram que eu falei dele aqui no começo da semana? Vamos lá ver o que eu achei da história?

Livro: Um novo amor à vista.
Autor: Cláudio Quirino
Editora: Amazon
Páginas: 160
Sinopse: Darla é uma típica mulher moderna brasileira – determinada, trabalha, pega condução, tem seus sonhos secretos e ainda está enquadrada na categoria consumidora compulsiva, mas só tem um probleminha: o seu pequeno salário não é suficiente para as suas grandes necessidades. Diariamente tentada pelas propagandas das grifes e incapaz de ignorá-las, ela sempre acaba indo ao encontro de inúmeras bolsas Gucci, burberrys, sapatos Prada, óculos Dolce & Gabbana e suas próprias extravagâncias. Para variar, o seu namorado de seis meses – Greg – acaba de sair de casa e abandoná-la. Disposta a controlar a sua solidão comprando (mesmo que, para isso, seu nome continue no vermelho), Darla vai, aos poucos, se envolvendo numa série de situações divertidas, otimistas e surpreendentes, capazes de arrancar risadas, à medida que seus pensamentos se decifram aos olhos do leitor. Um Novo Amor à Vista trata, em primeira mão, de cada um dos principais dilemas que afetam o universo feminino e trabalha a autoestima, com um tom cômico, sincero e espontâneo. Em seu primeiro romance chick-lit, Cláudio Quirino revela um mundo completamente familiar e entrega personagens marcantes, simpáticos e um primeiro livro planejado.



Em Um amor à vista somos apresentados a história de Darla, uma jovem de 29 anos que acabou de ser largada pelo namorado e é compulsiva por compras, seu cartão de crédito que o diga. Tendo como melhores amigas duas moças perfeitas, ricas, lindas e bem casadas, Darla tende a cair mais e mais no precipício da baixa auto-estima, ainda mais por ser um tanto cheinha. 
Tendo em mente que sempre está sendo desvalorizada, Darla se surpreende ao receber uma promoção no trabalho: Uma viagem de três dias, com tudo pago, para o lugar que ela escolhesse. Inveja, Darla! E mais. A moça ainda ganha um cheque no valor de 3 mil dilmas para gastar na viagem, mas são tantas dívidas que ela logo pensa em quitar o cartão. Mas pensar não é fazer, né Darla?
A partir dessa viagem a vida de Darla dá um giro de 360º, e nós acompanhamos essa transição em meio a muitas gargalhadas e vontades de estapear a Darla em determinados momentos. 
Vocês sabem o quanto eu compro livros pela capa e o quanto chick-lits me agradam. Quando o Cláudio promoveu essa história no meu facebook eu já fiquei curiosa, louca para comprar o e-book na Amazon, mas sem cartão. Tá depressivo para o meu lado também Darlita. Ai o Cláudio resolveu os meus problemas e me mandou uma cópia do livro para resenha. Fui lá, cheia de expectativas e a história supriu todas elas.
Primeiro tenho que mencionar o quão maravilhosamente bem o Cláudio escreve. Sério gente, a leitura flui tão rápido que eu não sei como consegui parar de ler em alguns momentos. Outro ponto positivo é que ele escreve em primeira pessoa, no ponto de vista da Darla. Imagina como deve ser tenso para um homem escrever como se fosse uma mulher neurótica. Eu sou neurótica e acho que não conseguiria essa façanha.
Também tenho que mencionar a calmaria que a história nos passa. O cenário é real e mostra uma vida cotidiana. Os personagens são bem construídos e passam uma segurança ao leitor. Adorei os diálogos, particularmente. Não são cobertos de técnicas, são normais. Ele conseguiu exprimir no livro a forma como conversamos no dia-a-dia, deixando a história ainda mais pessoal para cada leitor.
Me identifiquei muito com a Darla, fora o fato de ser solteirona ela é toda eu. Por favor, não deixem uma mulher sair de uma loja sem comprar, é depressivo. Depois tem a Bruna, uma amiga que aparece lá no meio da história, absolutamente doida, sério, mas muito companheira. Quero amigas como ela, mas nunca seguiria as dicas dela, haha. E o Diego?! Ai, tem como ser mais fofo? Não! Ele levanta a auto-estima da Darla, faz ela se sentir a melhor mulher do mundo. Homens, aprendam com ele.
É uma história leve, divertida e prazerosa de se ler. Cláudio, pode ter certeza que adotarei com prazer todos os livros que você vier a escrever. E por favor, publique logo a continuação dessa história, preciso daquela primeira cena como preciso do ar pra respirar.
É isso. Super indico Um novo amor à vista. Sei que quem curte esse gênero vai se encantar com a história, para quem nunca leu é uma ótima forma de começar e quem não curte muito, acho que pode se encantar por esse. Só para confirmar a afirmação vou deixar vocês com algumas das pérolas da Darla!

O invasor deixa cair a toalha muito pertinho  de mim  e pega uma cueca branca que está jogada no chão. Não acredito no que os meus olhos veem – ele usou a minha toalha da sorte e depois jogou no chão! Sinto-me ligeiramente ofendida e desafiada. Quanta cara de pau! Vou chamar a polícia. Não, vou chamar a CIA.
Melhor ainda, vou chamar o BOPE.

Lógico, não sou tão ignorante e minhas contas e dívidas só… er…  – como eu posso dizer? –… ah, é final de ano, não é? Ninguém se dá o luxo de economizar no Natal, com tantas ofertas mega procuradas e mega irresistíveis. 

Aproveitem que o livro está em promoção na Amazon. Clique no banner e seja redirecionado para a página.

Beijos e até a próxima!
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique aqui e participe!

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

28 Comentários

  • Anônimo
    30 janeiro, 2014

    Sou uma apaixonada por chick-lits, este livro com toda certeza deve ser demais, pois dá para imaginar a situação de Darla, pois as vezes também fizemos nossas "extravagancias" e dá para imaginar como o livro deve ser leve e super engraçado. Dica mais que adotada =)
    Mil beijos lindinha ♥

  • Jack Moura
    28 janeiro, 2014

    capinha fofa e a historia parece ser bem divertida e gostosa de ler!! que inveja da protagonista ao ganhar essa viagem kkkkkkkk e ainda tem um romance gostoso.. vou ler com certeza :3
    beijos

  • Agregador de links
    25 janeiro, 2014

    Olá, tudo bem?
    Adorei seu blog, tem muita coisa interessante, parabéns!
    Gostaria de divulgação grátis, seu blog seria muito bem vindo ao meu novo agregador de links.
    Se interessar é só nos fazer uma visita, é super simples e grátis.
    Aguardo você lá.
    http://agregador.agenciawd1.com/

  • Dâmaris Carvalho Lima
    25 janeiro, 2014

    Gosto de chick lits, a leitura é rápida, porém vc se diverte com o livro e fica com um gostinho de quero mais *.*
    Acho que vou gostar do livro!

    • Barbara
      Barbara
      25 janeiro, 2014

      Hehe, se curte esse gênero vai gostar mesmo 🙂

  • Dani Kaulitz
    25 janeiro, 2014

    Que demais, ainda não li muitos livros deste gênero, mas todos que vejo parecem bem divertidos! Fiquei muito curiosa para ler este, parece ser muito bom mesmo e a personagem parece ser muito divertida e cativante! 🙂
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      25 janeiro, 2014

      Exatamente, Dani 😉 É uma ótima pedida para esse fim de férias!

  • Lauro Moura
    25 janeiro, 2014

    Eu amoooo chik-lits Barb ;D. Conheço autoras consagradas no gênero la fora, como Marian Keys e Sophie Kinsella. É tão bom ver que esse tipo de livro também esta ganhando o mercado literário brasileiro com Janaina Rico, Carol Sabar e agora um homem, me surpreendi com isso. Cláudio foi surpreendente e o livro parece maravilhoso. Sua resenha foi perfeita *—–* Beijo beijo beijo fofis

    Lauro,
    http://entreversosepaginas.blogspot.com.br

    • Barbara
      Barbara
      25 janeiro, 2014

      Bem isso Lauro, estou adorando adesão que esse gênero está tendo por aqui. Beijos!

  • Mirelle Candeloro
    25 janeiro, 2014

    Tá bom vai, acho que tu me convenceu! Vou lá comprar e conferir essa história que parece ser bem maluquinha. Fiquei surpresa de ver um homem escrevendo um chick-lit e preciso ler para crer e tirar minhas próprias conclusões, que espero que sejam tão favoráveis quanto as suas. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

    • Barbara
      Barbara
      25 janeiro, 2014

      o/ Boa leitura Mi, espero que goste tanto quanto eu 🙂

  • Maria Martins
    24 janeiro, 2014

    "Por favor, não deixem uma mulher sair de uma loja sem comprar, é depressivo" Hahaha Bem assim mesmo. Principalmente se for uma livraria, é muito triste. O livro parece bastante divertido, mas não faz o meu estilo. Talvez eu o procure depois dos tantos livros que tenho para ler.

    http://refugiorustico.blogspot.com.br/

  • Roseneia Santos
    24 janeiro, 2014

    Ainda não tinha lido nada do gênero,parabéns para o autor ,uma história interessante e por ser Chick-Lits,tem que ter dedicação e interesse!
    Beijinsss!

  • Lucas Gilmar
    24 janeiro, 2014

    gostei muito da resenha, e bem obrigado pela a visita no meu blog
    já estou seguindo
    beijos equipe livro azul
    livro-azul.blogspot.com.br

  • Paloma Silva
    24 janeiro, 2014

    Nunca li algo desse gênero, acho que esse livro é ótimo pra começar, quem sabe acabo gostando 🙂
    http://recantodapaah.blogspot.com/

  • Doce Leitura
    24 janeiro, 2014

    me encantei 🙂 Vou adicionar na minha lista de desejos .
    Beijos
    http://doceleituraa.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      24 janeiro, 2014

      Aproveita o precinho na Amazon e já compra logo moça 😉

  • Gabriel Ribeiro Gomes
    24 janeiro, 2014

    Oi Bárbara 🙂

    Eu gosto muito de Chick-Lits, tanto que sou fã da Marian Keyes e estou louco para ler esse livro, o que mais me chama atenção nele, é o fato de ter como autor um homem. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      24 janeiro, 2014

      Nunca li Marian Keyes, mas adoro a Sophie Kinsella, já leu? Um novo amor à vista é uma ótima pedida 🙂

  • Pamela Liu
    24 janeiro, 2014

    Adoro chick-lits, são uma leitura leve e engraçada. Um novo amor à vista parece ter situações bem engraçadas e uma protagonista com quem possamos nos relacionar. Pelo fato de ter sido escrito por um homem e nós, mulheres, conseguirmos nos identificar, é uma façanha e tanto! Parabéns ao autor.
    Achei a capa super fofinha. Espero poder ler o livro em breve.

    • Barbara
      Barbara
      24 janeiro, 2014

      Aproveita a promoção Pam, dá para ler no próprio computador, é só baixar o aplicativo da Kindle 😉 Realmente o diferencial está em ser escrito, e tão bem escrito, por um homem. Beijos!

  • Karolyne Sousa
    24 janeiro, 2014

    Eu sou uma leitora que como você boa parte dos livros compro pela capa e essa eu achei muito lindinha! Também gostei da resenha, me pareceu um livro muito gostoso de ler.
    Beijos ;*

    http://girlbeinggeek.blogspot.com.br/

    • Barbara
      Barbara
      24 janeiro, 2014

      A leitura é bem leve e divertida, muito prazeroso 🙂