22 de fevereiro de 2014

Tá Na Estante :: 'Harry Potter e a Pedra Filosofal' #190

POSTADO POR EM 22 de fevereiro de 2014

Heey gente, tudo bem??


Enfim concluí a leitura do primeiro livro da série Harry Potter. Confesso que tinha um medinho de ler essa série, não me perguntem o porquê, mas fui surpreendida e me tornei mais uma apaixonada pelo bruxinho... Ainda não comecei a leitura do segundo, mas pretendo intercalar a leitura da série com os livros de parcerias. Pretendo ler tudo até o final do ano, orem por mim! Mas vamos falar é do primeiro livro \o/


Livro: Harry Potter e a Pedra Filosofal
Autor: J. K. Rowling
Editora:  Rocco
Página: 263
Sinopse: Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais. O menino de olhos verde, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. A fábula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo.

Harry Potter é um menino de 10 anos que vive com seus tios e seu primo Duda,  na casa número 04 da Rua dos Alfeneiros. Ele perdeu seus pais quando ainda era muito pequeno, sendo o único sobrevivente do acidente que sua família sofreu. Sua guarda ficou com a irmã de sua mãe, sua única parente viva. Ela e seu marido, juntamente com o filho de ambos, pensam apenas em si próprios e no bem-estar de Duda, o pestinha. Harry é apenas um estorvo do qual eles não fazem ideia de como se livrar.

Harry não faz a mínima ideia do que aconteceu aos seus pais e nem da herança que eles deixaram para ele. Daquele dia a única memória é a de uma luz verde e intensa e uma marca em forma de raio no centro de sua testa. Mas, em alguns momentos, - principalmente quando algo de caráter emocional ou denegante lhe acontece - ele sofre algumas mudanças; okay, acontecem uns troços muito loucos e mágicos com ele. E socorro, queria poder fazer esses troços!

Mas depois de 10 anos sofrendo bullying da própria família - o Duda é um pé no saco e os seus tios o fazem passar por maus bocados, tipo vestir as roupas antigas do Duda, eca -, Harry começa a perceber que as coisas estão prestes a mudar - e nós também! Cartas começam a chegar na residência dos Dursley (os tios) endereçadas a Harry, mas eles nunca deixam as cartas chegarem as mãos do menino. Mas quanto mais eles jogam as cartas fora, mais cartas eles recebem.

Depois de um tempo, e muita correria dos seus tios, Harry descobre de onde vieram as cartas. Era o seu convite para ingressar em Hogwarts: a escola de bruxos mais famosa do mundo! Hagrid, seu salvador, amigo e maluco protetor é quem o presenteia com o pedaço de papel e também quem o apresenta ao mundo mágico dos bruxos.



A partir desse momento, Harry terá que lidar com o fato de que é uma lenda no mundo dos Bruxos, entenderá o quão poderoso é e também saberá sobre o que aconteceu com seus pais. Saberá também por que os seus tios trouxas o tratavam de forma tão hostil.  Agora ele terá que se preocupar com novos problemas, pois ao se tornar aluno de Hogwarts, Harry terá que lidar com a competitividade de todos os Bruxos e os inimigos de seus pais.

Nunca vi sequer um filme relacionando à Saga Harry Potter. Claro que já vi uma cena ou outra, mas nunca havia sentado em frente à TV para ver um filme completo e acho que isso me auxiliou na hora de imaginar as cenas do livro. Rico em detalhes, a história de J. K. Rowling nos leva para outra dimensão, onde tudo é possível. O intuito da leitura está em ampliar nossas mentes e nos fazer viajar. HP cumpre de forma majestosa esse papel.

A minha edição tem folhas brancas e letras miúdas, mas nem isso me impediu de devorar o livro. Curti muuuuuito a escrita da J. K. e achei a história bem convincente. Cada página nos leva a outra e queremos, o tempo todo, desvendar o mistério da história. Harry me conquistou de cara, mas quem ele não conquista? Seus amigos, os quais ele conheceu no trem para Hogwarts, Rony e Hermione, também conquistam qualquer leitor e são peças chaves na história. Os personagens são bem construídos e o mistério é seguro até o final da obra, só para nos deixar ainda mais fixados no livro.



A conclusão da história não te deixa outra opção a não ser a de continuar lendo a série, o que é maravilhoso. Já vi que vou ler e reler muito esses livros - e olha que só li o primeiro até agora. Vejo todos os meus amigos comentando: 'Eu te avisei'!

Nada mais tenho a declarar e acho que essa resenha não está nada digna da história, mas se vocês confiam um pouquinho na minha capacidade de julgar um livro, peço que leiam! Sério. Ampliou minha mente para as leituras fantásticas, as quais eu tinha uma leve inclinação a criticar. Não vejo a hora de poder enfiar o restante da série nos meios da minhas leituras e depois fazer uma maratona dos filmes com ... Mas só depois, hein, vida!

Espero que tenham curtido e, se já leram, me contem suas observações nos comentários, se não leram contem se eu os convenci a ler, se não convenci conte também porque eu quero convencer, hehe.

Beijos e até a próxima!
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

36 comentários:

  1. Eu também ainda não li a série! Confesso que não li por puro preconceito, mas ano passado vi tantas resenhas positivas sobre essa série que mudei meu pensamento sobre ela, comprar e ler os livros é uma das minhas metas para esse ano! Espero alcança-la em breve! Adorei sua resenhas, as fotos ficaram bem legais...Bjo

    http://justonemomentt.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também tinha um preconceito básico, mas agora não vejo a hora de concluir a leitura e receber minha carta de Hogwarts *---* Beijos!

      Excluir
  2. Nossa, Barbara. Fico muito feliz que você tenha gostado do livro. Harry Potter é algo que deve ser lido por todos, mesmo que a pessoa não goste depois, precisa ao menos ler. Adorei sua resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Isabella. É realmente uma belíssima história :)

      Excluir
  3. E nesse momento que eu tenho orgulho de encher o peito e gritar: EU TE FALEI. KKKKK

    ResponderExcluir
  4. Nossa ! Vc tem muito livro cara rsrsrsrs ! Ainda não li ..


    Beijos , http://sdviver.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe, Obrigada! Mas ai não tem nem metade de todos os que eu tenho, hsuahsua. Leia, pois é maravilhoso :)

      Excluir
  5. pq este livro do hp é esta capa pq eu vi com outra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem várias edições, essa é a edição Capa Branca, você deve ter visto na edição normal ;)

      Excluir
  6. Eu acho que todos deveriam ler pq a saga HP é realmente maravilhosa. Impossível não se apaixonar pelo bruxinho Harry *-* Boa sorte nas próximas leituras dos livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe, exatamente! Lerei todos o quanto antes. Obrigada :)

      Excluir
  7. Você não tinha lido Harry Potter ainda nossa fiquei surpresa agora, hehehe eu já li todos os livros eu amo a J.K ela escreve como ninguém, eu quero muito a edição de capa branca é muito linda, eu tenho as capas normais, e quem não leu tem que ler, é muito bom.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Camila, não tinha lido por falta de vergonha na cara. Mas ja cai nos encantos da J. K ;)

      Excluir
  8. Eu gostei dessa nova capa do Harry Potter, mas prefiro a antiga!! Eu li só o primeiro livro do Harry Potter, os demais ainda não li!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ôpa, vamos ler juntas, haha. Curto as duas capas, não tenho como escolher só uma '-'

      Excluir
  9. Ai, acho que estou emocionada. Barbara leu um livro do HP! \o/ Que fantástico. Amo tanto esses livros, principalmente o primeiro, que foi como tudo começou. Fico feliz que você tenha curtido e te aconselho a cada livro lido, veja o filme correspondente. Eles são tão bons quanto. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, eu li HP \o/ Todos os anjos entoam Aleluia! Mô vai adorar essa sua ideia de ver os filmes, haha. Beijoos !

      Excluir
  10. Tu deixou passar alguns detalhes que fazem parte da história de HP e a pedra filosofal... Não citou que o Brasil é mencionado no primeiro livro. Harry descobre no seu 11º aniversário (eu sei que está na sinopse) que é um bruxo. Então ele não entra para Hogwarts com 10 anos como você deixou subentender. Você não citou Voldemort que é ponto chave na história assim como Harry. Hagrid é o guardião das chaves de Hogwarts e era amigo dos pais de Harry. Não citou Dumbledore. E não fez o resumo sobre a principal parte da história: pedra filosofal. Fizesse um resumo super básico da história e Harry Potter é muito mais do que isso. Entretanto, fico feliz em saber que você se rendeu aos livros! ahahahaha Boa leitura Bah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas fazer uma resenha não é citar todos os pontos da história, isso o leitor irá descobrir lendo o livro. Fazer uma resenha está em dar um breve resumo do livro e comentar sobre o seu ponto de vista, fazendo assim com que o leitor tenha vontade de comprar e ler a obra. Se eu contar tudo onde fica a surpresa? Pelo visto irei me apaixonar pela série, realmente. Beijos.

      Excluir
    2. Concordo em partes. Entretanto, fazer resenha é citar os pontos principais para exatamente despertar o interesse. Você não precisa contar tudo, mas você para mim, não contou nada Bah. E se eu não tivesse lido a história, não teria despertado o interesse em ler HP pela resenha. Você é uma excelente blogueira e é excelente em resenhas, mas nessa deixou muito a desejar. Não me leve a mal, sou sua amiga e essa crítica é construtiva.

      Excluir
    3. Mas eu acho que a resenha também é algo pessoal e eu devo citar o que é importante para mim na história. Eu, Barbara, lendo essa resenha sentiria vontade de ler o livro, já você pode não ter sentido. Claro que toda crítica é construitiva e super entendo o seu ponto de vista, mas acho que você está comentando como uma pessoa que já leu e releu a série, entende? Eu fiquei com um pé muuuuito atrás antes de publicar essa resenha, pois sabia que muitos detalhes haviam ficado de fora. Mas decidi publicar por que, como leitora de primeira viagem, gostaria que alguém que nunca leu a série me falasse sobre a leitura e não sobre a história, entende? Beijos!

      Excluir
  11. Entendi seu ponto de vista Bah e concordo com você em muitas coisas. Estamos aqui para isso né? Lendo, curtindo e aprendendo! Beijão.

    ResponderExcluir
  12. Esse livro foi o primeiro livro que eu li (isso quando ele estreou praticamente) e eu li ele em 1 dia, acredite, minha mãe teve que puxar de mim o livro pra eu comer, mas mesmo assim eu consegui terminar ele em 1 dia e já comecei o segundo pra terminar no outro dia também. Foi aquela coisa de "amor a primeira lida" HAHAHAHA
    Beijos ;*

    http://girlbeinggeek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo bem esse tipo de amor, haha. Acho que lá pro quarto livro eu estarei assim!

      Excluir
  13. Aleluuuiaaaaaaaa Bah kkk. Que maravilhosoooo que você conseguiu ler HP ;D Sua resenha ficou magnifica e na minha humilde opinião, qualquer um que leia vai ficar com vontade de além de assistir todos os filmes, ler as obras que são super ricas em detalhes e repletas de magia (literalmente) que J.K. coloca com maestria em cada página.
    Estou tão feliz por você e é necessário que eu diga novamente o quanto ameei a resenha #ameiasfotos rsrs, aliás o SEA arrasa né ;***

    Beijoooos,
    Lauro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe, Obrigada Laurito. Em breve trarei as próximas resenhas ;)

      Excluir
  14. Ainda não li HP e confesso que não tenho muito vontade de ler a série.
    Vi os dois primeiros filme e até gostei, e talvez eu termine de ver todos os outros mais futuramente.
    Achei essa versão da capa branca super bonita! Os únicos poréns são as folhas brancas e letras miúdas, que tendem a me cansar mais rapidamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso Pamela, mas como eu curti a leitura isso nem fez tanta diferença.

      Excluir
  15. Sou encantada pelo enredo de HP mas sempre acompanhei tudo pelo cinema! Comprei o box mas ainda não deu para começar a ler =S

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem pelo cinema acompanhei, o que é bom, já que minha imaginação voou lendo os livros!

      Excluir
  16. Ainda não li , e não tenho vontade de ler , um dia terei o box , e quem sabe kkkk posso ler :)

    ResponderExcluir
  17. Ainda não li os livros de HP , já assisti a alguns dos filmes , não sei se vou ler , irei ler futuramente .

    ResponderExcluir
  18. J. K. é simplesmente brilhante. A cada página que eu lia dos livros eu me perguntava mais e mais "Como é possível um ser humano ter tanto dom para inventar essas coisas?".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente o que eu pensei lendo esse livro, e olha que mal comecei.

      Excluir