14 de março de 2014

Tá Na Estante :: 'Entre o Agora e o Nunca' #188

POSTADO POR EM 14 de março de 2014

Oi, gente. Tudo bem?


Estou de volta com mais uma resenha. Dessa vez, trouxe minha opinião de um livro que se tornou um queridinho meu. Vamos conferir?!

Livro: Entre o Agora e o Nunca
Autora: J. A. Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 368
Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos. Narrado em capítulos que alternam as vozes de Andrew e Camryn, Entre O Agora e O Nunca é uma história de amor e sexo, na qual os personagens testam seus limites, exploram seus desejos e buscam o caminho que os levará à felicidade.

Em Entre o agora e o nunca somos apresentados à Camryn Bennett. Ela tem 20 anos, mas uma carga emocional muito grande. Constantemente enfrentava problemas. Pra começar, seu namorado e melhor amigo, Ian, morreu em um acidente de carro. Em seguida, seus pais se divorciaram. Pra terminar, seu irmão foi condenado a cinco anos de prisão por matar um homem ao dirigir bêbado. Cam tinha todos os motivos para desabar, mas após a morte de Ian, a menina parou de sofrer.



Até que num certo dia, Damon, namorado de sua melhor amiga Natalie há mais de cinco anos, se declara pra ela. Cam conta pra Natalie a verdade, querendo abrir os olhos da amiga, mas é tratada com raiva e desprezo. Isso foi a gota d’água para Cam, que decide pegar o primeiro ônibus pra qualquer lugar.

Com apenas alguns itens essenciais, Cam embarca em um ônibus com destino a Idaho (da Carolina do Norte até Idaho são quase 2.500 milhas). Em uma parada do ônibus no Kansas, Cam conhece Andrew Parrish. Andrew é um cara muito bonito que tenta se aproximar de Cam, mas a menina está fechada e não quer se abrir pra ele.

Andrew não desiste, até que consegue entrar aos poucos no mundo de Cam e eles criam um laço de amizade. No começo, nada muito interessante, mas depois de um tempo eles se tratam como amigos de infância. O problema é que cada um tem um objetivo: Cam quer simplesmente fugir, pra tentar esquecer suas angústias, enquanto Andrew está indo visitar o pai, que está morrendo. Logo eles devem se separar, mas isso é praticamente impossível agora que os dois estão se entendendo.

Andrew é sedutor e extrovertido, enquanto Cam é desconfiada e quieta. Devido a grande convivência e alguns acontecimentos na estrada, os dois criam uma confiança mútua, mesmo que não estejam prontos para se abrir um com o outro e contar seus segredos. 




Muito abalado com o estado do pai, mesmo não demonstrando, Andrew convida Cam para uma viagem. Sem destino nenhum, simplesmente pegar o carro e dirigir pelas estradas americanas, com muito rock clássico tocando no rádio. Nessa viagem os laços de Andrew e Camryn vão se estreitando e uma relação vai nascendo entre os dois, enquanto Andrew tenta despertar a sexualidade de Camryn e ao mesmo tempo tenta não se apaixonar por ela.

O livro é narrado em primeira pessoa, intercalando os pontos de vista de Andrew e Camryn. A escrita de J. A. Redmerski é leve e flui com uma naturalidade surreal. Camryn é uma personagem que me cativou muito, embora me irritasse com ela em alguns momentos. Ela tem suas fraquezas, mas não se deixa abater por elas. Também é uma garota muito madura pra sua idade. Andrew é um bad boy, mas diferente dos que estamos acostumados. Sim, ele é um tanto estourado e cheio de tatuagens, mas sempre coloca Cam acima dele e não é nada arrogante.



Algo que me prendeu muito na leitura foi a playlist da viagem. Cada vez que uma música era citada, eu corria pro YouTube pra ouvir e muitas foram pra minha lista de favoritos. Aqui embaixo vou deixar algumas músicas que tocaram no decorrer do livro.

Entre o Agora e o Nunca superou Belo Desastre no ranking de New Adults favoritos. Não vejo a hora de ler Entre o Agora e o Sempre, que sai em Abril pela Suma de Letras. Recomendo esse livro a todos!
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

20 comentários:

  1. como sempre a suma letra conseguiu publicar um livro lindo , beijos
    @livroazul
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Se superam a cada livro lançado ;)

      Excluir
  2. ESSE LIVRO DEVE SER SENSACIONAL!!!! QUERO MUITO VER E ME IDENTIFIQUEI MTT

    Conheça o meu blog beijos

    http://blondinsecrets.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Heey Bah
    É tão bom quando retomamos um livro e gostamos tanto né (:
    Eu sou louco pra ler Entre o Agora e o Nunca, e tenho uma amiga que esta surtando pra abril chegar e lançar Entre o Agora e o Sempre kkk.
    Eu acho a premissa do livro bem interessante e como já li resenhas o bastante, basta tomar vergonha e ler a obra de vez rsrsrs *-----*

    Beijooos,
    Lauro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom mesmo, Lauro. Acredito que você vai curtir muito ;)

      Excluir
  4. Amo esse livro!! Tem uma história bem envolvente mesmo!
    Estou ciriosa sobre o segundo livro. Vamos aguardar o lançamento (a tortura de todo leitor!).

    Beijinhos!
    http://citacaonumclick.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tá chegando <3 Realmente é uma história ótima.

      Excluir
  5. Nossa que legal hein, adoro quando os livros possuem uma playlist maravilhosa, eu ainda não li ao livro, mas quero muito, eu não sabia que Cam tinha perdido tanta coisa, nossa que coisa hein, menina mais azarenta, deve ter sofrido muito, eu não sei se aguentaria, mas é claro que sempre tem que ter um bonitão para salvar o dia, espero poder ler o livro em breve.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor. Espero que curta a leitura ;)

      Excluir
  6. Acho que sou a unica pessoa nesse mundo que quer muuuuuuuuuuuuuitíssimo ler esse livro e não consegue haha e sua resenha só me deixou com mais e mais vontade de ler esse livro , ameeei !1

    Beijos , Anna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehe, Obrigada Ana, espero que possa ler em breve ;)

      Excluir
  7. eu gosto da capa desse livro.
    gostei da resenha bah. mas to na duvida as vezes se leria, não só pq a fila ta grande, mas pq acho q no momento nao me interessa mt a leitura.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma história que vale a pena investir, mas se não está no momento nem é bom tentar insistir, pode perder o gosto de uma leitura que, em um momento mais propício, seria prazerosa ;)

      Excluir
  8. Engraçado que escuto falar desse livro já faz mais de 1 ano e até hoje eu nunca o li. Talvez por não curtir muito o gênero e ter receio de me decepcionar, mas sei que a maioria que lê ama. Então Mirelle, por que não lê-lo? hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A pergunta que não quer calar, Mi. Porquê não?

      Excluir
  9. Ainda não li, mas depois dessa resenha será o próximo da lista.
    @P_Impressoes
    http://minhasprimeirasimpressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já tive a oportunidade de ler esse livro e preciso dizer que me surpreendi. Não sou fã do gênero, mas estou doido pelo segundo livro. Adorei a resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Este livro é muito bem falado. Sua resenha ficou show.

    ResponderExcluir
  12. Como falei, é dificil um livro do gênero me agradar MUITO. A maioria é decepção, mas como muitos recomenda este, vou tentar dar uma chance =)

    ResponderExcluir