Olá pessoal, tudo bem?

Depois de inúmeras tentativas (falhas) de resenhar O Códex dos Caçadores de Sombras da maneira convencional, eu decidi que seria extremamente mais fácil e rápido expressar minhas opiniões através de um vídeo.


AUTOR(A): Cassandra Clare
TÍTULO ORIGINAL: The Shadowhunter’s Codex
SÉRIE: Os Instrumentos Mortais – As Peças Infernais
VOLUME:
EDITORA: Galera Record
PÁGINAS: 462
SINOPSE: A Clave tem o prazer de anunciar a mais nova edição no mais antigo e famoso manual dos Nephilim: o Shadowhunters’ Codex. Desde o século XIII, o códex vem sendo o mais jovem amigo de todo Caçador de Sombras. Quando você está cercado por demônios, é muito fácil esquecer os pontos mais obscuros da linguagem demoníaca ou a maneira mais rápida de parar um ataque de demônios Raum. Com o códex, entretanto, você nunca vai precisar se preocupar.
Agora em sua vigésima sétima edição, o codex abrange tudo: a história e as leis do nosso mundo; como identificar, conviver com, ou se preciso, matar a maioria dos coloridos habitantes deste mundo; qual ponta da estela você deve usar para se marcar. Suas tentativas de matar um vampiro ou um feiticeiro não serão mais atrasadas por intermináveis perguntas de seus recrutas: O que é um Pyxis? Por que não usamos armas de fogo? Se não posso ver um símbolo de um feiticeiro, há alguma forma educada de perguntar a ele onde a marca está? Onde conseguimos toda nossa água benta? Apostilas de geografia, história, magia e zoologia, todas juntas em uma só, o codex está aí para ajudar novos Caçadores de Sombras a navegar no belo, às vezes brutal, mundo que habitamos.

Se gostarem de resenhas em vídeo deixe nos comentários e gravaremos mais vezes 😉

***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

12 Comentários

  • Fernanda Mendonça
    01 maio, 2014

    Eu tenho uma relação de amor e odio com essa série! :/

    Tipo, enquanto eu lia eu gostei, mas o final do primeiro livro me deixou com tanta raiva que eu parei de ler a série hahahaha
    Pretendo voltar a ler um dia, mas…

    Anyway, adoro quando eles fazem essa diagranação diferente (as paginas velhas, as 'escritas' e tal 😛

  • Andréia Renata
    01 maio, 2014

    Eu até gosto de resenhas em vídeo, mas estou sem PC no momento e visualizar vídeos pelo tablet com a minha internet não da certo já que os vídeos não chegam nem a abrir :/ acho interessante fazer como a Pam do Garota It faz, ela faz uma resenha em vídeo e outra escrita, e na maioria das vezes ambos tem o mesmo conteúdo.

    • Anônimo
      01 maio, 2014

      Das próximas vezes farei assim, obrigado pela dica 😀

  • Lauro Moura
    30 abril, 2014

    Heey Well !
    Atualmente este livro esta muito comentado na blogosfera.
    A Editora Galera Record soube trabalhar muito bem com estética do livro e por algumas resenhas que já li, a estória também não deixa nada a desejar *—*

    Beijoos,
    Lauro.

    • Anônimo
      01 maio, 2014

      Ele está bem em evidência, e a Galera soube trabalhar bem (na medida do possível).

  • Mirelle Candeloro
    30 abril, 2014

    Oi Well, fiquei doida nesse livro só pelo trabalho gráfico que a Galera fez nele. Eu nunca li a série, então sei que ficaria perdidinha. A Dany leu, mas sentiu falta de um algo mais. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

    • Anônimo
      01 maio, 2014

      Eu senti isso até o segundo livro, mas no 3º já preenchi esse algo a mais. rs.

  • rafaela
    29 abril, 2014

    Eu sou apaixonada pela série Instrumentos Mortais *u*
    Faz tempo que eu quero ler Peças Infernais, mas agora estou ainda mais louca pra ler tudo da autora. Estou vendo tanta gente falar desse livro, e ele é tão lindooo! Já preciso dele *-*
    Beijos

    • Anônimo
      29 abril, 2014

      Eu confesso que já tentei ler The Infernal Devices algumas vezes, mas sempre desisto, não consigo me prender, mesmo com todo mundo falando ser bem melhor. Mas leio eles antes de ler o último da série.