Olá pessoal, lembram daquela autora que eu recentemente apresentei aqui no blog? Pois é, eu já devorei o livro e estou aqui para contar o que eu achei de A Garota da Casa Grande, vamos lá?

AUTOR(A): Amanda Marchi
TÍTULO ORIGINAL:
SÉRIE:
VOLUME:
EDITORA: Novo Século
PÁGINAS: 111
SINOPSE: O livro A garota da casa grande é narrado por sua personagem principal, Georgia, que, sarcástica e ironicamente, apresenta-nos seu mundo através de seus belos olhos azuis. Presa na casa de sua avó em uma cidade pequena, onde não há nem ao menos um shopping, ela se vê em uma rotina monótona até conhecer Alice, sua vizinha não-da-frente-mas-da-diagonal.
Um romance, sobretudo, entre seres humanos, que lutam contra o preconceito da cidade pequena e de si mesmas.

Georgia, uma garota de 17 anos, moradora da cidade grande e sarcástica muito sarcástica , costuma passar suas férias com sua vó e sua tia em uma cidadezinha no interior, sem tv a cabo, sem amigos e aparentemente sem uma razão sensata para aquelas férias. Seu tempo é dividido entre seus livros e Max, seu Golden Retriever dourado.

Além disso só haviam três coisas que chamavam a atenção da garota naquele cidade, a grande igreja (que aparentemente era a única coisa grande do lugar), a sua ‘massa’ diária a grande casa verde da frente, não exatamente da frente e sim da diagonal. Uma casa elegante e que destoava completamente da paisagem da cidade.

Tudo isso muda durante um passeio rotineiro com Max. Georgia conhece Alice, uma garota baixinha, com olhos extremamente verdes e coincidentemente a garota da casa grande, que é completamente o seu oposto. Enquanto Georgia prefere passar seu tempo deitada e lendo, Alice adora tirar seu tempo para dar aquela corrida ao redor da cidade.

Georgia ainda não sabe, mas suas férias acabam de tomar um rumo completamente diferente. Juntas elas irão vivenciar diversas emoções, enfrentar preconceitos e tentaram ultrapassar diversas barreiras.

O livro A Garota da Casa Grande trás para os leitores assuntos que estão em alta nos dias atuais e presentes na vida de muitos jovens: homossexualidade e drogas. Porém mesmo abordando temas consideravelmente ‘tensos’, o livro consegue tratar tudo de uma maneira muito leve, deixando a leitura extremamente agradável.

Por conter apenas 111 páginas a história do livro não corre, ela voa. O que pode ser considerado um ponto negativo levando em conta que as ações não conseguem ser muito bem trabalhadas, afinal, descrever um mês de acontecimentos dramáticos em 111 páginas é um tarefa muito difícil.

A obra consegue mostrar que um romance homossexual também flui com tanta naturalidade quanto um romance entre um homem e uma mulher, já que não encontramos aqueles dramas homossexuais mirabolantes que só acontecem na cabeça das pessoas.

Além da história entre as duas garotas, também temos uma secundária entre Georgia e sua vó, que mesmo sendo bem elaborada poderia ser melhor explorada. Assim como acontecimentos próximos ao fim do livro, que poderiam muito bem ser extremamente impactantes e inteligentes mas que acabam deixando a desejar.

A diagramação do livro é extremamente simples e a capa é extremamente perfeita, porém uma coisa que realmente deixou a desejar foi a revisão, algo muito comum eme livros publicados pelo selo Novos Talentos. Podemos encontrar alguns erros durante toda a leitura do livro e até presenciamos uma ligação de uma pessoa para ela mesma oi?.

O livro é realmente muito bom e merece ser lido por todo mundo, porém insisto em bater na mesma tecla e dizer que umas 200 páginas a mais poderiam ser muito bem utilizadas.

O que acha de levar um exemplar para casa?

Como nada é tão bom que não possa melhorar, o blog irá sortear um exemplar de A Garota da Casa Grande e um marcador de páginas do livro. Para participar, basta preencher o formulário abaixo e torcer os dedos.

a Rafflecopter giveaway

Boa sorte a todos e até mais!
***

Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

24 Comentários

  • Douglas Fernandes
    05 junho, 2014

    Não sabia que o livro abordava esses assuntos, mas gostei muito da sinopse e deu muita vontade de ler, e parece ser um livro que vc lê em poucas horas.
    Participando quem sabe eu esteja com sorte 😉
    Douglas Fernandes
    douglas_bouvier@yahoo.com.br

  • Raquel Pereira
    04 junho, 2014

    A história parece bem interessante, principalmente porque parece que ambas as personagens tem algo para ensinar uma a outra.
    Fiquei bem curiosa pra ler.

    Bjok

  • Dani Kaulitz
    03 junho, 2014

    Parece ser uma leitura muito rápida e cativante, muito bom ver os autores trabalhando para acabar com o preconceito em relação á relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo na literatura. O enredo me deixou curiosa e concordo que essa capa é mesmo linda, fiquei com vontade de ler. 🙂
    Participando do sorteio 0/
    Nome: Daniela Silva

  • Milena Soares
    28 maio, 2014

    O livro parece ser ótimo, fiquei bastante interessada em ler!

  • camila rosa
    16 maio, 2014

    Oi, que bom que você gostou do livro, eu tenho ele para ler, acho que será minha próxima leitura, ele é bem fininho mesmo, eu não sabia que se tratava de uma historia lésbica, mas espero gostar do livro.
    Beijos!!!!

  • Alice Aguiar
    14 maio, 2014

    confesso que achei a capa desse livro bem feinha, se fosse só pela capa já não ia ler. mas pela história em si que parece ser interessante eu daria uma chance quem sabe!

  • Mirelle Candeloro
    13 maio, 2014

    Oi Well, confesso que o livro não me chamou atenção. Não é meu assunto favorito, mas valeu a dica. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

    • Anônimo
      13 maio, 2014

      Ah, que pena flor. Mas mesmo sendo um livro com um assunto que pode não agradar muita gente, a história é apresentada de uma forma tão única que acaba fazendo com que o livro seja agradável a todos os tipos de leitores.

      Espero que mude de ideia e resolva lê-lo. rs.

      Beijos.

  • Ieda Cavalcante
    12 maio, 2014

    Nossa que legal, nunca li um romance lésbico, e apesar desse ter dado uma corridinha me interessei bastante por ele. Quero saber como a autora passa a história para os leitores.
    Gostei muito, espero conseguir lê-lo o mais rápido possível.
    Bjs!
    ieda.cavalcantee@hotmail.com

  • Garota Literary
    12 maio, 2014

    Adorei a resenha estou louca para conhecê-lo!
    Paullyanne Sobreira
    garotaliterary.blogspot.com.br

  • Anna Canedo
    12 maio, 2014

    Antes de qualquer coisa,quando li esse titulo só conseguia pensar em um romance de época , principalmente devido por causa da ideia de casa grande / senzala hahahha. Eu gosto bastantes de livros com uma pegada mais atual e que trabalha/ problematiza temas tão recorrentes na nossa sociedade e isso faz com que esse livro seja interessante aos meus olhos . Por ultimo , essa lance de páginas é tãooooo frustrant, já li dois livros que tinham tudo para serem ótimos , mas que pelo numero de paginas acabam adiantando alguma coisa e transformam o fim em algo que podia ter sido melhor.
    Enfim , gostei e já anotei o livro para dar uma olhadinha mais para frente haah..
    Beijos , Anna

    • Anônimo
      13 maio, 2014

      Essa segunda parte do seu comentário definiu perfeitamente o que eu senti após terminar a leitura.

  • Dryh Meira
    12 maio, 2014

    Oiee ^^
    Nossa, que livro pequeno…rsrs' faz tempo que não pego um livro assim *-*
    Não conhecia, mas achei bem legal a história, parece ser divertido.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    • Anônimo
      13 maio, 2014

      Sim, é uma leitura muito simples que vai fazer você se divertir em alguns pontos e refletir bastante em outros.

  • Bell Iakovenko
    12 maio, 2014

    É praticamente um livreto! rsrs. Não sabia que era um livro tão curto. Imagino que deve ser bem resumido mesmo, mas ano passado li um livro super curto e nem por isso era ruim. Legal os temas tratados no livro, ja tinha visto a capa dele por ai, mas nem imaginava do que se tratava. Vou procurar para ler

    Beijos
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com.br/

    • Anônimo
      13 maio, 2014

      Ruim eu posso te garantir que não é, por isso mesmo meu desejo por algumas páginas a mais. rs.

  • Rosacarla Madeira Franco
    12 maio, 2014

    Nossa parece muito bom, q tipo de preconceito as meninas sofrem?
    É um romance lésbico?
    Parece interessante

    • Anônimo
      13 maio, 2014

      Sim, é um romance lésbico. Os preconceitos sofridos por todos os gays diariamente.

  • Natalia M
    12 maio, 2014

    Já estava querendo esse livro a algum tempo. A pesar de curto, gosto dessas histórias de passar o tempo, é bom para distrair depois de uma leitura mais pesada.
    Participando, nunca tenho sorte, mas né
    Beijos!

    http://desfocandoideias.blogspot.com

    • Anônimo
      13 maio, 2014

      Um ótimo livro para ser no intervalo entre dois livros pesados. Boa sorte, flor.

  • Rízia Castro
    12 maio, 2014

    Amei o livro!
    Parece ser um daqueles ótimos de ler!
    Espero ganhar!
    Beijinhos
    Rizia – Livroterapias