17 de junho de 2014

Tá Na Estante :: 'Despertar' #243

POSTADO POR EM 17 de junho de 2014

Oi, gente. Tudo bem?


Estou de volta com outra resenha. Dessa vez vim contar pra vocês o que achei de um livro que foi baseado em uma das minhas séries favoritas. Vamos conferir?!

Livro: Despertar
Série: A Once Upon a Time Tale
Autora: Odette Beane
Editora: Planeta
Páginas: 302
Sinopse: Emma Swan sabe muito bem como se virar sozinha. Ela foi abandonada quando ainda era um bebê e a vida não tem sido exatamente um conto de fadas para ela. Quando o filho que ela abandonou anos atrás a encontra tudo se tornará ainda mais complicado. Henry tem 10 anos agora e acredita que a mãe tenha nascido em um mundo alternativo mágico e que, seja a filha desaparecida da Branca de Neve com o Príncipe Encantado. Emma não acredita em uma palavra, mas de acordo com Henry, ela é a única que pode quebrar a maldição, jogada pela Rainha Má, e que afeta todos os personagens dos contos de fadas. Eles estariam presos na nossa realidade, na cidade de Storybrooke, sem seus poderes mágicos e sem qualquer lembrança de quem realmente são.


Pra quem ainda não sabe, o que acho bem dificil, Despertar foi baseado na série de Tv da ABC, Once Upon a Time. Eu adoro a série, mas hoje vim falar do livro, então contarei sobre ele ignorando os acontecimentos da série.

O livro narra a história de Emma. Ela foi abandonada pelos pais na beira de uma estrada quando era apenas um bebê. Atualmente trabalha como investigadora, indo atrás de homens que abandonam suas respectivas famílias.

No dia do seu aniversário de 28 anos, Emma recebe uma visita inesperada. Em sua porta está Henry, um menino de 10 anos que alega ser o filho que a moça entregou para a adoção anos antes. Meio incerta quanto ao que o menino diz, Emma resolve leva-lo de volta para sua mãe adotiva, na cidadezinha de Storybroke. Quando conhece Regina, Emma sente uma antipatia logo de cara pela prefeita.
O objetivo de Emma era deixar Henry em casa e voltar para Boston, mas o apego ao menino e a atitude de Regina para com ela fazem-na tomar a decisão de ficar.



Emma cria um laço forte com Henry, mas estranha algumas atitudes do menino. Ele alega que a mãe biológica é filha de Branca de Neve e do Príncipe Encantado e será a grande salvadora dos personagens de contos de fadas que estão presos em Storybroke devido a uma maldição jogada por Regina, a Rainha Má.
Acreditando que Henri sofre de algum distúrbio mental, Emma começa a fingir que acredita na história do garoto e sua aproximação aumenta a ira de Regina, que fará de tudo para destruir a rival, sem medir a consequência de seus atos.

Narrado em terceira pessoa, o enredo de Despertar se alterna entre a vida atual, em Storybroke, e o passado, no Reino Mágico, assim como na série. Odette Beane tentou adaptar a série para um livro e isso não foi muito inteligente. A autora tirou os principais eventos da primeira temporada e passou para as páginas, mas pra quem não acompanha a série, algumas coisas não se encaixam e a narrativa fica monótona.

Outro pecado foi a falta do enfoque em personagens importantes e muito queridos, como Regina e Rumpelstiltskin. Suas aparições foram rápidas e não evidenciaram o potencial dos personagens.
Enquanto isso, a amizade de Emma com Mary Margaret, a Branca de Neve, tomou conta do livro e preciso confessar que pulei algumas páginas de diálogos mimizentos entre elas.

Em suma, Despertar foi feito para fãs da série e sei que muita gente esperava que tratasse de assuntos não abordados na tv, tendo em vista que eu era uma dessas pessoas. Infelizmente, não foi nada disso, mas o livro não decepciona. Deixo minha recomendação para os fãs de OUAT e para aqueles que queiram se arriscar antes de começarem a assistir a série.

BEIJOS E ATÉ A PRÓXIMA!
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

10 comentários:

  1. Talvez o livro eu leria, pois a serie eu não consigo assistir. Não sei porque parece ter tão boa e eu não consigo :( Talvez o livro me daria algumas explicações, pois por não ser fã e não assistir eu não ficaria tão perdida e acompanharia mais... Ótima resenha! Vou ver se leio o livro.

    ResponderExcluir
  2. Eu amo essa série, estou começando a terceira temporada, mas não sinto vontade de ler o livro. Acho que li o livro A Branca de Neve e o Caçador, que foi baseado no filme, que por sinal eu assisti antes de ler, e tipo não quase nada inovador, ou detalhado, como os livros que vão parar no cinema tem sabe? Então acho que essa combinação de tv/cinema para livro não costuma ser muito boa. A menos que o autor coloque mais detalhes no livro né, coisa que filme/tv (na maioria das vezes) não conseguem transmitir tão bem assim.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que legal, eu gosto da série mas nunca tive a oportunidade de ler os livros.
    Achei a capa muito legal!
    Se puder dá uma passadinha lá no meu blog, por favor?
    O link é http://entrelinhasdasestrelas.blogspot.com.br/
    Obrigada, beijos! :)

    ResponderExcluir
  4. Não assisto a série, tinha curiosidade quanto ao livro, mas desanimei faz um tempinho, e sabendo que pra quem não acompanha a série algumas coisas não se encaixam, mais ainda, rs. Livros baseados em séries/filmes não costumam dar muito certo mesmo.

    ResponderExcluir
  5. OUAT é minha serie favorita, entao, assim que lançou, comprei logo o livro. Tenho que confessar que tambem me decepcionou em algumas partes, acho que eu n leria de novo nao :/ senti saudade de saber das historias dos outros personagens que sao tao importantes na serie! a historia se prendeu a narrativa de duas personagens e n deveria ter sido assim, deveria ter feito cada capitulo narrado por um personagem :/

    ResponderExcluir
  6. Oi Leonardo,
    Eu já assisti a vários episódios da série (mas não sou fã assídua e não assisti todos os episódios) e tenho uma amiga que não perde nenhuma novidade sobre Once Upon, então já sei a história toda, rs, e por isso fiquei bem ansiosa quando soube desse lançamento, mas achei um pecado por parte da autora não ter dado enfoque para vários acontecimentos importantes e por não ter abordado outras coisas, essa foi uma crítica que já li em várias resenhas. Mas mesmo assim irei ler esse livro e espero não me decepcionar muito.

    Beijo,
    Andréia - StarBooks

    ResponderExcluir
  7. Eu adoro a série da TV, apesar de ter visto apenas alguns episódios da primeira temporada. Que pena que a autora tentou fazer um livro da série, mas excluindo muita coisa, é lógico que isso não cola.

    Bjok

    ResponderExcluir
  8. Leo!
    Assisto a série e acompanho direitinho e claro, ler um livro baseado na série, é interessantíssimo.
    Só fiquei riste porque gosto do Rumpelstiltskin e no livro não foi dado tanta ênfase a ele, mas fazer o que né? Fãs aceitam as versões modificadas...kkk
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Leo,
    sou muito fã da série e com certeza vai ser uma das minhas futuras leitura,pois o livro contém muito mais detalhes que a série e é também um complemento maravilhoso para quem é fã,assim como eu...hehehe
    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Leonardo, tudo bem?
    Li esse livro há pouco tempo, também sou super fã da série e concordo plenamente com a sua opinião. Achei o livro bem pobre para uma série tão sensacional!
    Eu recomendei esta resenha na mina postagem sobre o livro, caso queira dar uma conferida: http://paraisodaleitura.blogspot.com.br/2015/01/a-once-upon-time-tale.html
    Até as próximas resenhas!

    ResponderExcluir