5 de junho de 2014

Tá Na Estante :: " Me Liga " #236

POSTADO POR EM 5 de junho de 2014

Hey galerinha!

Tudo certo com vocês? Prontos para a resenha de hoje? O livrinho da vez é uma cortesia da editora Galera Record e se chama Me Liga. Vamos descobrir um pouquinho mais sobre ele?


Título: Me Liga
Autora: Sarah Mlynowski
Editora: Galera Record
Páginas: 320
Sinopse: Aos 17 anos, a vida de Devi está de pernas pro ar. Depois de começar a namorar Bryan, negligenciou as amigas, os estudos e, depois que ele terminou com ela, está sem nada: sem perspectiva de uma boa faculdade, sem mais amigas, sem namorado. Se ela pudesse bater um papo com a Devi do passado... O que, após um incidente estranho com seu celular, é exatamente o que pode fazer! Agora que só consegue ligar para a Devi de 14 anos, parece que é finalmente a sua chance de consertar a própria vida. Ela tem o passado – ou melhor, o futuro – nas mãos. É só dar um telefonema. 

Esse foi um dos raros casos em que escolhi um livro pela sinopse e não pela capa. Até porque, a capa nacional de Me Liga é bem sem graça, não é mesmo? Mas quando li a sinopse, imediatamente fiquei com vontade de lê-lo. Afinal, quem não gostaria de falar com o seu "eu" mais jovem?

Em Me Liga, conhecemos Devorah "Devi" Banks, uma garota de 17 anos que acabou de ver toda a sua vida desmoronar. Seu namorado acaba de terminar com ela, suas notas são tão baixas que não existe a possibilidade de ir para uma boa faculdade e não tem mais amigas. É a típica adolescente que acha que tudo de ruim só acontece com ela e fica se perguntando "Porque eu?".

Então, após um acidente envolvendo seu celular e uma fonte do shopping, ela começa a ligar para seu eu de 14 anos! Devi vê nisso a chance de mudar todo o curso da sua vida, modificando pequenos atos que fez no passado.

Já dá até de imaginar a confusão que essas duas aprontam, não é mesmo? Cada ação, cada pequena coisa que a Devi do passado faz, afeta a realidade da Devi do futuro. E digamos que alguns desses atos não saem bem como planejado!

A princípio, fiquei bem receosa de ler o livro quando vi que foi publicado sob o selo Galera Júnior. Mas quando finalmente comecei a lê-lo, fui totalmente envolvida pela narrativa da Sarah. O escrita foi perfeita para a proposta do livro, leve e envolvente.

Os capítulos são intercalados com narrativas da Ivy (nome designado para a Devi de 17 anos) e da Cal (Devi de 14 anos), assim podemos acompanhar de perto as decisões da Cal e saber como isso irá afetar seu futuro, ou seja, o presente da Ivy.

Não sei porque, não não consegui gostar muito da personagem em sua versão mais velha. A Ivy é chata, mandona, reclama de tudo e acha que o mundo tem que girar ao seu redor. Já a versão mais nova, Cal, é meiga e bem mais humilde. Só senti falta de um pouco de iniciativa e imposição por parte dela para com a Ivy. Afinal, não é porque as duas são a mesma pessoa que ela não merece tomar suas próprias decisões.

Bryan, o namorado que termina com a Devi do futuro, é um doce de pessoa. É o típico adolescente/atleta americano que é o sonho de todas as garotas. Não entendi porque a Devi fez um alarde tão grande sobre o término dos dois, já que a razão para o mesmo é perfeitamente aceitável. Isso só me faz gostar um pouco menos da versão mais velha.

O final foi muito bem trabalhado pela autora e devo dizer que não senti falta de nenhum elemento. Recomendo o livro para quem gosta de leituras leves e rápidas, afinal, finalizei a leitura em menos de 24 horas!

Agora me despeço de vocês na esperança de ter conseguido despertar a curiosidade de vocês. O que acharam? Me contem tudo nos comentários!

Beijinhos e até a próxima

***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

7 comentários:

  1. Parece ser bem interessante. Confuso, mas interessante! Também sou do tipo que procura o livro pela capa e se dependesse dessa eu não leria!
    formula-amor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu acho a capa desse livro simples, mas ao mesmo tempo bem interessante.
    Adorei a resenha. Imagina a confusão que poderia acontecer se pudéssemos ter contato com nosso eu mais jovem, com certeza faríamos muitas coisas de forma diferente né?
    Fiquei bem curiosa pra conhecer os impactos das ações na vida da personagem.

    Bjok

    ResponderExcluir
  3. eu gosto da capa desse livro ^^
    ah cara não sei se leria, li uma resenha esses dias q tocou em alguns pontos desse livro q me fez repensar se leria ou n
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente, acho q nao lerei esse livro nao :/ realmente parece uma historia divertida, mas para um publico mais novo. acho q estou tao sem tempo de ler que tenho que escolher a dedo e ter certeza q a historia irá me cativar kkk

    ResponderExcluir
  5. Nathália!
    Fiquei na dúvida se é um romance ou um chick lit um tanto adolescente...
    Geralmente gosto dos livros juvenis por serem descontraídos e achei na resenha o livro um tanto mais sofrido.
    Não sei...fiquei na dúvida.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Nathália eu me interessei por esse livro desde que li a sinopse do livro em inglês no goodreads e assim que vi que ele seria lançado no BR já tratei de adiciona-lo a minha lista de desejados. Essa é a primeira resenha que leio de Me Liga e gostei de ela ter sido positiva e de vc ter comentado os aspectos que não gostou.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nathália,
    Achei a capa simples,ms é bacana.Gostei também da sua resenha,alias não é a primeiro que leio sobre esse livro,mas realmente esse tipo de estória não faz muito meu gosto literário.
    Abraços

    ResponderExcluir