3 de junho de 2014

Tá Na Estante :: 'Os Três' #234

POSTADO POR EM 3 de junho de 2014

Oi, gente. Tudo bem?


Faz tempo que não apareço com resenhas aqui e hoje vim mudar isso trazendo a minha resenha sobre um livro que tem gerado bastante divergência de opiniões na blogosfera recentemente. Vamos conferir?!

Livro: Os Três
Autora: Sarah Lotz
Editora: Arqueiro
Páginas: 400
Sinopse: Quinta-Feira Negra. O dia que nunca será esquecido. O dia em que quatro aviões caem, quase no mesmo instante, em quatro pontos diferentes do mundo. Há apenas quatro sobreviventes. Três são crianças. Elas emergem dos destroços aparentemente ilesas, mas sofreram uma transformação. A quarta pessoa é Pamela May Donald, que só vive tempo suficiente para deixar um alerta em seu celular: Eles estão aqui. O menino. O menino, vigiem o menino, vigiem as pessoas mortas, ah, meu Deus, elas são tantas... Estão vindo me pegar agora. Vamos todos embora logo. Todos nós. Pastor Len, avise a eles que o menino, não é para ele... Essa mensagem irá mudar completamente o mundo. 

Minha atração inicial pelo livro se deu pela capa. Amei o ar sombrio e a simplicidade do design. Quando vi que era um lançamento mundial, fiquei mais animado ainda. Pedi pra Barbara solicitar o livro para mim, com as expectativas lá no alto. O livro não foi nada do que eu esperava. Pelo contrário, foi muito melhor!

A narrativa se inicia quando quatro aviões caem em quatro lugares diferentes no mundo, deixando apenas quatro sobreviventes. Entretanto, Pamela Donald morre logo em seguida, mas deixa uma mensagem misteriosa em seu celular que muda o rumo dos acontecimentos. Com isso, restam apenas três crianças sobreviventes. Bobby, Hiro e Jess, que passam a ser conhecidos como Os Três.

O que era pra ser um milagre se torna uma confusão. Podemos ver a imprensa publicando matérias sensacionalistas e a Igreja anunciando que o fato de essas crianças terem sobrevivido ao acidente seria o primeiro sinal do apocalipse, onde os justos e tementes a Deus seriam levados para o Céu, enquanto os sem fé padeceriam nas mãos do Anticristo. Essas declarações fazem com que o caso tome proporções enormes e se torne o assunto mais polêmico da história.

Os Três é sem sombra de dúvida muito diferente de qualquer outro livro que eu tenha lido, uma vez que a narrativa é feita através de relatos publicados na obra “Da Queda à Conspiração”, de Elspeth Martins. Em seu livro, Elspeth fala sobre a tragédia e toda a polêmica que se iniciou após o acidente. Também é possível conferir entrevistas de pessoas que foram afetadas pelo fenômeno d’Os Três

O livro é dividido em várias partes, em algumas temos os relatos da vida das crianças após o acidente, informando sobre como seus parentes estão se virando para cuidar delas e sobre o ataque da imprensa em cima deles e tudo mais. Em outras partes acompanhamos as teorias sobre como as crianças sobreviveram ao acidente, que vão desde o início do Apocalipse, como citei antes, até o fato de elas serem alienígenas ou estarem possuídas pelo demônio.

O fato de Sarah Lotz ter usado essa forma de narrativa um tanto complexa fez com que eu demorasse a engatar na leitura. Porém, depois que me acostumei, não consegui largar o livro e passei a encará-lo como se todos os acontecimentos fossem reais, pois a autora conseguiu introduzir diversos fatores que nos fizeram acreditar que tudo pode acontecer quando menos esperamos.

As partes onde a convivência das crianças com seus parentes era abordada foram, sem dúvida, as mais interessantes, visto que após o acidente elas estavam diferentes e seus familiares já não as reconheciam e, em alguns casos, ficaram com medo dessa mudança. A relação de Jess com o tio foi a mais surreal. Paul sofreu de alguns transtornos mentais quando mais jovem e as atitudes de Jess o faziam duvidar de sua própria sanidade. Confesso que sentia medo da menina. Ela dizia cada coisa estranha e assustadora que não sei como Paul pôde aguentar tanto tempo.

Outro ponto positivo de Os Três foi o fato de o leitor poder interpretar o livro de sua própria maneira. Não se pode afirmar com certeza se existe realmente algo de sobrenatural na sobrevivência das crianças ou se é só uma interpretação errônea dos fatos. Sarah nos apresentou diversas teorias e deixou o final em aberto, para que tivéssemos a opção de decidir no que acreditar.

Os Três é um livro perfeito que aborda temas polêmicos com muita habilidade, sem estereotipar ou ofender. Quem curte esse tema mais sombrio e misterioso vai gostar da história tanto quanto eu. Pode ser que muitos achem o livro uma doideira sem tamanho, mas leiam e tirem suas próprias conclusões. Eu com certeza recomendo.

*Este livro foi uma cortesia da editora Arqueiro.

***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

10 comentários:

  1. Oi Leonardo :)

    Senti que você realmente gostou do livro, não é para menos, pois deu 5 estrelas. Lerei até Agosto, espero gostar tanto quanto você. Abraços!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Leonardo!
    Macabro esse thriller, hein?
    Bom quando um livro deixa em aberto para usarmos a imaginação e nossas crenças na análise, nada fechado e tudo questionável.
    Gostei também do enredo e vou ver se consigo ler... um dia!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Todo mundo está falando que o livro superou as expectativas, e isso está me deixando curiosa, mas pensei que o livro seria sombrio de mais para mim.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. OMG! Eu quero muito esse livro! A cada resenha eu fico mais ansiosa para lê-lo! Ótima resenha. Tu quase me deu um susto no começo,mas graças a Deus foi só um susto!
    Formula-amor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Leonardo!
    "Os Três" é muiito bom, um pouco macabro, mas muito bom mesmo. A maneira como a Sarah nos narra os fatos sem dúvidas é incrível e a forma como ela abordou a pressão psicológica dos personagens também é interessante.
    Jess é sinistra, né?

    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Que resenha fantástica Leo, enquanto lia, ia me recordando de tudo que senti ao ler Os Três. Até deu vontade de reler o livro. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, desde que os três foi lançado, a sinopse já me deixou super curiosa pra ler o livro. E agora, a cada resenha que leio, aumenta ainda mais a minha vontade de ler.
    Sua resenha então. Fiquei super curiosa pra conhecer melhor a história, descobrir essas mudanças que assustam os familiares das crianças que sobreviveram ao acidente e tirar as minhas conclusões no final.

    Bjok

    ResponderExcluir
  8. Voce realmente adorou o livro neh, mas eu vejo que eu n leria kkkk enquanto vc ja se empolgou a partir da capa, eu ja decidi q n leria a partir dela kkkkkkk e depois de ler a resenha, que estava muito boa, eu tive certeza que o livro nao é pra mim! mas sem duvida alguma deve ser uma historia unica e impressionante! vou pedir pra alguma amiga ler e me contar detalhes do livro kkkkk

    ResponderExcluir
  9. Fiquei curiosa pqra saber mais detalhes, mas não senti vontade de lê-lo, sabe? Acho que vou ver se algum amigo leu/lerá e pedirei a narração da história toda com direito a spoilers e se eu realmente me interessar daí eu leio ;) e a capa mesmo sendo simples ficou mt instigante.

    ResponderExcluir
  10. Oi Leonardo,
    Gostei bastante da sua resenha.Esse livro tem dado o que falar ultimamente,tem gente que ama e outros que odeiam...rsrsr',eu particularmente achei ele mais com clima de suspense do que terror,apesar de algumas pessoas falarem que mal conseguiam dormir apos a leitura achei bem normal.

    ResponderExcluir