22 de julho de 2014

Tá Na Estante :: 'Os Deuses do Futebol' #261

POSTADO POR EM 22 de julho de 2014

Heey gente, tudo bem??


Olha eu aqui para fazer resenha do conto de uma grande amiga pra vocês. Adoro a Mirelle, do Recanto da Mi, e quando ela me pediu para resenhar o primeiro conto publicado dela fiquei em êxtase \o/ Mi, muito obrigada pela confiança. Seu conto só tem um único problema: Não ser um livro de 500 páginas.

Livro: Aconteceu na copa
Conto: Os Deuses do Futebol
Autora: Mirelle Candeloro
Páginas: 8
Sinopse: "Janaína é uma maníaca por futebol. O esporte faz parte da sua vida desde sempre, mas o mesmo não pode dizer do amor. Depois de muito tempo a procura do namorado perfeito, conheceu Cadu, e resolveu marcar seu primeiro encontro num dos jogos da Copa do Mundo. Mas o destino resolveu lhe pregar uma peça e atrapalhar a sua vida. Será que uma greve de ônibus e um vizinho chato irão impedi-la de ser abençoada pelos Deuses do Futebol?"

Janaína é uma Barbara da vida. Vira macho quando o assunto é futebol. Mas quem não viraria quando sua vida gira em torno do esporte? Seus pais se casaram na Capela do Estádio Olímpico e lá mesmo ela foi batizada. Gremista até o último fio de cabelo, está à procura de um amor para ocupar seu coração meio tricolor, mas é claro que o boymagia não pode ser colorado ou argentino (amém, argentino não. Nem Bahia, por favor!).

Decidida a mudar o status de sua vida amorosa, ela marca seu novo encontro em um dos jogos da copa. Nossa arquirrival Argentina irá enfrentar a Nigéria #GoNigéria e ela irá se encontrar com o Cadu, um colega de trabalho que, ao que parece, é o completo oposto da Janaína... E que a diversão comece. Claro que ela imagina que nada possa dar errado, né? Afinal, que homem não quer um encontro em meio a um jogo de futebol? Assunto é o que não vai faltar.

Todos os autores de contos do livro \o/


Mas Jana não contava com a quantidade de poréns que iriam existir entre ela, o Cadu e essa partida lá no Beira Rio, a casa colorada (bléh)! 

Mirelle conseguiu implementar todos os roteiros de um chick-lit em apenas um conto e isso foi fantástico. Amei, de verdade, a narrativa. A forma como ela conduziu a história foi ímpar, tem doses de humor que dão toques especiais na história. É narrado em primeira pessoa, então somos a Janaína. A intenção da autora, ao meu ver, é que a gente se sinta dentro da história, compartilhe tudo com a Jana, sabe? No meu caso, atrapalhada como sou, super seria a Janaína, haha.

Sou apaixonada por futebol, daquelas que vai pro estádio e fica com medo da torcida organizada adversária, #sorry, mas que curte um bom jogo. Grito, xingo, choro, fico irritada, e a Jana também. Então super me identifiquei com a personagem. Mas acho que quem não é assim também vai se identificar, porque a Jana é uma pessoa normal, que sofre tudo o que a gente sofre, chora tudo o que a gente chora, independente do futebol.

Mi e seu filho *--*


Apesar de ser um conto sobre futebol, não é um conto sobre futebol. É um conto sobre pessoas apaixonadas, ou não, por futebol e sobre o modo como uma partida pode mudar a vida de uma pessoa. Fala sobre a alegria que o esporte traz para uma nação, sobre a nossa eterna raiva dos argentinos (adoro falar mal de argentino, mas só no futebol), e sobre esquecermos um pouco dos problemas do país, principalmente relacionados à copa, para nos divertirmos um pouco.

Diante de todo o fracasso que foi a seleção nessa copa, é bem legal ter um livro que trata exatamente sobre ela e que irá nos fazer chorar de rir com os causos mais malucos. Li apenas o conto da Mi, mas imagino que todos os outros contos seguem uma determinada linha, então aposto que o livro todo seja maravilhoso.

Uma ótima leitura para passar o tempo e dar altas gargalhadas. Homens, leiam e entendam a mente das viciadas em futebol, hehe. Super indico, pessoal.

BEIJOS E ATÉ A PRÓXIMA!

***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.

Clique AQUI e saiba como participar.

11 comentários:

  1. Que legal amiga, fico muito feliz pela Mi tbm! O conto parece ser divertido, espero ler em breve ;D

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu também adorei o conto da Mi.
    Ela já me deixou sonhando com uma provável continuação! hahaha
    Quero só ver.
    Boa parte dos contos segue essa linha de falar sobre futebol, mas não ser uma história sobre futebol. Por isso curti muito e indico a todos.

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  3. Também adoro futebol, e sou atrapalhada até o último fio de cabelo hahaha então logo de cara me identifiquei com a personagem e acho que iria adorar rir das história da Jana :D tomara que algum dia tenha oportunidade para ler o conto, porque acredito que vale super a pena. Parabéns pela postagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Patrini. A Jana nos representa, haha.

      Excluir
  4. Nossa adorei!!! Gosto muito de futebol, não conhecia o conto ainda e fiquei super interessada! Principalmente pelo jogo ser no Beira-Rio ahahhaahah

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
  5. Bah, minha querida, obrigada por esta resenha tão sincera e divertida. Fico feliz em saber que tenha se identificado tanto com Jana, e obrigada por me inspirar em tantos outros causos maluquinhos que ficarão para o próximo livro.. kkk Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHU, arrasei \o/ Obrigada a você por me permitir ler esse livro lindo <3

      Excluir
  6. Detesto futebol então eu passaria longe de livros com esse tema..

    ResponderExcluir