9 de novembro de 2014

Tá Na Estante :: 'Inquebrável' #331

POSTADO POR EM 9 de novembro de 2014

Oi, gente. Tudo bem?


Sei que ando meio sumido por aqui, mas a tecnologia não tem sido minha amiga. Quando não é meu computador dando problema, é a internet, hahahaha. Mas hoje estou aqui com resenha nova e é isso que importa. Vamos conferir?!

Livro: Inquebrável
Série: A Legião (#01)
Autora: Kami Garcia
Editora: Galera Record
Páginas: 288
Sinopse: Kennedy Waters sempre achou que espíritos vingativos fossem coisa de cinema, até a morte de sua mãe. É quando os gêmeos Lockhart invadem sua casa para lhe livrar de um destino igual que descobre que o véu entre o mundo dos vivos e dos mortos é frágil. Ele deve ser protegido pelos caçadores de fantasmas da Legião da Pomba Negra, que atualmente só tem uma geração de jovens para lidar com seus inimigos, e da qual a mãe de Kennedy outrora fez parte. E agora os gêmeos devem convencê-la de que herdou o seu poder...


Kennedy Waters era uma garota normal que vivia uma vida normal. Seu pai a abandonou quanto tinha cinco anos e hoje ela vive com a mãe e seu gato. Kennedy está sofrendo com um coração partido e sua amiga Ellie é sua única certeza e a pessoa que tenta tirá-la da “depressão” e não a acha estranha por ter memória fotográfica e preferir passar os dias desenhando a pintar as unhas ou fazer outras coisas de menina. 

Numa certa noite, o gato de Kennedy foge de casa e ela sai em disparada atrás dele, chegando até um antigo cemitério. Lá ela procura dentre os túmulos algum sinal do bichano até que avista uma forma no escuro, que estava misteriosamente pairando acima do chão. Mas isso não era possível, era? Fantasmas não existem.

A garota volta para casa e tenta não surtar com o acontecido e viver sua vida normalmente. Porém, na noite seguinte seu mundo desaba. Após muita insistência, Ellie consegue arrastar Kennedy para o cinema. Quando ela volta pra casa, tem uma ingrata surpresa. Sua mãe está deitada na cama, o gato sobre seu peito e morta. A causa da morte foi dada como ataque cardíaco.

Quatro semanas se passam e Kennedy está empacotando suas coisas para ir para um internato do outro lado do país. Seu único parente vivo é a tia com quem não tinha muito contato e a menina optou a escola para não precisar morar com alguém que não gosta dela. No dia antes de partir, a garota, que está vivendo na casa de Ellie por enquanto, quer passar uma última noite em sua antiga casa, sozinha.

Após adormecer, Kennedy acorda assustada no meio da noite. Seu gato está tentando sufocá-la de alguma forma e pra piorar dois garotos entram em seu quarto e disparam contra o bichano. O inacreditável acontece quando o espírito que apareceu na noite do cemitério está sobre ela e se desintegra ao receber um novo disparo.

Lukas e Jared Lockhart são gêmeos idênticos e se apresentam como exorcistas. Kennedy, abalada com o acontecido, expulsa os dois de sua casa e tenta esquecer a noite estranha. Ela sai de carro e fica vagando pela cidade, mas os gêmeos ficam sempre voltando à sua mente. Ela então decide ir até a biblioteca pesquisar sobre os garotos e descobrir quem eles são, já que parecem ter a mesma idade que ela, mas não frequentam a mesma escola.

Quando volta pra casa, frustrada com a pesquisa inconclusiva, dá de cara com uma van preta estacionada em frente à sua casa. Dentro estão os garotos que tomaram sua mente durante o dia todo. Lukas e Jared tentam explicar a Kennedy tudo que está acontecendo, que sua mãe foi assassinada por um espírito maligno, mas todos são atacados por um poltergeist, que destrói a casa, e precisam fugir.

Agora Kennedy está associada a esses dois garotos e, junto de Adara e Sacerdote, vai descobrindo sobre esse universo paranormal que sempre julgou ser fantasia. Os quatro acreditam que Kennedy é o quinto membro da Legião da Pomba Negra, uma ordem formada pela igreja para deter os Ilumminati. Porém, como enfrentar o desconhecido? Com isso, decidiram invocar o demônio Andras, mas algo saiu errado e essa entidade está com sede de vingança, tentando se libertar e só a Legião pode impedi-lo.

Vasculhando informações, os improváveis aliados descobrem o Engenho, uma possível arma para eliminar Andras de vez e salvar a humanidade de suas atrocidades. O problema é que essa ferramenta foi fragmentada e cada pedaço foi escondido por um membro diferente da Legião e está guardada sob a proteção de espíritos malignos.

Agora cabe ao grupo se unir e encontrar essas peças, enquanto tentam salvar suas próprias vidas. Além disso, Kennedy precisa entender o que seu coração deseja. Lukas ou Jared? Segurança ou ação? 

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler.

Meu interesse por Inquebrável se deu única e exclusivamente pela autora. Sou apaixonado pela série Beautiful Creatures, da qual Kami Garcia é coautora, e sempre quis saber como ela se sairia escrevendo sozinha. Me joguei com tudo na narrativa e fui agraciado com uma obra espetacular.

Eu não sabia o que esperar do livro.  Comecei a ler só com a expectativa de ser um livro da Kami, não li nem a sinopse. A autora apostou em formar uma trama sobrenatural, que foi instigante do começo ao fim. A escrita de Kami é deliciosa. Conforme mais você avançava a leitura, mais impossível era parar. A narrativa é em primeira pessoa, sob o ponto de vista da protagonista. Não me incomodei com isso, mas não me importaria se fosse em terceira pessoa, para termos uma melhor visão dos fatos.

Os personagens foram muito bem construídos, apesar de algumas ressalvas. Kennedy é uma ótima protagonista. Consegui criar uma grande empatia com ela e me diverti com algumas de suas tiradas sarcásticas (que foram bem poucas, infelizmente). Lukas e Jared que foram o problema. 

Os dois escondem segredos e parecem se odiar na maior parte do tempo. Enquanto Jared é arredio e misterioso, Lukas é extrovertido e tem extrema adoração por Kennedy. Porém, acompanhando pelo ponto de vista da menina, achei Lukas cruel e senti uma extrema afeição por Jared, o que acredito que não tenha sido o objetivo. Lukas devia ser o bonzinho e Jared o bad boy, mas não foi isso que senti.

Adara me conquistou com seu jeito rebelde e imponente. Ela é toda durona e não tem papas na língua. Posso rezar por um spin-off que tenha ela como protagonista? Sacerdote é o mais novo do grupo e é um gênio. Ele criou várias armas e equipamentos para proteger seus amigos, mas todos insistem em protegê-lo por ser o elo mais fraco (depois de Kennedy, claro).

Achei muito interessante a mitologia criada pela autora, inserido fatos históricos para justificar a criação da Legião. Só alguns fatores sobre os membros que não me convenceram totalmente, mas foram pequenos furos que não prejudicaram a leitura.

A Galera Record fez um trabalho impecável com o livro. Amei a adaptação que fizeram da capa original, deixando o título e o nome da autora em alto relevo. A diagramação é simples e a revisão e a tradução estão impecáveis. Mais um excelente trabalho da editora.

Agora termino aqui dando minha indicação. Nenhum livro vai agradar a todos, mas Inquebrável é um forte concorrente. Talvez muitos achem clichê, mas a trama é tão magnífica que as semelhanças podem ser ignoradas. Eu com certeza recomendo e desejo pra ontem os próximos livros.

Beijocas e até a próxima!
***
Essa postagem é válida para o TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

11 comentários:

  1. Oi o/ sumido
    bem não me associei muito ao estilo do livro , bem é como você disse lá em cima nem todos os livros agradam .
    Beijos

    visite :www.nossaspaixoesopsnossoslivros.blogspot.com (Promoção o/ participa lá )

    ResponderExcluir
  2. Eu realmente estou louca por esse livro. Também sou fissurada em Dezesseis Luas, e fiquei super curiosa assim que soube que um livro da Kami seria lançado aqui no Brasil. Já quero ler pra ontem! E agora que eu sei que a história e toda a trama é baseada no sobrenatural não tem como esperar mais. E o que é essa capa, gente? Coisa mais linda!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Eu também sou apaixonada pela série Beautiful Creatures, porém ainda falta eu ler o último volume. Eu amo como a Kami escreveu a série, a narrativa dela é bem gostosa de se ler. Eu me interessei pela história desse livro, tomara que seja tão bom quando Beautiful Creatures, mesmo sendo coisas totalmente diferentes.
    PS: Sempre quando vejo o nome Lockhart eu lembro do Gilderoy Lockhart kkk

    ResponderExcluir
  5. Não li ainda, mas vou te confessar que pela foto a capa não me agrada muito, não sei ao vivo...
    O enredo parece ser muito bom mesmo, vou anotar a dica.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  6. confesso que legiao da pomba negra soa meio comédia em português...mas gostei da sinopse. gosto de livros/filmes assim.

    ResponderExcluir
  7. tai, fiquei tentada para ler, vai está na minha lista para as próximas compras!

    ResponderExcluir
  8. Oi.

    Não conhecia o livro e ainda não sei se chegarei a ler.
    Gosto de temas fortes e tal, mas coisas com espíritos e demônios me deixam com receios. Por sua deve ser bom, mas com certa medida de itens que desapontam o leitor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Eu ameei a capa. Embora eu goste bastante de histórias de terror não me identifiquei com essa, achei muito clichê e me atreveria a dizer que me faz pensar em uma famosa série de tv (em alguns pontos) Hehe Mas enfim... Gostei da resenha xd

    ResponderExcluir
  10. Leo!
    O tema sobrenatural é muito interessante aos meus olhos e fiquei empolgada para poder ler esse livro e descobrir o que acontece no decorrer do enredo e como toda a equipe conseguirá ou não se livrar de toda maldição...
    Um final de semana carregadinho de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Nossa, a história parece ser bem interessante, mas não sei se tenho coragem de ler porque sou muito medrosa kkkkkk amei a resenha :*

    ResponderExcluir