4 de novembro de 2014

Tá Na Estante :: 'Ivy - Ensina-me a sentir' #328

POSTADO POR EM 4 de novembro de 2014

Heey, gente. Tudo bem??


Olha eu com mais resenha pra vocês \o/ Essa daqui já era pra ter saído desde sábado, mas a preguiça não me deixa trabalhar, haha. Agora vamos lá de resenha, né?

Livro: Ivy - Ensina-me a sentir
Autor: S. Quinn
Editora: Himmel
Páginas: 312
Sinopse: Uma aluna talentosa. Um professor com um passado sombrio. Luz e Escuridão atraídos por um romance proibido. Sophia Rose mal pode acreditar na sorte que teve ao conseguir uma bolsa de estudos no curso de Teatro Criativo do conceituado Ivy College. O proprietário da instituição é, ninguém mais ninguém menos, que o sexy ator Marc Blackwell.Marc também é um dos professores do Ivy College. Rígido e extremamente disciplinado, é conhecido por levar seus alunos ao limite. Dono de uma reputação duvidosa e temperamento frio, Marc sempre está no comando seja no trabalho ou entre quatro paredes. Mas, quando ele conhece Soph, seu autocontrole começa a escorregar por suas mãos... lentamente... Soph jamais imaginara que poderia ter tanto poder. E, embriagada pelo mundo tentador que Marc lhe oferece, deixa-se levar pelas experiências sexuais mais fantásticas de sua vida, envolvendo punições e recompensas que ela se vê desejando cada vez mais.Mas, como Marc é professor de Soph, a reputação do Ivy College e o futuro profissional dela estão ameaçados. O amor deles sobreviveria a esse escândalo? Soph estaria disposta a arriscar tudo o que conquistou por uma relação conturbada com Marc? E o enigmático Marc Blackwell seria capaz de abrir mão de seu precioso controle para dar à Sophia o que ela tanto deseja?


Sophia Rose é uma jovem recém graduada. Mora com seu pai e sua madrasta em uma fazendo nos arredores de Londres e passa a vida cuidando de seu irmão Samuel. A verdade é que a casa não funciona sem o apoio de Sophia, mas agora terá que funcionar.





Sem nenhuma pretensão de realmente ser aprovada, Sophia foi fazer um teste no Ivy College, uma das escolas de artes cênicas mais disputadas e conhecidas do mundo. Comandada por Marc Blackwell, que também é um dos professores da instituição, o Ivy forma atores que alcançam o céu em pouco tempo.

Marc é um famoso ator que já se consolidou há muito tempo. Trabalha desde a infância e é conhecido pela sua entrega a cada personagem que faz. O jovem ator também é conhecido pela sua extrema rigidez, tanto na escola quanto nas filmagens. Ele suga o que pode dos seus alunos a fim de transformá-los nos melhores atores que a academia já possa ter visto, e realmente faz isso.



Na audição de Sophia já percebemos química que rola entre ela e Marc. De cara, a moça peita o ator e ele parece gostar disso. Ele realmente gostou, tanto que deu a Sophia uma bolsa integral no colégio, além de bancar todas as despesas dela. Claro que tudo sem que ela saiba, mas todos nós sabemos, hehe.

Durante as aulas a química deles só aumenta. Mas será que uma relação professor/aluna seria saudável para eles? E a carreira de Sophia, ficaria manchada com isso? Essas questões fazem com que Marc recue e guarde seus sentimentos, mesmo estando louco por ela.

Em Ivy conhecemos um homem que não quer ceder aos desejos e anseios do próprio corpo, mas se vê obrigado a isso quando a paixão bate em sua porta. Apesar de apresentar uma proposta BDSM, não senti muito isso no livro. Marc é um dominador nato, em todos os sentidos, mas as cenas na cama não me convenceram muito. Senti que ele não fazia aquilo por prazer, mas pela necessidade de estar sempre no controle de tudo.



Sophia é uma daquelas mocinhas ingênuas que nos dão uma canseira retada, mas até que o lado dócil dela deu um charme e deixou a história mais leve. No total, achei que os personagens são muitos distintos e interessantes, apesar de um pouco clichê. Acho que a autora soube trabalhar o clichê e deixar a história convincente.

A narrativa é bem gostosa. Fui lendo e quando percebi havia acabado. Eu gostei da história, muito. Nas últimas 10 páginas eu fiquei uns dois dias sem ler, só para não acabar. Eu nunca fiz isso antes! 



A história foi bem concluída, mas confesso que adoraria ter um pouco mais de Marc e Sophia. Sei que a esse é o primeiro livro da série Ivy, mas não sei se a série irá continuar com os mesmos personagens. Espero que sim.

Super indico a leitura, para quem curte um bom romance com uma pitada de erotismo só para deixar tudo mais apetitoso.

Beijos e até a próxima!
***
Essa postagem é válida para o TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

17 comentários:

  1. Oi Bárbara!
    Quanto tempo :)
    Bem sua resenha sobre o livro ficou boa, mas não me deu aquela vontade absurda de ler entende?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Leticia. Super entendo. Em breve trago uma resenha para te deixar maluca ;)

      Excluir
  2. Oi Bah!
    Eu amo ler livros que a leitura flui, e como você disse que Ivy - Ensina-me a sentir é um livro que a narrativa rende eu fiquei super interessada em ler, ainda mais porque a história também me agradou. Mais um para a minha enorme listinha de livros a serem lidos rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey, Edmere. Espero que alcance todos os seus desejos da listinha. Livros com narrativa fluida são os melhores <3

      Excluir
  3. Confesso que esse não é definitivamente o meu tipo de literatura predileto. Não consigo me envolver completamente com livros de romance erótico, mas gostei da sinopse, a trama engloba muito mais que apenas mais um romance proibido entre professor e aluna, e acho que isso foi um grande positivo na obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pa. Já sei que esse estilo não te agrada, o legal é que esse daí não foca muito no erótico, mas sim na relação professor/aluna. Acho que você iria curtir ;)

      Excluir
  4. Bárbara!
    E vamos a mais uma série...
    Os romances hots tem dominado o mercado e acho bom, porque na adolescência (há mais de 30 anos atrás...cof,cof... abafa!) quando lia romances desse tipo, era muito criticada.
    Voltando a Marc e Sophia, tem relações que são assim mesmo, o homem quer ter o 'poder' em todas as áreas, inclusive sexual e isso que dá prazer para eles.
    Acompanhemos a série.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rudy. É uma história bem legal ;) Mainha também lia Sabrina KKKK

      Excluir
  5. sinceramente esse tipo de livro já deu. meu protesto é este: n vai entrar na minha lista. mas a resenha está ótima rs

    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da resenha. Acho que erótico já virou um gênero consolidado, assim como distopias e romances. Tem público para tudo ;)

      Excluir
    2. isso é verdade. eu defendo q existem mihões de formas de contar a mesma história. nunca li este gênero, então não posso opinar oq cada um tem de diferente e qualidades e defeitos...

      Excluir
  6. Que bom que gostou, fiquei ainda mais empolgada com a leitura, pois ganhei o livro de cortesia no Skoob a pouco tempo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UHU, Parabéns. SKOOB REALMENTE DÁ LIVROS \O/ Espero que curta a leitura como eu curti ;)

      Excluir
  7. Adorei a resenhar, apesar de não gostar muito da literatura erótica, gosto mais de romances e suspenses. tenho um livro dero, esse gênero, li e depois presentei uma amiga da faculdade!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Barbara!

    Já vi uma resenha negativa deste livro e fiquei com "alguns" pés atrás. Mas, ainda assim espero ler e gostar dos personagens como você. E nem sempre algumas séries continuam com os mesmo personagens e isso as vezes ajuda ou até mesmo atrapalha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Parece ser um romance clichê, mas a temática é agradável. Espero gostar.... xD

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha, mas fiquei apaixonada pela diagramação do livro que ficou perfeita *-*

    ResponderExcluir