18 de dezembro de 2014

Tá Na Estante :: 'Sirena' #347

POSTADO POR EM 18 de dezembro de 2014

Oi, gente. Tudo bem?


Estou de volta com mais uma resenha para vocês. O escolhido de hoje é um dos últimos lançamentos da Galera Record e o primeiro volume do spin-off de uma de minhas séries queridinhas. Vamos conferir?!

Livro: Sirena
Série: Dangerous Creatures (#01)
Autoras: Margaret Stohl & Kami Garcia
Editora: Galera Record
Páginas: 280
Sinopse: Nessa nova série das autoras de Beautiful Creatures, conhecemos melhor Ridley Duchannes, prima de Lena. Ridley nada tem de heroína de romances açucarados; ela é uma Sirena, e não hesita em usar seus poderes para enfeitiçar o que cruzar seu caminho, sejam Conjuradores das Trevas, Incubus ou Mortais. Desde que sua família lhe virou as costas, só lhe restou a prima e, claro, seu namorado Link. O jovem roqueiro não se importa se o temperamento difícil e nada confiável de Ridley não são as melhores qualidades para se procurar em uma namorada e quando parte para Nova York em busca do sonho de se tornar um rockstar, resolve levá-la junto. Mas logo os dois descobrirão que a cidade que nunca dorme pode ser um lugar perigoso mesmo para uma Sirena rebelde.

Ridley Duchannes, após sua última briga com Link, seu meio namorado um quarto Incubus, saiu pelo mundo afora atrás de diversão, mas a Sirena sempre atrai confusão, por onde quer que passe. Em uma boate em New York ela acaba entrando em um jogo de Pechinchas de Mentirosos, algo fácil de vencer para alguém com seus dons. As apostas eram TFP's (Talentos, Favores e Poderes) e a garota poderia sair da mesa ainda mais poderosa. Porém, seu charme falha e ela perde, ficando devendo dois favores para Lennox Gate, um Conjurador misterioso.

O primeiro favor seria lhe arrumar um baterista para a banda da casa, já que Rid roubou o talento do último durante o jogo. O segundo seria cobrado logo e Ridley tinha a sensação de que não gostaria nada disso. Por sorte, o primeiro favor seria fácil de ser cumprido. Rid tinha um baterista à disposição e volta a Gatlin para reencontrar Link e seus antigos amigos após o tempo afastados.

Em Gatlin, o ano escolar chegou ao fim e logo cada um seguirá seu caminho. John acompanhará Liv de volta à Londres, onde ela concluíra seu treino como Guardiã. Ethan e Lena irão para a faculdade e Link está armando para fugir de sua mãe, a terrível Sra. Lincoln, e ir para New York, atrás do seu sonho de ser um rockstar.



Na sua última noite na cidade, Lena reúne o sexteto para um acampamento no bosque, para que aproveitem ao máximo os últimos momentos juntos. Como garantia de que não irão se separar, Lena lança um Conjuro de Ligação, que une os seis amigos com magia, de forma que esse laço não possa ser quebrado. O símbolo da união se dá por anéis mágicos, um para cada um, embora ninguém saiba seu real significado.

Já em New York, Link e Ridley hospedam-se com os outros componentes da banda, a Devil's Hangmen. Necro, uma necromante, Floyd, uma ilusionista, e Sampson, um Nascido das Trevas, o mesmo para quem ela perdeu no jogo.

Agora que estão tendo uma vida juntos, Link pede a Ridley que evite usar seus poderes de Sirena e tente viver uma vida normal. A garota hesita, já que seus poderes são sua essência, mas para agradar seu Shrinky Dink ela tentará viver como uma mera Mortal, arrumando até um emprego em um salão de beleza.

No primeiro show da banda, rebatizada de Sirensong, Ridley percebe que a Sirena não é uma boate comum e que é impossível a banda estar fazendo tanto sucesso assim, com as letras mirabolantes de Link sobre almôndegas. Quando tenta alertar o namorado, recebe um balde de água fria e uma discussão se inicia, com Link a acusando de sentir inveja dele.



Como se não bastasse todos os seus problemas, Ridley ainda precisa aguentar Lennox jogando sujo, querendo de alguma forma destruir seu romance, assim como Floyd, que parece ter uma paixonite por Link. Além disso, ela sente estar sendo seguida por uma presença misteriosa, que parece prestes a atacá-la no menor deslize.

Quando Necro é enfeitiçada por uma magia de Sirena que pode matá-la, Ridley precisa provar sua inocência enquanto tenta, a todo custo, proteger Link das garras de Lennox. Porém, quando este se mostra alguém totalmente diferente, Rid fica cada vez mais confusa e ainda descobre que um inimigo do seu passado está de volta, pronto para destruir a ela e Link, como uma forma de vingança pelos seus atos.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler.

Não é novidade para ninguém aqui que sou um grande fã da série Beautiful Creatures (resenhas aqui, aqui, aqui e aqui). E também não é novidade que Ridley Duchannes sempre foi minha personagem favorita da história. Quando as autoras anunciaram um spinoff da série, onde Rid e Link seriam os protagonistas, meu forninho caiu. Agora, no mês de novembro, a Galera Record trouxe o livro para o Brasil e tratei de ler o mais rápido possível.

Sirena nos conta o destino de Ridley após os acontecimentos de Sonho Perigoso, conto que dá início a série Dangerous Creatures. Ela precisa cumprir os favores para Lennox ou poderá perder seus poderes, a coisa de que mais se orgulha. Mas todos que conhecem Ridley sabem que a Sirena não se deixa abater por pouco e fará o possível e o impossível para dar a volta por cima.



A narrativa é em terceira pessoa e acompanhamos os pontos de vista de Link, Lennox e Ridley, é claro. A escrita das autoras, como um todo, evoluiu bastante. Foi impossível largar o livro depois dos primeiros capítulos, que reapresentam alguns fatos. Isso, somado às poucas páginas, fez com que eu terminasse a leitura em um dia e ficasse clamando por mais.

Os personagens que já conhecemos continuam bem caracterizados. Temos uma pequena participação de Ethan e Lena lá no começo, mas sinto que eles aparecerão novamente no decorrer da série. Porém, é bem desnecessário. Margaret Stohl e Kami Garcia conseguiram criar uma história com Ridley que não depende dos outros personagens. Nossa Sirena favorita consegue lidar tranquilamente com uma série só dela e, sem sombra de dúvida, superar a série que lhe deu origem.

Os novos personagens foram muito bem construídos. Lennox Gate me conquistou de uma forma que não pensei ser possível, já que ele é uma pedra no sapato do romance Linkley. Também gostei bastante de Floyd e Necro e a grande amizade que existe entre as duas. Necro criou um laço com Ridley, ajudando a garota quando ninguém mais quis, o que fez com que gostasse ainda mais dela.

O final deixou Juliana desmaiada e derrubou o forninho de Giovana. Só de pensar que preciso esperar um ano pela continuação já dá vontade de chorar. O livro termina com um cliffhanger enorme, após uma das cenas mais lindas que já tive o prazer de ler.



Os títulos dos capítulos são nomes de músicas, que condizem exatamente com o que o capítulo vai tratar. A Galera Record manteve os nomes em inglês e colocou apenas uma nota de rodapé com a tradução. Falando em Galera, a editora deu um show com o livro. A diagramação é simples e a revisão está impecável. A única coisa que me incomodou foi o nome da boate, que no começo era Sirena e no final virou Sirene, o que me deixou confuso.

Vi muitas pessoas reclamando nas redes sociais sobre a mudança da capa e a adaptação do título. Eu, particularmente, preferia a tradução de Dangerous Creatures, mas até gostei do livro se chamar Sirena e amei a capa, acho que é muito Ridley.

Acredito que dê pra ler de forma independente, sem ler Beautiful Creatures antes. O máximo que vai acontecer é você ganhar alguns spoilers e ficar se perguntando coisas sobre o universo Conjurador que só são explicadas na série anterior. Eu com certeza recomendo a série pra vocês. Foi uma das minhas melhores leituras e entrou para os meus favoritos. É amor demais.

BEIJOS E ATÉ A PRÓXIMA! 
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e participe.

10 comentários:

  1. Adorei a dica ...interessante
    http://belezatoquefeminino.blogspot.com.br/2014/12/queridinhas-de-2014-mascaras.html

    ResponderExcluir
  2. Oiee Leo.
    Confesso que não li a resenha pois não conferi nenhum dos livros dessa série.
    Por ela não fazer meu estilo, acho que dificilmente a lerei.
    Achei estranho a mudança da capa, mas como não sei da história não posso falar muito, vai que tenha algo no livro que remeta a um pirulito rsrs
    Sei lá.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  3. Eu sou completamente apaixonada por Dezesseis Luas, e também pirei com a notícia de um spin off com o casal Ridley e Link, acho os dois fofos demais, eles realmente se completam um ao outro. Li o conto que dá início a série e me reapaixonei pela escrita das autoras, elas definitivamente conseguem nos transportar para dentro de cada palavra que escrevem. Adorei tua resenha e ela só me deixou ainda com mais vontade de descobrir as encrencas em que Ridley vai se meter dessa vez, afinal, confusão é seu segundo nome hahahaha

    ResponderExcluir
  4. Oi Leo!
    Eu também sou apaixonada pela série Beautiful Creatures mesmo eu ainda não tendo lido o dezenove luas, é uma das minhas série favoritas. Eu achei perfeito a capa do livro Sirena e sempre tive vontade de saber mais sobre a Ridley, gostei dela desde a primeira vez que apareceu no livro e estou louca pra lê-lo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Léo !
    Estou meio em depressão pós livros principalmente pela tia Cassandra kkkk' aliás bom gosto você tem :3 . Achei a capa linda , mas não me cativou a ler =/ .
    Beijos

    http://www.nossaspaixoesopsnossoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oiiiiiiiii

    Vou ser sincera, não conheço o livro e o pouco que pude ler pela sua resenha, sinceramente... não faz a minha praia. Por isso nem vou comentar muito.
    Mais uma coisa que achei curiosa... quer dizer que o nome que a editora colocou junto com o titulo em inglês "Sirena" nome da boate, no final do livro se torna Sirene, é isso??? Erro feio de quem fez a revisão do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sirena é uma coisa e Sirene é outra.. Tem que ler o livro!

      Excluir
  7. Não li a série anterior, e nem este livro. Não estou com pressa em ler, mas tenho um certo interesse em conhecer este enredo.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a série antes dessa e nem essa, e como ultimamente estou dando uma fugida de séries para me focar em livros únicos, que não me matam do coração fazendo esperar pelo seguinte, acho que vou deixar essa para depois. Mas adorei a resenha.

    ResponderExcluir