19 de janeiro de 2015

Tá Na Estante :: 'Apenas Um Dia' #352

POSTADO POR EM 19 de janeiro de 2015

Oi, gente. Tudo bem?


Estou de volta com mais uma resenha para vocês. O escolhido de hoje foi um dos lançamentos de novembro da Novo Conceito, que me pegou totalmente de surpresa. Vamos conferir?!

Livro: Apenas Um Dia
Série: Just one Day (#01)
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 382
Sinopse: A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida. Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro... Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.

Allyson Healey é uma adolescente americana comum. Quer dizer, comum não se encaixa nem um pouco na vida da garota. Sua mãe é extremamente controladora e toma conta de cada passo que Allyson dá, não deixando a menina tomar o rumo de sua própria vida, mesmo tendo 18 anos.

Recém graduada no ensino médio, Allyson ganha dos pais um tour pela Europa, uma viagem que ela nem queria. Acompanhada de sua melhor amiga, Melanie, ela irá passar alguns dias viajando pelo continente e quando voltar irá para a faculdade para conseguir créditos para a escola de medicina.

Um tour em um continente desconhecido, longe dos olhos dos pais e na companhia de outros jovens é o sonho de todo adolescente, mas não de Allyson. Enquanto Mel curte cada instante da viagem indo a festas e conhecendo pessoas, Allyson passa seu tempo emburrada, visitando museus e indo dormir cedo. Super empolgante.

Na sua última noite com o grupo de turismo, Allyson e Mel estão na porta de um teatro para assistir Hamlet quando um grupo excêntrico de jovens as aborda, apresentando sua trupe de teatro que encena obras de Shakespeare gratuitamente. Naquela noite haveria uma representação da peça Noite de Reis e Allyson fica curiosa para assistir. Assim, as duas amigas fogem do teatro em busca dessa aventura.

Noite de Reis é um sucesso e Allyson fica espantada com o talento do grupo de jovens, conhecido como Will Guerrilheiro. Mas é claro que seus olhos se voltam para um garoto específico, o intérprete de Sebastian, que pareceu notá-la também durante a apresentação. Era sua última noite ali e sabia que não iria mais vê-lo então tomou a brilhante decisão de... voltar para o hotel e dormir, pois o trem que ela e Mel pegariam para Londres sairia cedo.

Na manhã seguinte, após se despedirem do grupo, Allyson e Mel embarcam para Londres. Antes mesmo de estarem bem acomodadas, Mel já está em sono profundo, o que leva Allyson à cafeteria do trem para comprar o café da manhã das duas. O lugar está lotado, mas quando Allyson está a caminho do seu vagão, uma mesa fica livre e ela decide sentar-se.

Para sua surpresa, o garoto da peça, aquele que interpretou Sebastian, encontra-se no mesmo trem e senta-se à mesa com ela. Os dois conversam sobre amenidades e ela descobre que seu nome é Willem e é holandês. Ele não pergunta seu nome, apenas a apelida de Lulu, em homenagem a uma atriz do cinema mudo. 

Chegando à Londres, é hora de Melanie e Allyson se despedirem de Willem, quando o garoto faz uma proposta à sua Lulu de passar um dia com ele em Paris, já que a cidade não estava no tour que as meninas fizeram devido a uma greve no país e ela sempre sonhou em conhecer o lugar. 

Allyson jamais aceitaria algo assim, ir para um lugar desconhecido, com um cara que mal conhece, mas no momento a garota estava se sentindo outra pessoa, sentindo-se Lulu e aceita a proposta de Willem, apesar de tudo lhe dizer para recusar. Que mal faria apenas um dia? Mal sabia Allyson que esse dia como Lulu ao lado de Willem mudaria sua vida para sempre e que jamais esqueceria tal aventura.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler.

Eu peguei Apenas Um Dia para ler sem nenhuma expectativa. O livro estava ali na estante me encarando e resolvi arriscar a leitura. Já tinha lido Se Eu Ficar da autora e me decepcionado, então logo nas primeiras páginas tentei achar algum defeito pra xingar a mulher... mas não consegui. E fiquei extremamente surpreso por isso.

A escrita de Gayle Forman evoluiu demais. Não encontrei mais aquelas metáforas irritantes ou monólogos desnecessários. Nessa nova história, Gayle conseguiu me conquistar logo nos capítulos iniciais e a trama desenvolveu-se deliciosamente, de tal forma que acabei o livro em dois dias, algo extremamente raro para mim quando se trata de novas histórias que não tenham um pé no sobrenatural.

Os personagens foram muito bem construídos. Logo de cara eu me identifiquei com Allyson e sua necessidade de ser a garota perfeita para não decepcionar os pais, que almejavam um futuro brilhante para ela. A menina deixou de viver sua vida para viver a que seus pais (principalmente sua mãe) queriam que ela vivesse. A empatia foi instantânea e logo eu estava gostando da protagonista.

Quando Allyson virou Lulu por um dia, sua vida e pensamentos mudaram radicalmente. Ela começou a perceber que havia muito mais além de seu mundinho fechado, que era só ela sair e correr atrás. Tudo isso graças à Willem.

Willem é um jovem holandês de vinte anos. Há dois ele deixou seu país para se aventurar pelo mundo e viver momentos incríveis, deixando-se levar pelo acaso. Acabou tornando-se ator por acaso, entrou no mesmo trem que Allyson por acaso e muitos acasos aconteceram depois disso. Ele, ao contrário de Allyson, não tem um roteiro pronto. Ele vai onde a vida lhe leva.

Gayle soube desenvolver a relação dos dois de forma que não fosse aquele romance platônico logo de cara. Sim, Allyson gostava de Willem de um jeito novo para ela, mas soube esperar ter certeza de seus sentimentos para tentar algo, coisa que não acontece muito na literatura.

Outro ponto positivo da trama foi o cenário. Me senti ao lado de Allyson e Willem na sua viagem de um dia por Paris, além de em outros lugares magníficos que a garota visita no decorrer da narrativa (que eu não posso contar pra não dar spoiler, embora esteja MORRENDO de vontade de falar).

Esse foi o único ponto negativo que encontrei, mas a culpa não foi da autora ou da história. Foi da sinopse. Eu esperava uma coisa e fui totalmente surpreendido. Foi bom, mas acho que muita gente pode se decepcionar com isso. Posso dizer apenas que o livro é muito, muito, mas muito mais profundo que a sinopse demonstra.

A editora Novo Conceito fez um trabalho incrível com esse livro. A tradução e a revisão estão impecáveis. A diagramação é bem simples, mas está linda, e o tamanho da fonte é ótimo. A capa é uma adaptação da original e tem a ver com o livro. Espero que a editora não tarde em trazer a continuação, Apenas um Ano, que é sob o ponto de vista de Willem e eu tenho certeza que vou amar.

Enfim, eu poderia ficar horas aqui falando sobre o quanto este livro mexeu comigo, mas sei que não seria legal e vocês não leriam, hehe. Então me despeço por aqui, mas não sem antes deixar minha recomendação. Apenas Um Dia é um livro sensacional e que merece ser lido por todos. Abram suas mentes e vão com tudo, vale a pena.

Nascemos em um dia. Morremos em um dia. Podemos mudar em um dia. E podemos nos apaixonar em um dia. Qualquer coisa pode acontecer em apenas um dia.

BEIJOS E ATÉ A PRÓXIMA!
***
Essa postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique AQUI e saiba como participar.

8 comentários:

  1. Eu quase comprei esse livro, mas ai vi Extraordinário e mudei a compra kk
    Que bom que esse livro é melhor que Se Eu Ficar, que sinceramente, me decepcionou também (o filme é mil vezes melhor). Gosto de livros assim e espero que ele tenha um fim, não algo que me fará esperar meses para saber (tentando fugir de séries :O) Adorei a capa e quero muito muito comprar *-*
    Parabéns pela resenha, bjo

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso que depois de todas as resenhas negativas que li de Se Eu Ficar, estou um pouco receosa com a escrita da autora. Além disso, a sinopse desse livro não me pareceu muito inovadora. Mas depois de ter lido tua resenha, decidi que vale a pena dar uma chance ao livro só pelo cenário (PARIS <3). Eu também me identifiquei com a protagonista, do modo como tu a descreveu e gostei desse negócio de ir onde a vida te levar do Willem, acho que pode ser uma leitura interessante.

    ResponderExcluir
  3. Adorei.
    Já tinha visto esse livro, mas, nunca tinha lido nenhuma resenha. Logo, não sabia do que se tratava.
    Fiquei bastante curiosa pra saber no que vai dar essa viagem da Lulu. kkk'
    Adorei a resenha!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Leo!
    Eu adorei os livros Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi e pude ler um capítulo de Apenas Um Dia e adorei. A história parece ser muito boa mas eu não senti uma profundidade que você disse que o livro tem, acho que eu vou gostar de lê-lo. Parabéns pela resenha, ficou ótima.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Já tinha visto esse livro por aí, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele. Agora que lia sua, confesso que fiquei curiosa em relação a ele. Vou colocar na minha lista.
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Leo!
    Achei Apenas um dia muito, mas muito melhor que o outro e aguardo a continuação que será pela visão do Will, acredito que seja muito bom também.
    Como você fui arrebatada por esse livro...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Eu era louco pra ler Se eu Ficar, mas me decepcionei um pouco com a quantidade de resenhas negativas. Ainda bem que Apenas um Dia veio pra tirar o nome da Gayle da lama rsrsrs ( brincando)
    Ainda bem que sua leitura foi muito proveitosa, espero que os livros da autora sigam assim e continuem evoluindo *---*

    ResponderExcluir