1 de março de 2015

Tá Na Estante :: 'Uma Vez' #368

POSTADO POR EM 1 de março de 2015

Oi, gente. Tudo bem?


Olha eu aqui com mais uma resenha para vocês. O escolhido de hoje é o segundo volume de uma trilogia distópica lançada pela editora Galera Record. Vamos conferir?!

Livro: Uma Vez
Série: Eva (#02)
Autora: Anna Carey
Editora: Galera Record
Páginas: 288
Sinopse: Pela primeira vez desde que fugiu da escola, muitos meses atrás, Eva pode dormir tranquila. Ela está morando em Califia, um refúgio para mulheres, protegida do aterrorizante destino reservado às meninas órfãs na Nova América. Mas a estabilidade tem um preço: foi obrigada a se separar de Caleb, o garoto que ama. Mas, quando fica sabendo que ele está em perigo, abandona tudo para encontrá-lo e acaba caindo em uma armadilha. Agora, presa na Cidade de Areia e vigiada 24 horas por dia, Eva descobre um segredo de seu passado que não poderia ter imaginado nem em seu pior pesadelo. 

No primeiro volume da série, Eva descobriu que estava sendo enganada e fugiu da escola que vivia desde os cinco anos de idade, passando a viver no meio selvagem. Lá ela conheceu Caleb e apesar de a vida inteira ter ouvido que os homens eram horríveis, ela se apaixonou por ele. Porém, com as tropas do Rei de Nova América os perseguindo, Eva fugiu para Califia, um refúgio que ela acabou descobrindo ser só para mulheres, e com isso se separou do seu grande amor.

Uma Vez inicia-se algum tempo depois da chegada de Eva em Califia. Ela ainda sente falta de Caleb, mas aos poucos está se acostumando com a vida no refúgio. Maeve, uma das líderes, lhe acolheu em sua própria casa e a introduziu entre as outras garotas que lá viviam.

Para surpresa de Eva, sua grande amiga Arden, que lhe ajudou durante sua fuga, consegue chegar a Califia, apesar de estar bem diferente do que era, e as duas se tornam inseparáveis novamente. Porém, logo ambas percebem que a cidadela não é tão segura assim. Maeve somente aceitou Eva para barganhar para com o Rei, como uma moeda de troca, para garantir a independência de Califia. Ao saber disso, Eva e Arden decidem fugir e quando uma pista sobre o paradeiro de Caleb é ouvida, as duas sabem que está na hora de reencontrá-lo.

O único problema é que a pista é falsa e as duas garotas caem numa armadilha, sendo capturadas pelos soldados do Rei. Enquanto Arden é devolvida à escola para continuar o projeto de natalidade, Eva é levada à capital, a Cidade de Areia, onde encontrará o monarca.

Eva sempre acreditou que o Rei estava atrás dela porque queria que a menina fosse a mãe de seu herdeiro, mas a verdade a choca ainda mais. A garota descobre coisas sobre seu passado que têm um peso crucial em seu futuro, podendo colocar em risco todos os seus planos de ser feliz. E o pior de tudo: Caleb está sendo procurado por um crime que ela cometeu e sua pena será a morte.

Assustada e sem saber o que fazer, Eva precisa esconder seus medos e fingir que está tudo bem e que está feliz. Logo essa felicidade se torna real quando ela descobre que Caleb está na Cidade de Areia disfarçado, tramando um plano de fuga para os dois e muitos outros rebeldes, além de uma tentativa de derrubar o governo.

Porém, sempre há dificuldades no caminho e encontrar Caleb é um risco enorme para os dois, mas principalmente para ele. Só que o amor entre eles fala mais alto e logo os dois passam a se encontrar com frequência enquanto planejam sua fuga.

Será que Eva conseguirá escapar da Cidade de Areia com segurança? Quais os planos do Rei para ela? E quanto a Arden, o que será feito dela?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Assim que Eva lançou, no final de 2013, eu solicitei meu exemplar e li o mais rápido possível (resenha aqui). Me apaixonei pela história e fiquei ansiando pela continuação, mas 2014 começou e acabou e nada de Uma Vez ser lançado. Eis que então a Galera anunciou o lançamento para fevereiro e eu mal pude esperar para ter o livro em mãos, iniciando a leitura com as expectativas lá no alto... Quando eu vou aprender?!

A escrita de Anna Carey parece ter decaído nesse segundo livro. Tinha horas que eu queria jogar o livro pela janela, assim como teve horas que sofri com páginas e páginas de descrições desnecessárias e monólogos irritantes da protagonista. Além disso, a autora se perdeu completamente no rumo que estava dando à história, transformando a trama em algo incoerente e entediante, sendo que poderia ser algo sensacional.

Eva também regrediu bastante nesse livro. Era de se esperar que após o tempo vivendo na selva ou em Califia tivesse deixado-a mais madura, mas foi justamente o contrário. A protagonista tem 17 anos, mas age como se tivesse 12. É completamente boba e acredita em tudo aquilo que lhe falam. Anna até tentou fazê-la passar por esperta em algumas passagens, mas não me convenceu.

Senti muito a falta de Arden nessa continuação. No primeiro volume ela foi uma personagem extremamente cativante e que deu uns bons choques de realidade em Eva. Acho que foi justamente a ausência de Arden que deixou Eva tão chata.

Conhecemos alguns novos personagens, como o Rei, Beatrice, criada de Eva, e Clara, sobrinha do monarca. Ambos tinham um extremo potencial, mas a autora não soube desenvolvê-los da forma correta. Beatrice até consegue emocionar, mas o Rei e Clara, vilões em potencial, são completamente apáticos.

Quem roubou a cena foi o Tenente Stark. Apesar de aparecer poucas vezes, o homem conseguiu demonstrar sua vilania e deixar claro que Eva não sairia impune pelos seus atos. Quando apareceu em Eva, sempre soube que ele retornaria, mas não esperava que dessa forma, o que foi uma boa surpresa.

O final me deixou com um gostinho de quero mais, o que pensei que não aconteceria. Uma Vez foi um livro extremamente previsível e clichê e faltando pouquíssimas páginas para concluir a autora deu uma reviravolta na história que me convenceu a ler o terceiro volume, apesar de já saber que isso aconteceria.

Sobre o trabalho gráfico, mais uma vez Galera Record deu um show. A capa é uma adaptação da original e segue o padrão do primeiro livro. A revisão está ótima, assim como a tradução. A diagramação é simples, as letras e o espaçamento ótimos para a leitura e as folhas são amareladas.

Infelizmente, Uma Vez me decepcionou. Fiquei mais chateado não pelo fato de a história ter sido ruim, mas sim porque realmente queria ter gostado. Eu acho que é uma série que vale a pena ser lida e como tenho esperanças para o terceiro livro, Rise, deixo minha recomendação para vocês e um conselho: leiam sem expectativas e com um ótimo humor.

Beijos e até a próxima!

15 comentários:

  1. Eu li resenhas de Eva e gostei muito da história. Fiquei super curiosa...
    Infelizmente ainda não li o primeiro e agora com a continuação a curiosidade aumentou (apesar de só 3 estrelinhas..kkkk).

    Parabéns!!!

    http://clubedolivrope.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olaa
    Sempre ouvi falar bastante mas nunca surgiu uma vontade forte de ler, nao me atraiu o livro e lendo sua resenha fico mais de boa vendo que nao perdi nada demais haha.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  3. Nunca me interessei para ler essa série, por mais que a capa seja bem atrativa. Depois de ver a sua opinião, acho que vou demorar bastante tempo para lê-la, se é que vou me aventurar na leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Nunca me interessei para ler essa série, por mais que a capa seja bem atrativa. Depois de ver a sua opinião, acho que vou demorar bastante tempo para lê-la, se é que vou me aventurar na leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Fala Leo, bão?

    Uma amiga blogueira tinha me recomendado Eva ano passado, assim que tinha lançado e a obra não despertou meu interesse. Estou cansado dessas distopias que a mocinha corre do tirano e o mocinho que ela está destinada a ficar com (pq ela sempre está destinada a isso, mesmo que a história apresente empecilhos) correndo para salva a própria vida ou naquela ladainha de que não podem ficar juntos e etc.... Isso me incomoda tanto ¬¬ HAHAHA Quem sabe não leio esse ano ainda os dois livros.

    PS: Fala com esse Tenente Stark pra passar longe do G R R Martin HAHAHAHA

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Bem não conhecia este titulo ainda, mas realmente, o que você disse é verdade, livros com esse tipo de enredo costumam ter finais previsíveis rs. Gosto de historias um pouquinho mais complexas, mas parabéns pela resenha!
    http://entrelinhaseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Não li o primeiro livro, pois não segue muito o gênero de leitura que gosto. Porém, vi que até pra vc que gosta da série o livro foi decepcionante. Uma pena. Sempre ruim quando o livro não agrada.

    http://cafeecomletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. oi leo :)
    eu to doida pra ler Eva mas ainda não tive a oportunidade, por isso ainda vou adiar um pouco a leitura.
    gosto desse tipo de leitura e bom pelo menos o final desse livro te animou a continuar :) eu até gosto de clichês sabe, mas as vezes fica chatinho =p nada como uma boa reviravolta pra animar ^^
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  9. Ainda não tinha ouvido falar sobre este livro. Fiquei interessada !

    http://dictomia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Já tinha ouvido falar dos livros, mas por se tratar de uma distopia (que não sou muito fã), não me empolguei.
    Lendo sua resenha vi que não perdi nada de mais uma vez que a autora decaiu de um livro para o outro.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Leo, uma pena que este volume ficou a desejar para você. Com tantas séries e livros para ler, vou acabar deixando esta para depois.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  12. Oi, Leonardo! Nunca tinha ouvido falar dessa série e a história pareceu ser bem interessante, mas é uma pena que a autora não tenha desenvolvido bem este segundo volume. É péssimo quando as tramas perdem o fôlego. Espero que o terceiro livro seja melhor! Não fiquei com vontade de ler esse livro, principalmente pelo fato de você dizer que a protagonista é imatura e chata haha Assim não dá :( Enfim, ótima resenha! Beijos

    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  13. As velhas e malditas expectativas! Elas são as causas de muitas das nossas maiores frustrações literárias, creio eu. Eu sou apaixonada por Eva desde que li a sinopse do livro, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler. Gosto bastante de distopias, e achei a premissa dessa em particular muito diferente de tudo que já li. Infelizmente, os autores acabam não mantendo o mesmo nível na escrita de um livro pra outro, na maioria das vezes, e eu fico bastante chateada de saber que esse é o caso de Uma Vez. Mesmo assim, pretendo acompanhar a saga sim.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Leonardo.
    Nem li a resenha por motivos de: este é o segundo livro. Hahahaha
    Então, não sabia que era uma trilogia distópica e já anotei aqui na minha agendinha na aba de "para comprar". AMO distopia, embora algumas não sejam tão boas assim. Apesar de visto 3 estrelinhas ali, vou dar uma chance e comprar em breve.

    Beijão,

    Sabrina - Blog Romances e Leituras

    ResponderExcluir
  15. Oi Leo, tudo bom?
    VEEEEIIII, essa editora ta fazendo umas capas de cair forninhos, essa capa ta perfeitaaaa!
    O primeiro livro parece ser bom demais, já fico curioso só de ver as capas ashaushaus
    Seu post está ótimo, não sei se estou mais curioso ou um pouco decepcionado de vc não ter gostado tanto... Enfim, só lendo pra saber né?
    Abraços!

    ResponderExcluir