27 de maio de 2015

Tá Na Estante :: 'Ligeiramente Maliciosos' #401

POSTADO POR EM 27 de maio de 2015

Heeey, gente. Tudo bem??


Como está a vida de vocês? Por aqui tá tudo okay, fora essas trezentas mil provas que não me deixam tempo sequer para respirar. Nos últimos vídeos reclamei que não li tanto quanto queria, preparem-se porque nesse mês eu não li nada. Mas chega de enrolação e vamos logo para a resenha que é mais interessante ;)

Livro: Ligeiramente Maliciosos
Série: Os Bedwyn #02
Autora: Mary Balogh
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Sinopse: Após sofrer um acidente com a diligência em que viajava, Judith Law fica presa à beira da estrada no que parece ser o pior dia de sua vida. No entanto, sua sorte muda quando é resgatada por Ralf Bedard, um atraente cavaleiro de sorriso zombeteiro que se prontifica a levá-la até a estalagem mais próxima.Filha de um rigoroso pastor, Judith vê no convite do Sr. Bedard a chance de experimentar uma aventura e se apresenta como Claire Campbell, uma atriz independente e confiante, a caminho de York para interpretar um novo papel. A atração entre o casal é instantânea e, num jogo de sedução e mentiras, a jovem dama se entrega a uma tórrida e inesquecível noite de amor.Judith só não desconfia de que não é a única a usar uma identidade falsa. Ralf Bedard é ninguém menos do que lorde Rannulf Bedwyn, irmão do duque de Bewcastle, que partia para Grandmaison Park a fim de cortejar sua futura noiva: a Srta. Julianne Effingham, prima de Judith.Quando os dois se reencontram e as máscaras caem, eles precisam tomar uma decisão: seguir com seus papéis de acordo com o que todos consideram socialmente aceitável ou se entregar a uma paixão avassaladora?Neste segundo livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos conquista com mais um capítulo dessa família que, em meio ao deslumbramento da alta sociedade, busca sempre o amor verdadeiro.

'No início era apenas uma aventura inocente, mas se tornou uma paixão avassaladora.'

Ligeiramente Maliciosos é o segundo livro da série Os Bedwyn. A Editora Arqueiro está apostando nos lançamentos dos Romances de Época aqui no Brasil, e eu devo confessar que estou curtindo muito esse tipo de história. Ligeiramente Casados, primeiro livro da série, me pegou de jeito e eu estava superanimada e com altas expectativas para Ligeiramente Maliciosos.



A história começa quando Judith é mandada para outra cidade a fim de viver com sua tia e ajudá-la na organização dos bailes da temporada, bem como cuidar de sua avó que necessita que alguém ao seu lado todo o tempo. Judith sempre foi tratada como o patinho feio da família. Ruiva e voluptuosa, a moça sempre acreditou que toda a atenção que recebia da sociedade - em especial dos homens - era graças ao seu jeito desengonçado e nada atraente de ser.

Enquanto dirigia-se para a casa da tia, a diligência onde Judith estava sofreu um acidente e ela acabou sendo a única a ser resgatada pelo pomposo Ralf Bedard. Sentido a atração do homem para com ela, Judith não consegue não se deixar levar por essa que poderia ser a melhor noite de sua vida. Sob o pseudônimo de Claire Campbell ela entrega a Ralf o que tem de mais precioso e, ao ir embora, guarda dentro de si o sentimento mais puro que um ser humano pode sentir.



Porém o destino dos dois já estava traçado de uma forma inesperada. Naquela noite não era apenas Judith que se protegia sob um pseudônimo, Ralf na verdade é Rannulf Bedwyn, o irmão do duque de Bewcastle. Mas como se já não fosse suficiente o homem ser quase um nobre, ele também era o prometido de Julianne Effingham, a fútil prima de Judith.

Agora Judith e Rannulf tem a missão de esconder os sentimentos que os consome ou se entregar a esse amor sem medo das regras e julgamentos. E essa não será a decisão mais difícil da vida deles.

Em se tratando de enredo, Mary conseguiu se superar com esse livro. A história é altamente cativante e envolvente. Novos personagens são sempre incrementados à trama deixando tudo ainda mais intrigante e envolvente para os leitores. Além dos personagens, Mary soube criar tramas secundárias diversas que não deixaram a história cansativa ou menos interessante, só apimentou mais a coisa toda.



Em se tratando de personagens, temos uma grande gama de pessoal secundário que torna a trama bem envolvente. A tia e prima de Judith são personagens detestáveis. Por muitas vezes senti vontade de ralar não só a cara, mas o corpo todo delas no asfalto. A avó de Judith é maravilhosa. Você irá rir horrores com ela e se identificar muito, ela é como o eu leitor na história, sabe? Acho que até por isso senti uma dor tão grande quanto a da Judith naquele acontecimento tenso lá pro final da história (que não é uma morte, haha), quem ler vai compreender.



A avó do Rannulf também é muito amor, mas eu confesso que estava esperando outra coisa dela. O duque de Bewcastle e os outros irmãos do Rannulf - os quais serão personagens principais da próxima história - também dão uma passadinha nessa trama, mas o foco real está nesse casal protagonista.

Eu amei o Rannulf, achei ele um cara interessante e dono de si e dos seus sentimentos, porém achei que em alguns momentos ele foi muito em cima do muro. Ou vai ou não vai, meu filho. A Judith é um caso a parte, de primeira achei ela muito chata, mas depois entendi que ela sempre sofreu uma pressão psicológica de todos a sua volta, por isso agia como agia. No fim das contas, curti os dois.



Mary Balogh criou um romance de época bem envolvente e interessante, trazendo os melhores pontos das altas temporadas e bailes do século XIX. Achei a narrativa bem fluida e gostosa, o enredo interessante e a trama surpreendente. Claro que indico e já estou bem ansiosa para saber o que ela irá me aprontar em Ligeiramente Escandalosos.

Beijocas e até a próxima!!!

2 comentários:

  1. pode surtar agora ou daqui a pouco?
    sou apaixonada por estes romances de época e ja faz um tempo que acompanho o trabalho da Mary no face, com as multiplas divulgações! Estou conhecendo uma nova forma de escrever romance de época que esta me encantando! Mary tem um jeito especial de escrever
    ja apaixonada
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Bárbara, tudo bom?
    Primeiro: que fotos mais lindas, ficou muito bonitinho no post <3
    Adorei sua resenha, fiquei com muita vontade de ler esse livro, parece ser tão bom!!
    Um beijo.
    Garota do Livro

    ResponderExcluir