17 de junho de 2015

Tá Na Estante :: 'Adivinhe quem sou' #409

POSTADO POR EM 17 de junho de 2015

Heey, gente. Tudo bem??


Como está a vida de vocês? Aqui está tudo uma loucura, mas vai dar tudo certo ;) Hoje venho com uma nova resenha. Em uma só semana chegaram 3 livros da diva Megan Maxwell aqui (sério, tenho uma paixão pela escrita dessa mulher), e como não sou besta, já devorei um deles. Agora vamos conferir o que eu achei ;)

Livro: Adivinhe que sou
Sério: Adivinhe quem sou #01
Autora: Megan Maxwell
Editora: Essência (Planeta de Livros)
Páginas: 392
Compre: Submarino • Saraiva • Americanas
Sinopse: Como toda jovem, Yanira é inquieta e quer mais da vida do que trabalhar no comércio da família. Por isso, ao deixar sua vida tranquila, ao lado de seus pais e irmãos, na paradisíaca ilha de Tenerife, a cantora e neta de roqueira quer traçar um novo destino para si, mais apimentado e recheado de aventuras. Incentivada por sua impetuosa amiga Coral, ela se muda para Barcelona e se emprega num cruzeiro de férias como garçonete. Sobre as águas do Mar Mediterrâneo, Yanira vai acumular experiências de vida e conhecer pessoas do mundo todo, como o porto-riquenho Dylan, um atraente empregado da manutenção do navio, que a excita só com o olhar. Apesar da forte química que existe entre eles, Dylan não parece ser muito afeito ao que Yanira tem a oferecer, o que a incita ainda mais. Não deixe de ler esta inspiradora e picante comédia romântica, da best-seller Megan Maxwell - autora da trilogia Peça-me o que quiser. 

Com sua escrita quente e engraçada, Megan Maxwell tem o poder de prender o leitor nas primeiras páginas de sua história. Nessa nova série, completamente diferente de todos os livros dela que já li, a autora não fez diferente. Criou uma história ímpar com personagens carismáticos e envolventes, e alguns loucos, segurando o leitor firmemente na narrativa.



Yanira é uma jovem e espevitada espanhola. Sonha em ser cantora e segue seu sonho quando é despedida da creche onde trabalha. Oriunda de uma família maluca, mas muito unida, vê em seus pais, opostos que se amam; suas avós, uma completamente normal e outra completamente insana; seus irmãos gêmeos e geeks; e seu irmão mais velho e melhor amigo, seu porto seguro. Eles a apoiam em toda e qualquer decisão, independente das consequências que elas tenham.

Agora Yanira irá realizar seu sonho, em partes. Contratada para cantar na Orquestra de um dos hotéis da paradisíaca ilha Tenerife, a jovem moça percebe que pode viver de música e batalha ainda mais para alcançar sua grande realização. Apesar de parecer meiga e romântica, Yanira é o oposto disso. Mesmo vendo o relacionamento dos seus pais durar mais que sua vida, a jovem é desacreditada no amor e fã do sexo sem compromisso.



Coral, sua melhor amiga, é o completo oposto da garota. Mas quando leva um pé na bunda de seu amado noivo Toño, não pensa em outra coisa que não deixar a vida levá-la. E pensando nisso, convida Yanira para embarcar junto com ela em um cruzeiro. Elas serão funcionárias, mas terão a chance de embarcar em diversas aventuras e desbravar um mundo até então desconhecido.

Antes mesmo de embarcar, Yanira já se esbarra em Dylan: um morenão lindo e sensual. Seu coração palpita, mas ela força-se a acreditar que é puro desejo. No entanto, esse desejo aumenta a cada vez que ela encontra com o moço, que também é funcionário do navio, a bordo. Porém, aparentemente o moço não joga no seu time. Entretanto, isso não faz com que o desejo de Yanira diminua. Ela não consegue tirar Dylan da cabeça.

Com o passar do tempo a jovem percebe que Dylan está lhe dando mais atenção do que deveria, ou do que dava anteriormente, começa então o jogo de sedução. Eles se querem, se desejam e demonstram isso. Algo me diz que esse navio vai tremer. Aguardem cenas dos próximos capítulos.



Durante a leitura de Adivinhe quem sou, não pude deixar de associar o livro à trilogia Peça-me o que quiser. No começo temos algumas cenas de swing e uma introdução a um mundo sexual mais liberal, mas para por aí. Todas as cenas hots que acontecem no decorrer da trama são protagonizadas pelo casal principal e apenas eles. 

Além disso, Megan conseguiu trazer uma trama interessante para um livro erótico. O casal protagonista não vivem pendurados um no outro transando (apesar de fazerem muito isso). Existe uma trama bem interessante que deleita o leitor e o deixa curioso para o que está por vir. A história é cheia de personagens secundários que são peça chave para diversos pontos.



Yanira é uma personagem maravilhosa. Acho até que isso já é peça chave na escrita da Megan. As mocinhas são fortes. Mesmo nos seus maiores momentos de depressão, elas afirmar e reafirmam categoricamente o que querem. Não são dobradas facilmente, impõe quem são. #VivaAsMulheres.

Devo confessar que as primeiras duzentas páginas são mais interessantes. Talvez interessante não seja a palavra certa, mas por estarmos descobrindo algo novo, ficamos presos à essa parte da história, tornando-se quase impossível largar o livro. As páginas finais são um pouco mais densas e por vezes queremos parar a leitura e refletir a cerca da história. Entretanto consegui concluir a leitura em duas noites, posso dizer.



Adivinhe quem sou é um daqueles livros que vai te causar diversas emoções. Do riso ao choro. É um livro dotado de personalidade e que traz o erótico não apenas nas cenas de sexo, mas até nas descrições dos olhares dos personagens. Dotado de uma singularidade, nos deixa ainda mais aflitos para saber o que vem em seguida. Confesso que estou me segurando para não emendar um livro no outro. Ou será que deveria? Comentem aí embaixo. Ah, claro que indico!

Beijocas e até a próxima!

3 comentários:

  1. Eu não gosto muito dos livros eróticos, raros são os que eu leio e apenas aqueles em que há poucas cenas de sexo. Mas tirando isso, parece um livro bem interessante, com uma história que há muito o que aproveitar.

    Beijos,
    Sara | Livro de Gente
    www.livrodegente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Se fosse eu, emendaria. Aliás, tenho sérios problemas em ler livros com sequências. rsrsrs Se não conseguir ler o outro logo, parece que vou enlouquecer.

    ResponderExcluir
  3. Acho interessante, mas não sou muito desse tipo de leitura!
    Mas vale a dica pra fugir dos livros "modinhas".
    Lindo blog, apaixonei!

    palomacassiano.blogspot.com

    ResponderExcluir