19 de julho de 2015

Tá Na Estante :: 'Brilhantes' #418

POSTADO POR EM 19 de julho de 2015

Oi, gente. Tudo bem?


Estou aqui hoje com a missão de falar pra vocês de um livro que se tornou um queridinho e com certeza figura a lista das minhas dez melhores leituras do ano, isso se não for A melhor leitura. O livro é um lançamento de julho da Galera Record. Vamos conferir?!

Livro: Brilhantes
Série: Brilliance (#01)
Autor: Marcus Sakey
Editora: Galera Record
Páginas: 476
Sinopse: A partir de 1980, um por cento das crianças começou a apresentar sinais de inteligência avançada. Essa parcela da população, chamada de “brilhantes”, é vista com muita desconfiança pelo restante da humanidade, que teme a forma como esse dom será usado. Nick Cooper é um deles, um agente brilhante, treinado para identificar e capturar terroristas superdotados e levá-los para a custódia do governo. Seu último alvo está entre os mais perigosos que já enfrentou, um líder responsável pelo maior ataque terrorista dos últimos tempos e que pretende começar uma guerra civil. Mas para capturá-lo, Cooper precisa se infiltrar em seu mundo e ir contra a tudo o que acredita. Denominado pelo Chicago Sun-Times como o mestre do suspense moderno, Markus Sakey criou um universo ao mesmo tempo perturbador e incrivelmente semelhante ao nosso, onde um dom pode se tornar uma maldição. 

Os brilhantes sempre existiram e fizeram parte da sociedade. Eles podiam ser controlados, porque eram poucos, casos isolados. Entretanto, a partir do ano de 1980, um a cada cem nascidos desenvolvia habilidades fora do comum e a questão saiu da zona de conforto do governo. Em 1986 estudos revelaram esse censo. Os brilhantes avançavam a tecnologia em 10 anos em questão de meses e eram muito úteis, mas alguns usavam suas habilidades para o mal e precisavam ser detidos.

Para isso, foi criado o Departamento de Análise e Reação, onde trabalha Nick Cooper. Cooper é o melhor agente do DAR, trabalhando na subdivisão conhecida como Serviços Equitativos. Sua missão é encontrar e capturar brilhantes acusados de terrorismo. A ironia é que Nick é um brilhante. Ele consegue prever os movimentos das outras pessoas antes que elas façam ou o que querem dizer sem que digam, apenas analisando sua linguagem corporal. Esse dom lhe permite saber quando alguém está mentindo e até mesmo ajudá-lo em uma batalha corpo a corpo. Não é à toa que quando a situação complica, é o nome de Cooper que chamam.

Claro que por serem superdotados, os brilhantes não são bem vistos na sociedade, sendo chamados de esquisitos ou anormais. Todas as crianças devem ser testadas aos oito anos em busca dessa anormalidade. As mais poderosas, de primeiro escalão, são enviadas para academias, onde perdem a identidade e são treinadas pelo governo. Quando se formam, podem trabalhar para eles... Ou não.

Cooper tem seus próprios problemas, dentro e fora da agência, por causa de seu dom. Outro agente, Roger Dickinson, o trata como escória, mas quem disse que Cooper liga? Ele é o melhor, sabe disso e não deixará que algo tão banal o impeça de realizar suas funções. Nick também divorciou-se da esposa por causa disso. Eles ainda são amigos e tem dois filhos, mas o casamento não resistiu.

A missão alfa do DAR é capturar o terrorista John Smith. Smith entrou em um restaurante e metralhou 73 pessoas que lá estavam, incluindo um senador da república, mulheres e crianças. Esse fato transformou-o no homem mais procurado do país, mas capturá-lo é algo que se prova extremamente complicado. Inúmeros atentados são anunciados como obras de Smith e quando Cooper falha para impedir mais um, que destruiu a bolsa de valores e matou centenas de pessoas, ele percebe que está fazendo tudo do jeito errado.

A filha mais nova de Cooper, Kate, precisará fazer o teste de brilhante antes do previsto. Aos 4 anos, Nick e a esposa, Natalie, têm certeza que ela é uma brilhante do primeiro escalão e isso significa que ela será levada para uma academia e separada deles para sempre. Quando a influência de Nick no DAR não é suficiente para impedir o teste, ele sabe que o único jeito de protegê-la e ao irmão Todd é se John Smith for capturado e é aí que ele vira a casaca.

Nick procura seu chefe, Drew Peters, após o atentado da bolsa de valores e faz uma proposta. Ele seria o bode expiatório, assumindo a culpa pela explosão. Assim, ele seria perseguido pelo DAR, é claro, mas lhe daria uma chance de entrar para o time dos bandidos e destruí-lo por dentro, matando John Smith enquanto finge-se de aliado. Sua única condição é a certeza de que Kate jamais será testada.

Acordo selado, Cooper precisa se afastar de tudo aquilo que sempre acreditou e entrar no mundo do crime, de forma que isso chame a atenção de Smith para si. Quando seu caminho cruza com o de Shannon, aliada direta do terrorista e também brilhante, Nick percebe que encontrar John Smith não será tão fácil, mas quem disse que ele se importa? Cooper vai encontrar Smith ou morrer tentando. O único problema é que, conforme ele vai entrando mais nesse outro lado da história, mais ele vai percebendo que nem tudo é o que parece.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler essa incrível história!

A primeira vez que ouvi falar de Brilhantes foi quando a Galera Record anunciou que lançaria o livro aqui no Brasil. Eu não sabia muito bem do que se tratava, mas depois de participar do Mochilão da Record - e ouvir o gerente de Marketing da editora, Guilherme Filippone, falando maravilhas do livro - eu soube que precisava lê-lo o mais rápido possível. Assim, quando o livro chegou, passei na frente da lista infinita e não me arrependi.

A escrita de Marcus Sakey é sensacional. O livro é totalmente narrado em terceira pessoa pela visão do protagonista e é ação do começo ao fim. Sakey soube desenvolver cada nuance da história de uma forma crível, fazendo com que o leitor realmente acreditasse que aquilo era real e entrasse na história, se vendo nas mesmas situações de Cooper e tentando encontrar saídas. 

Além disso, Marcus também caracterizou muito bem os dons dos brilhantes. Não era aquele tipo de característica que você diz que o personagem tem e pronto. Não. A todo momento o autor mostrava as habilidades dos brilhantes e as usava para desenvolver uma cena ou encontrar uma explicação para certo fato. A cada página uma reviravolta era anunciada e lá estava o dom tendo seu lugar ao sol.

O que dizer sobre nosso protagonista? Absolutamente fantástico. Nick Cooper entrou pra lista de personagens mais fodásticos da literatura e tornou-se um queridinho. O cara é completamente badass e sem papas na língua. Como dito anteriormente, ele é bom e sabe disso, mas não de uma forma arrogante, ele só sabe. O autor caracterizou Nick muito bem logo no começo e seguiu nesse mesmo ritmo até o fim.

Os outros personagens também foram bem construídos, mas além de Cooper, apenas Shannon, A Garota que Atravessa Paredes, teve um destaque maior e desde o primeiro momento eu já shippei ela com Nick, mesmo os dois estando em times opostos. Shannon também é badass e é uma personagem incrível e possui o dom que eu mais invejei em toda história.

A trama do livro é dividida em três partes e levam aquele estilo clássico quando isso acontece. A primeira é bem introdutória e vai apresentando o DAR, Nick e toda questão dos brilhantes. A segunda é um desenvolvimento de tudo isso, levando ao clímax, que está na terceira parte e que é sem sombra de dúvidas a mais espetacular de todas.

Quando comecei a ler o livro, pensei se tratar de uma distopia, mas fiquei em choque quando descobri que o livro inteiro se passa em 2013. A tecnologia é muito avançada por causa dos brilhantes, com direito a apetrechos de espiões mega complicados e equipamentos que substituem a necessidade de transplante de coração. Acho que por ser "atual" e não ter tido um apocalipse, o livro encaixa-se no gênero ficção científica.

Sobre o final, não tenho palavras pra medir o que senti. Eu só sei que preciso dos outros livros da trilogia pra ontem. Cada segundo foi crucial para transformá-lo em um final digno para tudo que veio sendo construído desde a primeira página e Sakey não só fez tudo de forma espetacular, como fechou todas as pontas e deixou só uma questão em aberto, que é o que vai render a continuação, que tem tudo pra ser absolutamente sensacional.

A edição física do livro está linda, mais um trabalho sensacional da Galera Record. A capa brasileira ficou linda, melhor que a original na minha opinião. A diagramação é simples, mas conta com alguns anúncios de jornal ou matérias de sites tais como se fossem de verdade. Deu pra entender? A revisão está ótima, mas encontrei alguns errinhos no decorrer da leitura, nada muito gritante. As folhas são amareladas e a fonte é grande.

Brilhantes chegou com tudo para abalar o mercado editorial e merece a atenção de todos vocês. O livro está em processo de adaptação para as telonas, com Jared Leto no papel principal. Digno, não? Eu com certeza recomendo essa leitura a todos. E Gui, obrigado por colocar esse livro na minha vida <3

Fiquem agora com o booktrailer dessa obra fantástica!



Beijos e até a próxima!

12 comentários:

  1. Oi Léo!
    Conheci o livro no Mochilão tbm, e foi amor a primeira vista <3
    Que maravilha me deparar com uma resenha tão positiva assim, pois por mais que a vontade de ler o livro é grande, estava com a sensação de que ainda não era a hora certa para lê-lo. Mas agora quero fazer isso o quanto antes *-*

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?

    Recebi esse livro de ação pela GR e até comecei a leitura, mas eu sou do tipo que se a escrita da autora não me prende logo de cara pelo menos nas 20 primeiras páginas, eu pulo e pego outro livro. Curti saber todo lance dele ser bode expiatório e tentar fugir da própria agencia para o qual trabalha, por isso acho que vou dar mais uma chance para a obra e devo ler em breve, só não sei quando rsrs. Adorei a ideia dos super dotados, pois eles possuem "poderes", mas não é aquela coisa irreal tipo X-men, pois é possível sim existirem pessoas igual a eles.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Esse livro chegou em casa faz um tempinho, mas eu não fazia ideia de abordava uma trama tão extraordinária... É o tipo de livro que eu adoro, não largo por nada, entende?! Agora eu sei sobre a DAR, sobre Cooper e sobre os atentados, eu fiquei mais curiosa ainda para descobrir o desenrolar da trama e saber se ele conseguiu proteger a família e capturar o terrorista.

    Beijos,
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Leonardo, não conhecia o livro, portanto não sabia do que se tratava, mas ao ler sua resenha pude além de conhecer saber do que se trata o livro. E confesso que para mim tudo que li me remeteu a X-Man, posso estar enganada, mas isso acabou me deixando um pouco ressabiada com a história. Mas apesar disso a trama parece ir além do que demonstra. E juntando o fato de que é claramente possível perceber que você adorou e se empolgou me deixou um pouco curiosa. Mas não vai ser uma leitura que irei fazer logo, minha lista tá muito extensa rs

    ResponderExcluir
  5. Oi Leonardo, tudo bem ?

    Eu lembro do lançamento desse livro, mas não dei muita atenção pra ele. Agora lendo sua resenha fiquei super animada e curiosa para ler esse livro, você apontou pontos que adoro em uma narrativa. Estou louca aqui para saber o que vai acontecer com o protagonista agora que ele está do outro lado. Nossa. Parabéns pela resenha, dica mais que anotada.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem? Eu sempre reparo (maaais ou menos) nos lançamentos da Record e não me recordo dele, principalmente de vê-lo por ai nos blogs. O que é uma pena pois realmente fiquei encantada com esse livro e com muita vontade de ler.
    Essa coisa de brilhantes me parece bem um X-Men e eu adoro, alias... sou muito fã de super dotados/mutantes e etc. Vou procurar mesmo esse livro e espero gostar do Nick tanto quanto voce

    ResponderExcluir
  7. Olá.
    Assim que li que o livro entraria na sua lista de melhores do ano, já tinha me convencido a ler kkk, ai continuei lendo sua resenha e quando cheguei ao fim já estava desejando o livro em minhas mão.
    Sem duvidas entro para lista de próximas compras.

    Bjs
    http://nosleitoras.com/

    ResponderExcluir
  8. Não sabia que o livro ia ser adaptado! *-* Estou lendo agora e adorando, mas ainda não cheguei na metade. É viciante, e saber que o final ficou tão espetacular e que vai fechar quase todas as pontas soltas, deixando apenas uma questão em aberto, só me faz querer terminar logo pra descobrir o que vai acontecer. Virei fã do Cooper logo de cara!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  9. Eu não conhecia o livro e que resenha ótima, esse enredo é de matar de suspense qualquer um . Já anotei a dica, pelo visto ao autor trabalho o suspense prendendo o leitor do início ao fim. abraços

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Leo, Leo, Leo... isso é coisa que se faça com a amiguinha? Já não sabe que eu tô com a fila mais que atrasada?
    Tipo, eu nem curto essa parada de dom e tal, mas como não querer ler depois de tanta falação? É a mesma coisa com Red Queen.
    E não sabia da adaptação, mais um motivo pra ler! Haja tempo! rsrsrs
    Só dói o coração ser uma trilogia e o primeiro já ser um tijolo. Ai, minha fila mesmo! hahaha
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Leonardo, tudo bem? Não conhecia o livro ainda, mas já me interessei. Achei o dom de Brilhantes bem interessante e a forma como o autor desenvolveu isso parece ter sido muito bem feita. Além disso, o livro tem perseguição, inteligência e terrorismo... coisas que eu gosto.

    Achei super legal ser algo mais recente e portanto, mais "real" do que muitas obras distópicas que a gente vê por ai, com futuro pós apocalíptico e talz. Os personagens parecem bem construídos e o Nick parece ser bem foda mesmo.

    Adorei o book-trailer e já estou curiosa com essa adaptação, mas claro que quero ler o livro antes.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  12. Este é um dos livros da minha whisilist
    Gostei muito do booktrailer!
    Até Mais!
    diurnosleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir