11 de julho de 2015

Tá Na Estante :: 'Em Busca de Cinderela' #413

POSTADO POR EM 11 de julho de 2015

Oi, gente. Tudo bem?


Férias chegaram, meu notebook voltou pra casa depois de um tempo no conserto, então preparem-se para um bombardeio de resenhas minhas por aqui, hehe. O livro escolhido de hoje é um lançamento de julho da Galera Record, escrito por uma das minhas autoras queridinhas. Vamos conferir?!

Livro: Em Busca de Cinderela
Série: Hopeless (#2,5)
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 160
Sinopse: Neste conto da bem-sucedida e adorada série Hopeless, o leitor conhecerá melhor dois personagens secundários de "Um caso perdido". Daniel está no breu do armário de vassouras da escola – o perfeito esconderijo para quem quer fugir do mundo real –, quando uma garota literalmente cai em cima dele. Às cegas, os dois vivem um curto romance, mesmo sem acreditar muito no amor. No fim a garota foge, como se realmente fosse a Cinderela e tivesse uma carruagem prestes a virar abóbora. Um ano depois, Daniel e sua princesa se reencontram, e percebem que é possível nutrir um amor de conto de fadas por alguém completamente real. Juntos, os dois irão perceber que fora do faz de conta, ficar juntos é bem mais difícil e os problemas de um casal são muito reais.

Como a sinopse já diz, esse livro é um conto que tem dois personagens secundários de Um Caso Perdido como protagonistas. Daniel é o melhor, ou talvez o único, amigo de Dean Holder. Sua vida ficou bem parada depois que Holder mudou-se para Austin e ele ficou sozinho na escola. Como não tinha nenhuma aula no quinto tempo, Daniel escondia-se no armário do zelador, de forma que ninguém da secretaria o encontrasse e lhe desse uma aula para fazer nesse período.

O armário era seu cantinho, onde ele aproveitava os cinquenta minutos para cochilar até o próximo sinal tocar. Porém, durante uma dessas tardes no local ele conhece uma misteriosa garota que simplesmente cai em cima dele. Os dois acabam se aproximando e vivendo um curto romance. Daniel deseja saber quem ela é, mas esta não quer revelar sua identidade. Durante todos os dias da semana, Daniel espera a sua misteriosa Cinderela aparecer novamente no armário, mas é só na semana seguinte que acontece um reencontro, a experiência mais perfeita do mundo para ele. Só que a garota diz que vai embora e nunca mais voltará, assim preferindo não saber quem ele é, com medo do que isso acarretaria em sua vida.

Um ano depois, Daniel ainda não esqueceu sua Cinderela. Durante meses ele a procurou pela escola e até achou ter encontrado, mas sua namorada, Val, não tem absolutamente nada daquela garota que ele conheceu no armário. Por comodismo, ou talvez por ser um adolescente cheio de hormônios, ele nunca conseguiu terminar o relacionamento, assim ficando em um intenso vai-e-volta com a garota. Mas quando Val exige que Daniel mude para que eles fiquem juntos, essa é a gota d'água e a relação acaba.

Frustrado e feliz ao mesmo tempo, Daniel vai visitar Sky e Holder e é aí que sua vida vira de cabeça para baixo. No quarto de Sky ele conhece Six, melhor amiga da garota. Uma atração surge, mas logo é cortada por Holder, que não quer que os dois se relacionem com medo de que isso interfira na amizade deles. Porém, esse é o estopim para que Daniel fique fissurado em Six e a convide para sair, logo desencadeando um romance escondido de tudo e de todos.

Daniel e Six ficam cada vez mais próximos e a dificuldade de esconder seu relacionamento fica cada vez maior. A intensidade da relação deles é enorme, o que os deixa assustados e ao mesmo tempo felizes. Eles não são do tipo romântico, que acreditam em amores eternos e à primeira vista, mas se conhecendo a menos de um dia e já estarem se gostando tanto pode fazer com que essa crença caia por terra.

E, como sempre, o destino tem surpresas guardadas para o futuro e fica a cargo de Daniel e Six saber o que farão com essas descobertas e seus fantasmas retirados do armário. As consequências podem ser catastróficas, mas sempre dizem que o amor vence tudo. Será mesmo?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Como falar de um livro com pouco mais de 150 páginas sem contar spoilers? É meio complicado, tendo em vista que a própria sinopse, além de enganar o leitor, também possui revelações sobre o enredo. Quando o livro foi abordado no Mochilão da Record, foi apresentado de uma forma, e o que li não se aproximava em nada do que foi contado lá.

Sou apaixonado por Colleen Hoover e Hopeless e sempre falei que Six era minha personagem favorita, mesmo aparecendo tão pouco. Quando soube que ela teria sua própria história, fiquei contente e ao mesmo tempo muito receoso. A personalidade de Six é sua característica mais interessante e fiquei com medo de que Colleen a alterasse para inserir os elementos new adult na trama, mas fui surpreendido.

A escrita de Hoover é sensacional, não preciso dizer isso pra vocês. É daquele tipo que te prende no prólogo e só te solta no final. Colleen escreve com uma delicadeza ímpar e leva os sentimentos do leitor do êxtase à tristeza, sem nunca perder o foco ou o ritmo acentuado. Em Busca de Cinderela é uma prova disso. Por ser menor que os outros livros da autora, foi o que li mais rápido, em pouco mais de uma hora, mas também o que mais aproveitei. 

O livro já começa de forma diferente por ser narrado por Daniel. Eu esperava que fosse pela perspectiva de Six, ou no mínimo uma troca de POV a cada capítulo, mas não. Colleen seguiu tendo Daniel como narrador e isso deu um toque a mais à trama.

Falando agora sobre os protagonistas. Colleen conseguiu manter a personalidade irreverente de Six. Ela está um pouco mudada depois que voltou do seu intercâmbio na Itália, mas quando está com Daniel conseguimos ver a real garota. Ela deseja acabar com a fama de vadia que tinha junto com Sky antes de viajar e está se saindo muito bem com isso.

Eu realmente não lembrava de Daniel (ele aparece em Um Caso Perdido? Não li Sem Esperança :P) e foi muito interessante "conhecer" o personagem. Daniel tem a mania de colocar apelidos em todo mundo (Sky é Peitinho de Queijo, só eu ri muito disso? Sim? Okay.), é extremamente divertido, para não dizer abestalhado, e suas peripécias ao lado de Six eram sempre cômicas e intensas ao mesmo tempo.

Faltando pouco mais de trinta páginas pro livro acabar, Colleen jogou uma bomba e eu fiquei muito, muito P da vida. Só pensei em como ela iria resolver aquilo tão rápido de forma que não estragasse com o livro. Ela vinha seguindo pelo lado cômico, digno dos protagonistas, e essa bomba acrescentou um drama à história que eu esperava e ao mesmo tempo não. Não vou dizer o que aconteceu, mas valeu a pena.

A versão física do livro está linda, mas bem sóbria. A capa é a mesma original, a diagramação é simples. A revisão está impecável, não lembro de ter encontrado nenhum erro durante a leitura. As folhas são amareladas e a fonte tem um bom tamanho. Galera Record mais uma vez arrasando.

Em suma, Em Busca de Cinderela é um livro que precisa ser lido por todos os fãs de Colleen. E de Hopeless. E de Six. E de New Adult. E... deu pra entender, né? Eu com certeza recomendo essa história, mais uma que aborda a importância de viver o agora e deixar o futuro nas mãos do destino. Justamento o que eu estava precisando ler.

Beijos e até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário