29 de julho de 2015

Tá Na Estante :: 'O Legado' #428

POSTADO POR EM 29 de julho de 2015

Oi, gente. Tudo bem?


Mais uma resenha sendo postada pra vocês hoje. O livro da vez é o segundo de uma série YA, lançado esse ano pela Suma de Letras. A resenha do primeiro já foi postada e vocês podem ver aqui. Vamos conferir?!

Livro: O Legado
Série: Escola Noturna (#02)
Autora: C. J. Daugherty
Editora: Suma de Letras
Páginas: 296
Sinopse: No último ano, Allie Sheridan viu sua família se dissolver e foi presa três vezes. Ir para um colégio interno parecia um pesadelo, mas a Academia Cimmeria acabou se tornando um lar. No entanto, os salões da escola eram mais perigosos do que Allie poderia imaginar. Um grupo misterioso está disposto a destruir a Escola Noturna. Agora, os estudantes correm perigos que ainda não compreendem. E, para piorar, a família de Allie — especialmente sua poderosa avó e seu irmão desaparecido — está bem no meio de tudo isso. 


Em Escola Noturna, conhecemos Allie Sheridan, uma jovem rebelde que foi mandada para um colégio interno após ter sido presa pela terceira vez em menos de um ano. Ela achou que viver em Cimmeria seria um inferno, mas logo se sentiu acolhida e a Academia virou seu lar, onde fez amigos e pode conhecer mais sobre si mesma. No local ela também descobriu sobre os mistérios da Escola Noturna e enfrentou o perigo de frente.

Em O Legado, após o incêndio que destruiu quase toda Academia, Allie viu-se obrigada a voltar pra casa. Mesmo cercada de seguranças, ainda assim a menina foi perseguida pelos agentes de Nathaniel e se não fosse pelo pai de Rachel, sabe-se lá o que teria acontecido a ela. No fundo Allie sabe que nunca deveria ter voltado e que precisa retornar para Cimmeria, assim ajudando na reconstrução do local.

Allie está mais uma vez em busca de respostas sobre os mistérios que rondam Cimmeria, mas quando ela descobre que sua família - inclusive seu irmão desaparecido - está envolvida até o pescoço nisso, as coisas mudam de figura. Agora, mais do que nunca, Allie precisa escolher em quem confiar, mas quando sua vida entra em risco mais uma vez, laços construídos podem ficar por um fio.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Quando solicitei O Legado, tinha muitas expectativas. Eu até gostei de Escola Noturna e cheguei a me animar quando comecei a ler esse segundo volume. Considerando que o primeiro livro é mais uma introdução do que está por vir e com aquele final que trouxe algumas revelações até interessantes, achei que nesse encontraria ainda mais respostas. Leigo engano.

O início do livro é cheio de ação e bastante ágil e torci por Allie a todo momento, ansioso pra que ela pudesse sair daquela situação de perseguição, mas depois que ela voltou para a academia o enredo parece ter desandado e acabei me decepcionando com o que encontrei.

Estava gostando da ação que a autora apresentou, mas O Legado foi conduzido lentamente sem nenhum tipo de conspiração que se desenrolasse com a história que foi muito mal desenvolvida, ficando estagnada em manter Allie (e eu) sem respostas para seus questionamentos, sem informações sobre sua família e sem saber por que Nathaniel estava determinado a destruir Cimmeria.

Só não abandonei a leitura por sentir necessidade de ler até a última página, na esperança de que algo grandioso aconteceria, mas lia me sentindo enganado por não sair do lugar e continuar no escuro.

Carter e Sylvain parecem ter sofrido algum tipo de lavagem, já que não condiziam em nada com o que se mostraram no primeiro livro. Gostei bastante da personalidade de Carter anteriormente, mas agora ele se transformou num completo idiota controlador e super protetor. A forma como ele trata Allie beira o ridículo e a vontade era de socá-lo. Já Sylvain, que agiu de forma imperdoável no primeiro livro, se tornou alguém legal por ter se arrependido e até despertou um pouco da minha simpatia com seu novo comportamento. Se eu não soubesse do seu passado negro poderia até gostar dele. Um pouco. Bem pouco.

Quase 300 páginas e praticamente nada acontece. O foco da vez é a angústia de Allie e como ela lida com seus sentimentos para com esse triângulo amoroso mal construído e o rumo da história parece ter mudado de direção. Pra onde foi todo aquele suspense sobre o mistério da Escola Noturna e seus segredos?

O Legado é aquele tipo de livro feito pra dar volume à série e não gosto quando isso acontece. Prefiro uma duologia ou livros únicos a séries enormes que não chegam a lugar nenhum. Esse foi o motivo para eu interromper a leitura da série por aqui, com o coração despedaçado, porque não gosto de coisas inacabadas.

Sobre a edição física, a Suma de Letras seguiu o padrão do primeiro livro, combinando as lombadas. A capa é muito bonita e misteriosa e a diagramação é simples. As folhas são amareladas e a fonte é média. Esse segundo livro contou também com a tradução de Regiane Winarski, que sempre arrasa, e a revisão está impecável. No geral, gostei bastante do trabalho gráfico.

Infelizmente, não tenho como recomendar o livro. Eu esperava mais da obra e da autora e fiquei frustrado com o que recebi. Entretanto, se você quiser arriscar, vai que gosta mais do que eu? Nunca se sabe.

Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Adoro livros que se passam em internatos *-------*
    Com certeza leria este, ou melhor esta série né.


    vicioseliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Leo tudo bem? terminei a leitura de O legado recentemente e nossa, pensamos muito igual sobre a obra. Eu relevei esta falta de acontecimentos no primeiro, justamente por ser um livro introdutório, mas neste....serio?! nada aconteceu e o que foi esta mudança de papeis entre sylvain e carter? sério? O sylvain nunca merecia um perdão........ enfim. Pensando em nao dar continuidade tbm na série.

    Bjs Joi Cardoso
    www.estantediagonal.com.br

    ResponderExcluir