29 de setembro de 2015

Tá Na Estante :: 'Eu, Você e a Garota que vai Morrer' #451

POSTADO POR EM 29 de setembro de 2015

Oi, gente. Tudo bem?


Eu estou aqui a convite do Ale pra postar essa resenha de um lançamento aguardado da editora Rocco.

Livro: Eu, Você e a Garota que vai Morrer
Autor: Jesse Andrews
Editora: Fábrica 231
Páginas: 288
Sinopse: Livro que deu origem ao filme vencedor do Festival Sundance 2015, nas categorias Público e Crítica, com estreia marcada para 12 de junho nos EUA, Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re)criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. Crossover com enorme potencial no segmento young adult, o romance é perfeito para fãs de livros e filmes como A culpa é das estrelas e As vantagens de ser invisível.

Que tal começarmos com “Gostosas são que nem elefantes, são fofos e quando andam por aí podem pisar em esquilos sem perceber. Um desastre, mas fofo” ou "Ser um esquilo é a coisa mais estúpida"? Nesse clima de completa babaquice e idiotice entramos em Eu, Você e Garota que vai Morrer, do autor Jesse Andrews

Vamos ser simples? Li na net uma resenha que falava que esse livro é uma mistura de As Vantagens de ser Invisível e A Culpa é das Estrelas. Eu adiciono mais. É uma junção desses dois sem a meleira de ACEDE (romance) e com um completo babaca e idiota narrando uma história e ele mesmo fala que “...se você ler várias vezes algumas frases de forma repetida, você terá vontade de cometer um homicídio”.

O narrador, Greg, é um cineasta completamente idiota que canta mulheres perguntando por seus peitos de tamanhos iguais além de ser uma pessoa ‘amigável’ com todos e um ser invisível por não ter convívio social profundo. (Vocês vão entender!). Ele é amigo de Earl, no qual tem uma família. Ele adora bater em qualquer um por qualquer motivo e vive puto da vida o tempo todo. Earl participa como cineasta também dos filmes caseiros.

Rachel é uma garota que tem leucemia e a mãe de Greg obriga ele a se entrosar com ela para ajudar nessa fase difícil que é ter câncer. Aí você pensa: "que ‘bunitinho’ eles vão ficar juntos.., que liiiindo… hashtag" PERA você leu ali em cima??? NÃO TEM A MELEIRA DE A CULPA É DAS ESTRELAS! NÃO TEM ROMANCE NESSE LIVRO.

Ele trata principalmente de relações entre pessoas e Greg, idiota como é, óbvio que essas relações serão com situações completamente loucas e sem noção, na qual somente Aliens que doam seu vômito vão entender (isso é uma das piadas de Greg! PIRE!), e essa relação envolvendo novamente no pano chamado câncer como vimos com John Green em ACEDE.

Esse livro é fantástico? NÃO! Bom? Mais que bom. Porém o final achei corrido e confuso. Esse é um livro para ler em duas sentadas no sofá e para pensar o quanto as outras pessoas podem achar de nós e será que elas pensam mesmo em nós? Coisa super simples.

Filme já nem foi lançado em salas de cinemas tradicionais e já ganhou duas premiações respeitadas, é ou não de se preparar em ler o livro antes do filme?! E se prepare para ler um livro completamente louco de forma em narrativa ou qualquer merda eu esteja escrevendo aqui!

Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Que legal esse livro....
    Ainda não conhecia ele, parece bom
    http://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiee
    Mann que legal, gostei da resenhaa, bem BRILHANTE como diria o Doctor Who kkk
    Por fim, não conhecia o livro, mas gosteei
    Beijinhos Screepeer
    Screepeer

    ResponderExcluir