26 de outubro de 2015

Tá Na Estante :: 'A Ordem - Sem Trégua, Sem Rendição' #468

POSTADO POR EM 26 de outubro de 2015

Olá, pessoal. Tudo bem??


Ando sumido porquê aqui em Porto Alegre está uma chuva danada e tá difícil ter internet. Tenho muitas coisas para postar, mas vocês vão ter que esperarem um pouquinho, okay? Vamos para a resenha de hoje ;)

Livro: A Ordem - Sem Trégua, Sem Rendição
Série: A Ordem #01
Autor: Stuart Daly
Páginas: 208
Sinopse: O ano é 1666 e a Europa está sendo varrida por uma onda de desgraças: a guerra, a fome e a peste assolam diversos territórios. Algumas pessoas acreditam que tantos males são causados por forças sombrias e malignas e que bruxas e demônios não são apenas fantasia.
Por isso, ordens de caçadores de bruxas são criadas. E o jovem Jakob sonha em se juntar à tropa de elite e lutar batalhas épicas, como fez seu pai, que ele nunca conheceu. Mas logo Jakob vai descobrir que lutar contra o mal é bem mais difícil e assustador do que ele imagina.
Embora ainda seja apenas um aprendiz, a primeira missão de Jakob é acompanhar os mais experientes integrantes da ordem a um castelo abandonado. Eles devem resgatar uma relíquia bíblica uma das trombetas usadas para destruir a cidade de Jericó , um artefato divino, capaz de liquidar qualquer criatura maligna.
A tarefa, porém, não será fácil. No castelo, poderosas bruxas, surpresas inesperadas e inimigos mortais podem derrotar tanto caçadores acostumados a ver o mal sem disfarces quanto um jovem corajoso, porém inexperiente, como Jakob. Será ele capaz de cumprir sua primeira missão?
Este é apenas o começo de uma aventura de tirar o fôlego! Descubra A ordem secreta!

O ano é 1666. Jakob von Drachenfels é um garoto de dezesseis anos e acaba de ser admitido na Hexenjäger, ordem de elite de caçadores de bruxas. Jakob é o membro mais jovem da história e só foi admitido por forjar uma carta de recomendação e falsificar a assinatura do tio, que é um ferrador muito respeitado.

Jakob sempre sonhou em fazer parte da ordem. Seu pai era um guerreiro e ele queria seguir seus passos. O garoto era criado pelo tio, que desejava que Jakob fosse seu aprendiz e continuasse como ferrador quando ele viesse a faltar. Mas Jakob sonhava grande. Ele queria caçar e matar bruxas, protegendo o povo de suas atrocidades.

Logo em sua primeira missão Jakob junta-se a membros de elite da Hexenjäger. Um importante artefato bíblico, com poderes inimagináveis, foi avistado em um castelo até então abandonado. Só que o lugar fica em meio ao país das bruxas e está habitado pelas terríveis criaturas.

Uma bruxa é capaz de derrotar qualquer tipo de caçador, até mesmo os mais treinados. Para Jakob será um tremendo desafio. Ele não tem habilidade de luta nenhuma e quase todos acreditam que ele será morto no primeiro minuto de combate. Jakob está sob a proteção de Christian von Frankenthal, mas o caçador parece detestá-lo e não se importar se ele viverá ou morrerá.

Dessa forma, Jakob se arrisca em sua primeira missão e precisará superar todos os seus limites se quiser ter sucesso e sair do castelo vivo. Será que ele vai conseguir?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Quando eu vi esse livro dentre os lançamentos da editora Fundamento, minha atenção voltou-se para ele imediatamente. Adoro livros de bruxas e esse parecia ser fantástico. Entretanto, logo que comecei a leitura, percebi que era um pouco diferente do que esperava.

A escrita de Stuart Daly é muito boa. Ele conseguiu me prender e querer saber o que ia acontecer, mas também me frustrou muito com descrições eternas e detalhes irrelevantes para a trama. O começo foi lento demais, parecendo mais um livro sobre a história da Europa do que um livro de caça às bruxas.

O livro é narrado em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Jakob. Ele é um garoto forte e determinado, mas em alguns momentos me irritou bastante. Jakob queria mostrar que era capaz, mas em muitas cenas ficava esperando alguém aparecer para salvá-lo. Isso é um tanto contraditório e por isso o personagem não me agradou.

Meu personagem favorito é Von Frankenthal. No começo ele parecia ser frio e não se importar com nada. Porém, conforme fui avançando na leitura, fui percebendo outra faceta dele. Quando descobri o motivo dele tratar Jakob tão mal, o entendi e passei a relevar algumas de suas atitudes.

O final foi bem fechado, mas deixou uma ponta interessante para a continuação, que já foi lançada pela editora Fundamento, chamada Corrida Contra o Tempo, a qual estou extremamente ansioso para ler.

A edição física do livro está muito bem trabalhada. Não podia-se esperar outra coisa da editora Fundamento, certo? A capa é bem simples, com alguns detalhes em verniz localizado, mas tem tudo a ver com a história. A revisão está muito boa. Encontrei alguns errinhos, mas nada que me incomodou muito. A diagramação conta com alguns detalhes rebuscados nos cantos das páginas, tais quais o da capa. As páginas são amareladas e a fonte é grande.

Sem Trégua, Sem Rendição foi um bom início para uma série que promete. Eu com certeza recomendo a leitura para vocês!

Beijos, pessoal. Até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário