5 de outubro de 2015

Tá Na Estante :: 'A Transformação de Raven' #455

POSTADO POR EM 5 de outubro de 2015

Heeey, gente. Tudo bem??


Minha onda de ótimas leituras continua e hoje eu vim contar pra vocês de um livro que devorei esses dias. O escolhido da vez é um lançamento deste ano da editora Arqueiro, primeiro volume de uma série fantástica.

Livro: A Transformação de Raven
Série: Noites em Florença (#01)
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Arqueiro
Páginas: 448
Sinopse: Florença, o berço do Renascimento. Um lugar culturalmente fervilhante, perfeito para quem quer esconder segredos ou está em busca de uma segunda chance. Como a doce Raven, que se muda para a cidade na tentativa de esquecer os traumas do passado e se dedicar à sua maior paixão: a restauração de pinturas renascentistas. Um dia, voltando para casa do trabalho na Galleria degli Uffizi, sua vida muda para sempre. Ao tentar evitar o espancamento de um sem-teto, Raven é atacada. Sua morte parece iminente, mas seus agressores são impedidos e brutalmente assassinados. Assustada e prestes a perder os sentidos, ela só consegue vislumbrar uma figura sombria que sussurra: Cassita Vulneratus. Ao despertar, Raven faz duas descobertas perturbadoras: uma semana se passou desde o ocorrido e ela se transformou por completo. Quando volta ao trabalho, mais uma surpresa: alguém conseguiu burlar o sofisticado sistema de segurança da galeria e roubar a inestimável coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia. Em busca da verdade, Raven cairá diretamente nos braços do Príncipe de Florença – tão belo quanto poderoso, tão sedutor quanto maligno –, que lhe apresentará um submundo de seres perigosos e vingativos, cujas leis ela precisa aprender depressa se quiser se manter viva e salvar os que a cercam. A Transformação de Raven marca o início da série Noites em Florença, cujos personagens foram apresentados no prólogo O Príncipe das sombras.

Quando criança, Raven Wood sofreu um acidente que lesionou gravemente sua perna, deixando-a manca e dependente de uma bengala. Isso, somado a sua baixa autoestima, aparência e os quilos a mais, fizeram com que a garota passasse sua adolescência escondida e sendo zoada pelos outros.

Isso não abalou a determinação da garota em alcançar seus objetivos e por isso não hesita em aceitar uma vaga de restauradora de obras de arte na Galleria degli Uffizi, em Florença, largando toda sua vida nos Estados Unidos em busca de seu sonho.

Numa noite, enquanto volta para casa depois de um dia de trabalho, Raven vê um mendigo sendo espancado por marginais e embora seus instintos a alertem do perigo que corre, ela tenta ajudá-lo. A situação não é nada favorável para ela e, dessa forma, é atacada brutalmente. Só que algo impede que os homens continuem com sua covardia. 

Para sua surpresa, Raven acorda uma semana depois sem lembrar de nada do que aconteceu, mas não é só isso. Algo aconteceu com seu corpo. A imagem refletida no espelho não é aquela com a qual ela está acostumada. Raven está incrível. Mais magra, bonita e até sua perna parece ter sido curada.

Nada do que aconteceu é possível e Raven acredita ter ficado louca. Assim ela parte para a galeria, para explicar seu sumiço e voltar ao trabalho, mas é recepcionada pela polícia. A galeria havia sido saqueada e como Raven não aparecia no local há uma semana, era a principal suspeita do crime.

Se toda essa confusão já não fosse o bastante, um homem misterioso chamado William surge em sua vida e pede que ela fuja antes que seja tarde demais. Raven está cheia de perguntas e William parece ter as respostas, mas não está nem um pouco propenso a dá-las.

A verdade é que William é o Príncipe de Florença e o responsável por salvar Raven daquele ataque que sofreu anteriormente. O fato de William existir já é um mistério e foge de tudo que Raven acredita, mas a atração entre os dois é inegável. O problema é que a situação está cada vez mais perigosa e o Príncipe precisa proteger seu reino, mas uma escolha a ser tomada poderá mudar o rumo da vida dos dois para sempre.

Extremos opostos, William e Raven entram em uma história regada de suspense e paixão e a garota se vê em um mundo que jamais imaginou conhecer, onde as surpresas são inegáveis e o perigo ronda a cada esquina.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Eu conheci Sylvain Reynard com a trilogia O Inferno de Gabriel (resenhas aqui, aqui e aqui) e logo me apaixonei pela escrita do autor. Quando soube do lançamento de uma nova série fiquei extremamente ansiosa, mas demorei a me aventurar na narrativa. Até que numa tarde resolvi pegar o livro para ler alguns capítulos e não consegui largar até terminar.

A escrita de Sylvain é deliciosa. Apesar do início um pouco lento, não demorei a engatar a leitura e me ver presa em sua história. Narrado em terceira pessoa, o livro é rico em detalhes sobre Florença e aborda a paixão entre William e Raven com extrema delicadeza, mas com um bom toque de sensualidade. Além disso, o autor consegue tratar de temas como religião e redenção, sua característica, entremeando com traços aprimorados da cultura italiana.

Sobre os personagens, mais uma vez Reynard conseguiu me conquistar. Raven é uma personagem determinada e que foge daquele clichê que costumamos encontrar em tantos livros de romance por aí. Ela sofreu muito quando jovem, mas nada a amargurou e sua personalidade mostra o quanto ela gosta da vida que leva.

Já o mocinho (não tão mocinho assim) tem um charme antigo, impossível de não seduzir até aquela leitora mais exigente. O Príncipe de Florença é um vampiro secular que busca sempre manter a ordem no local que vive. Charmoso e perigoso na mesma quantidade, William sempre manteve a linha, mas Raven o desestabilizou de uma forma que ele não esperava e essa vulnerabilidade pode despertar a atenção de seus inimigos.

Um fator importante para a história, que foi introduzido lá em O Inferno de Gabriel e abordado no conto que origina essa nova série, O Príncipe das Sombras (resenha aqui), é o roubo das ilustrações de Botticelli. Por esse motivo, mesmo não sendo tão necessário, recomendo ler O Príncipe das Sombras antes de A Transformação de Raven.

Sobre a edição física, não tenho muito que comentar. A capa é linda e combina bastante com a história. A diagramação é bem simples, sem nenhum diferencial impactante. A revisão está impecável, não lembro de ter encontrado nenhum erro durante a leitura. As páginas são amareladas e a fonte é grande.

A Transformação de Raven é um livro magnífico e que me mostrou mais uma vez o quão incrível é a mente de Sylvain Reinard. Estou extremamente ansiosa pelo próximo volume, The Shadow, que tem previsão de lançamento para fevereiro do ano que vem lá fora. Torcendo para a Arqueiro não demorar em trazê-lo ao Brasil. E é claro que eu recomendo essa história a todos.

Beijocas e até a próxima!

3 comentários:

  1. Ameeeeei a sua resenha! Super me deu vontade de ler o livro, parece bastante envolvente - daqueles que eu sinto que já li quinhentos no mesmo estilo, mas ainda assim não me canso porque sempre me apaixono!! hahaha
    Beijos, flor!

    http://vacasmagras.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá,Bárbara!

    Finalmente consegui tempinho para passar por aqui e já fui bem recebida!
    Gostei de ler as suas considerações sobre o livro e já tô super curiosa pra saber tudo o que acontece e desvendar esses mistérios.
    Ainda não li nem um livro da autora, então não sei se seria bom iniciar por esse, já que você menciona que seria bom ter lido O Príncipe das Sombras antes.Mas, se eu tiver a chance de ler A Transformação de Raven antes de isso acontecer, não irei recusar de maneira alguma. hahhaa

    Beijinhos mágicos =D

    http://emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá,Bárbara!

    Finalmente consegui tempinho para passar por aqui e já fui bem recebida!
    Gostei de ler as suas considerações sobre o livro e já tô super curiosa pra saber tudo o que acontece e desvendar esses mistérios.
    Ainda não li nem um livro da autora, então não sei se seria bom iniciar por esse, já que você menciona que seria bom ter lido O Príncipe das Sombras antes.Mas, se eu tiver a chance de ler A Transformação de Raven antes de isso acontecer, não irei recusar de maneira alguma. hahhaa

    Beijinhos mágicos =D

    http://emsintoniacomoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir