8 de dezembro de 2015

Tá Na Estante :: 'Neve na Primavera' #484

POSTADO POR EM 8 de dezembro de 2015

Heeey, mates.


Estou de volta com a resenha de um livro emocionante que me conquistou logo de cara. Vamos conferir o que achei dessa belezinha?

Livro: Neve na Primavera
Autora: Sarah Jio
Editora: Novo Conceito
Páginas: 336
Sinopse: Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos. Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.

Claire Aldridge é uma jornalista apaixonada pela sua carreira, mas ela tem passado por uma fase complicada em sua profissão. Sem nenhuma matéria lhe despertando interesse, ela começa a perceber que está perdendo a paixão. Sua escrita mudou e ela não é a única a pensar que outras coisas mudaram também.

Após sofrer um trauma, ela começa a perceber que não apenas a sua vida profissional foi tocada por isso, mas está também destruindo seu casamento.

Uma nevasca toma a cidade de Seattle, bem no final da primavera e o seu editor fica animado por uma matéria sobre o presente evento e um similar ocorrido há 77 anos. O país entrava na Grande Depressão, um período conturbado de perdas, não apenas financeiras. Um novo mundo estava nascendo e muitos acreditaram que esse era o fim, novamente. Claire opta por abordar sobre Daniel Ray. Com três anos ele desapareceu no dia da nevasca e tornou-se um caso sem solução até os dias atuais. 

Sua mãe mesmo conhecendo as dificuldades, resolveu ter a criança quando soube da gravidez, só não imaginava que seria tão conturbado, ainda mais pelo período. Não podendo perder seu emprego, ela deixa o filho sozinho em casa. Por mais que odiasse isso, ela odiaria muito mais se eles passassem fome e mesmo tendo um emprego eles não estavam muito longe disso.

É aí que tudo muda em sua vida. Ela retorna para casa no meio da nevasca e encontra sua casa vazia. Seu ursinho Max está largado na rua lateral, no meio da neve e essa é a única pista que seu filho deixou. Depois disso, Vera Ray busca desesperadamente pela criança.

A história é narrada em primeira pessoa, ora com Claire, ora com Vera, em capítulos alternados. E como esperado, Sarah nos entrega outro livro com uma história emocionante de crescimento e amor, com sua escrita simples e fluída. Não é difícil se encontrar envolvido com a história de Claire e Vera, e até mesmo se simpatizando pelas suas distintas buscas. Vera tem uma história dramática, mas Claire também está passando por um período delicado e as suas dúvidas, comparadas com as suas buscas, levam o leitor a questionar-se o que faria em seu lugar e simpatizar com sua história. É uma história emocionante.

Todavia, Vera e Claire são apenas algumas das personagens instigantes. Os personagens secundários colaboram para enriquecer a trama e também agraciar a história com seus próprios dilemas.

Eu sou apaixonada pelo trabalho da autora e acredito que ela tem um dom magnífico. Se você curte o trabalho dela, definitivamente vai se apaixonar por essa leitura, caso nunca tenha lido nada dela, eu recomendo começar por esse livro. Você não irá se arrepender.

Beijos e até a próxima!

17 comentários:

  1. Sarah Jio é diva. Gosto muito do que ela escreva e como escreve.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora, mas muita gente fala bem das obras dela, ou seja, qualquer dia vou ler e amei sua resenha, pois ela ficou meiga. <3

    http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi. eu comecei a ler o livro e não gostei, nada me atraiu, achei realmente uma leitura muito chata e cansativa. Curti sua resenha e fico feliz por você ter gostado.
    :(

    ResponderExcluir
  4. Eu também li esse livro e achei a história emocionante. Me conectei mais com a história de Vera, pela época difícil que ela viveu e pela sua dor. Ache bem legal com a autora amarrou o final nos mostrando que, às vezes, o mundo é tão pequeno.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Eu amo esse livro, a Vera é tão forte e corajosa! O final foi algo que eu nunca esperei, foi um algo BOOM! AmeI a resenha, parabéns!!

    Abraços e até!!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Barbara, tudo bem? Não conhecia está autora, gosto muito de livros com duas narrativas diferentes e este livro me chamou muita atenção.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  7. eu achei a premissa muito boa, tive até vontade de ler a história mas uma amiga que tem o gosto literário beeem semelhante ao meu falou que eu não curtiria... mas enfim... fiquei imaginando o desespero da personagem em não encontrar o filho em casa... =T

    ResponderExcluir
  8. Oi Barbara! Muito interessante sua resenha, ainda não havia ouvido falar sobre esse livro. Fiquei curiosa para saber se afinal a Vera encontrará a criança, ou se irá ser resolvido ao menos o mistério.

    umreinomuitodistante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Não conheço a escrita de Sarah Jio ainda, mas está na minha lista. Adoro quando a escrita do autor nos instiga a nos colocar no lugar dos personagens e pensar o que faríamos naquela determinada situação! Estou bem curiosa com essa leitura!!

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? :D
    Estou louca de vontade de ler esse livro desde o lançamento. Eu fiquei muito curiosa para saber o que aconteceu com o menino e tal.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nada da Sarah, mas sempre leio resenhas super positivas sobre os livros dela. E sua resenha me deixou doida pra ler Neve na Primavera! Você escreve muito bem e adorei a sua resenha. Dica anotada e livro já na lista de próximas leituras! Beijos.

    http://eicarolleia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Barbara, tudo bem?
    Quando esse livro foi lançado no começo do ano eu vi bastantes críticas, principalmente positivas, mas como eu não gosto muito de suspenses preferi evitar a leitura. A autora lançou recentemente o Bangalô, que também não me interessou muito

    ResponderExcluir
  13. Oi, flor.
    Não sei o que faria no lugar de uma dessas mães… Acho que a vida seguir deve ser sentido como uma injustiça pelas personagens, como se não devessem continuar vivendo sem saber o que aconteceu com seus filhos. Que tristeza. Quero muito ler a obra, pois parece emocionantes, especialmente por ser narrada de modo alternado entre duas mulheres diferentes, mas com igual sofrimento.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oláá
    Escutei falar mega bem sobre o livro e essa cpa é lindinha, espero ler em breve por adorar esse tema e por ver muuuitos elogios e sua resenha ficou ótima[

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá Barbara, eu ainda não tive a chance de ler nenhum livro da autora, mas pelos seus comentários este parece ser bem legal, adoro quando os autores usam capítulos com narrativas intercalados <3

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  16. Então. Serei sincera e direi que o livro me enganou um pouco com a sinopse. Acho que eu esperei um pouco de bang-bang ou um suspense mais, sei la, tórrido. Não entra no meu top do ano, mas entra na lista “dos que me fizeram chorar que nem uma criancinha”.

    ResponderExcluir
  17. Oii!

    Nunca li nada dessa autora, mas estou pensando em ler esse livro, pois falam super bem dele ^^
    Amei a sua resenha e com certeza irei ler em breve :)

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir