Heeey, gente. Tudo bem?

Um dia algo de ruim me aconteceu, e eu chorei. Esperneei e acreditei que o mundo estava acabando, que nada jamais daria certo e que minha vida estava fadada ao fracasso. Olhei pra cima e vi o nada diante de mim, um completo nada. Chorei mais um pouco e dormi.
Acordei umas duas semanas depois e percebi que as lágrimas derramadas haviam secado, que o nada havia virado um tudo e que minha vida era fantástica demais para ser fadada ao fracasso. Nesse momento eu agradeci. Chorei e agradeci.
Agradecer não era uma coisa que eu fazia com muita frequência. Se eu tiver que trabalhar tanto para ter algo, porque agradecer? Era apenas uma questão de ação e reação, não era?
Não, não era. 
Daquele dia em diante eu aprendi que se uma agulha espetar meu dedo, é porquê ela tem que espetar. E que isso irá me fazer amadurecer, e que no futuro eu serei grata com isso, mesmo que agora esteja doendo pra caramba. Entendi que realmente há males que vem pra bem, e que bem.
Durante esse semestre que passou eu aprendi a dar mais valor a tudo. Nunca imaginei que minha família fosse tão unida e que eu fosse tão amada. Nunca imaginei que tivesse tantos amigos maravilhosos e que apenas uma frase no twitter me renderia áudios incessantes sobre o quanto a vida é fantástica, o quanto eu sou abençoada e o quanto a vida está preparando coisas boas pra mim.
O mais incrível foi que vocês, meus amados leitores, foram o mais generosos possível comigo nesses últimos meses. Trabalhar no blog e no canal foi o que me manteve ocupada e focada em algo, o que me fez parar de pensar nas tristeza e focar nas alegrias. Foram seis meses de conquistas constantes, e eu comemorei, e agradeci, todas essas conquistas.
Eu nunca me senti tão amada como me senti nesses meses. Nunca ri tanto de felicidade, mesmo nos momentos mais tristes. A gente acha que a grama do vizinho é sempre mais verde, né? Mentira! A minha é tão verde que parece uma pintura. Desculpa vizinho. 
A vida me deu um tapa de realidade na cara. Que doeu, e como doeu. E ainda dói. Mas a cada mínima pontada em meu peito, uma grande ponta de aprendizado surge na minha vida. Obrigada por isso. 
Dedico esse texto a todos os meus amigos, em especial Well, Léo, Thais, Mari, Bru, Li, Lu, tia Binha e minha mãe. Amo vocês mais que tudo!

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

22 Comentários

  • Amanda Raupp
    28 dezembro, 2015

    Oii!

    Sempre temos que agradecer a Deus por tudo que acontece com a gente ^^ Sem ele não somos nada 🙂
    Amei o seu texto!

    Beijos, Amanda
    http://www.vicio-de-leitura.com

  • Amiga da Leitora Thais
    11 dezembro, 2015

    Sua linda! Tem noção do quanto vc é especial aqui no meu coraçãozinho?? Te amo de mais miga, quero sempre te ver sorrir!
    Confie sempre em Deus, porque o que ele está preparando para você é maravilhoso, e grandioso de mais <3

    xoxo
    http://www.amigadaleitora.com/

  • Kátia Moura
    11 dezembro, 2015

    Olá bah!
    Eu sou sua leitora fiel do YouTube, e sim é maravilhoso fazer novos laços, e eu acho que seria tão mas melhor se descemos valor a vida como você falou. As vezes a gente reclama tanto que esquecemos de viver.

    http://garotinhaadolescentea.blogspot.com.br/

  • Jéssica Melo
    10 dezembro, 2015

    Olá Barbara, que texto lindo <3 também acredito que as coisas ruins vem para nos preparar e nos deixar mais fortes…

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com/

  • Italo Teixeira
    10 dezembro, 2015

    Oi Bárbara, tudo bem?
    Adorei o texto, bem amorzinho ♥
    Espero ver mais postagens assim por aqui!!

  • Carol Rocha
    09 dezembro, 2015

    Oi! É justamente nesses momentos que percebemos o quão forte somos, e ter ao nosso lado pessoas que podemos nos apoiar é essencial! Parabéns e pelo texto. Beijos.

    http://eicarolleia.blogspot.com.br/

  • K Riquelme
    09 dezembro, 2015

    Ai gente que fofo, menina tu tem muito que se orgulhar tanto de ti quanto de todos que te querem bem, porque eles te querem bem.
    Acompanho o blog e não sabia o que estava a passar, penso que tudo tem um jeito, que lutar e ver que na família temos força faz da gente mais forte e batalhadora.
    http://k-secretmagic.blogspot.com/
    Xoxo

  • Julia Martins
    09 dezembro, 2015

    Como disse Exupéry “É preciso que eu suporte duas ou três lagartas, se eu quiser conhecer as borboletas.” Ótimo texto!

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

  • Paac Rodrigues
    09 dezembro, 2015

    Parabens pelo texto, e compreendo bem esse sentimento, é tão bom quando temos pessoas que gostam do que fazemos né?

  • Catharina M.
    08 dezembro, 2015

    Oláá
    Nossa, parabéns pelo texto, eu adorei e é impossível não se identificar. Recebemos muitos tapas na cara, mas depois de um tempo, conseguimos entender que sempre tiramos algum proveito desses tapas mesmo que doa.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  • Déborah
    08 dezembro, 2015

    Barbara, que texto lindo.
    Que bom que você conseguiu se reerguer em meio a dor.
    Isso só mostra o quanto você é uma guerreira.

    Lisossomos

  • Angélica Lima
    08 dezembro, 2015

    Oi, tudo bem?
    Sempre precisamos de um tapa de realidade para enxergamos melhor tudo, e não, não adianta olhar para a grama do vizinho.
    Bjs

    A. Libri

  • Gustavo Mendes
    07 dezembro, 2015

    Olá!
    Que texto lindo, conseguiu me definir em algumas coisas, haha!

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

  • Marijleite
    07 dezembro, 2015

    Oi, Barbara, que bom ver esse seu texto! E que bom que você tem visto os obstáculos da vida dessa forma, com certeza você terá mais serenidade e força para enfrentá-los.

  • Palavras Radioativas
    06 dezembro, 2015

    Ah, que texto lindo, Bárbara!
    Coisa de vó, mas que é sempre certeira: só a vida mesmo pra ensinar a gente certas coisas, não é? Nada melhor do que um solavanco para nos colocar no eixo. Lindo quando tomamos boas lições dos acontecimentos. Parabéns pelo texto!

  • Lilian Farias
    06 dezembro, 2015

    P.S.: Curti o texto!

  • Lilian Farias
    06 dezembro, 2015

    Concordo com você, às vezes é importante um tapa de realidade, lembro-me de quando eu vivia no mundo romantizado de Poliana e quando eu conheci a realidade, o choque foi grande, mas sobrevivi…

  • Anônimo
    06 dezembro, 2015

    Temos momentos dificeis, mas ninguém passa a vida inteira chorando, assim como também não passa a vida toda sorrindo.
    Me visita?
    blogueirasara.blogspot.com.br

  • Luan Jonathan
    05 dezembro, 2015

    Que texto lindo! Muito inspirador e suas palavras tem a verdade na essência, parabéns, adorei mesmo!!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

  • Beatriz Andrade
    05 dezembro, 2015

    Pois é, seu texto condiz muito com a realidade, é bem isso que precisamos ouvir. Precisamos dar valos aos mínimos detalhes.

  • Flávia Costa
    04 dezembro, 2015

    Tem uma frase do Caio Fernando Abreu, salvo engano, que diz "Primeiro a chuva, depois o arco-íris". E concordo totalmente com ela.
    Esse texto me deu uma pontinha de esperança kk
    Beijos

    Ilustre Beleza

  • Helana Ohara
    04 dezembro, 2015

    Comecei a dar mais valor para vida e a mim mesma quando parecei no hospital esse ano. Acho que ás vezes precisa acontecer algo e dar aquele "buumm" na vida.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky