14 de março de 2016

Tá Na Estante :: 'Destinado - As memórias secretas do Sr. Clarke' #509

POSTADO POR EM 14 de março de 2016

Heeey, gente. Tudo bem??




Para começar bem a segunda-feira e já dar uma animada, trago hoje a resenha de um livro que eu amei e que todos tem que ler, sério! Nada melhor do quê trazer, em uma série, um livro pelo ponto de vista do boy magia gato, não é? Então bora lá.

Livro: Destinado - As memórias secretas do Sr. Clarke
Série: Perdida #03
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 462
Compre: Submarino SaraivaSinopse: Ian Clarke é um homem de sorte e sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil — mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava de que o preço a pagar seria tão alto...Em Destinado: as memórias secretas do sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia — desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.

Em Destinado temos a história narrada pelo ponto de vista do Ian, criando uma narrativa diferente, afinal o homem é, em partes, mais objetivo que a mulher. Esse livro narra um capítulo novo da trama, onde Sofia já tem seu negócio bem-sucedido, mesmo que a sociedade ainda aponte o dedo para a jovem dama e empresária, e Marina, a filha do casal, já está mais que peralta.



O medo ainda existe na vida de ambos; mesmo Sofia tendo escolhido viver ao lado de Ian para sempre. Então, quando o telefone mágico que pode levar Sofia de volta para o século XXI se ilumina, Ian não pensa duas vezes antes de esconder o artefato na gaveta do seu escritório. E apesar de manter o objeto escondido, sua mente não fica tranquila.


Porém, no momento, ele tem outras coias para pensar, especialmente o baile de aniversário de 17 anos de Elisa, irmã mais nova do Sr. Clarke. Mas além de lidar com o aniversário da moça, Ian também terá que lidar com algo mais importante, o noivado da mesma. Elisa foi flagrada aos beijos com seu affair, o Dr. Lucas, e o casamento é fato obrigatório.




Apesar de querer muito se casar com Lucas, Elisa gostaria que o pedido e a concessão do casamento acontecesse de uma forma mais romântica. Então fica indignada com seu irmão, por ele ter praticamente obrigado Lucas a se casar com ela. Essa indignação, aliada a uma vontade de ler algum dos clássicos da biblioteca de Ian e a curiosidade quando ouve algo vibrando na mesa de Ian, leva Elisa para o futuro. Agora a jovem está em 2010 e metida em uma grande encrenca. 

Após dar conta do sumiço da irmã, Ian junta-se à Sofia na busca pela noiva fujona. Quando não a encontram em lugar algum das redondezas e percebem, então, que Elisa havia sido tragada pelo telefone. Afora, para trazer a jovem de volta ao século XIX, eles vão precisar se aventurar nos anos de 2000 e as consequências dessas viagens no tempo podem ser bastante trágicas. 

***

Carina Rissi conseguiu surpreender o leitor trazendo uma narrativa bem diferente, mas com uma fluidez inigualável. Ver a história de Sofia e Ian pelos olhos do protagonista é deveras diferente. Ian reverencia Sofia de uma forma que a gente nem imagina, além disso, sofre do mesmo medo que ela: o da separação. A verdade é que ele, até mais que a esposa, tem medo de o bendito telefone volte a apitar e que Sofia seja tragada para as profundezas do século XXI.



Por isso, quando vê o telefone piscar com um aviso de nova mensagem, não pensa duas vezes antes de escondê-lo, sem sequer pensar que essa mensagem poderia ser para ele. Entretanto, dadas as circunstâncias, ele e Sofia vão parar em 2010 e o jovem se vê encantado pelo mundo que, até então, ele só imaginava com base nas narrações de Sofia. 

O livro traz um novo capítulo da história, mas também nos leva a lembranças de Ian, trazendo o ponto de vista deles para fatos que vimos anteriormente narrados pela Sofia. É nesses momentos que a gente chama os dois de lerdos, afinal o amor entre eles esteve presente desde o princípio.



É interessante ver como Ian lida com a vida no nosso século. Tudo para ele é um mistério e o medo está sempre presente, assim como a vontade de voltar para os braços da filha do casal, a pequenina Nina. Quando a memória dele vai sumindo aos poucos, a situação fica ainda mais complicada para ele e para Sofia, que teme ser esquecida pelo amado. 

Carina criou uma história com ainda mais misturas de sentimentos. Ao mesmo que tempo que rimos com as loucuras de Ian e Sofia no nosso século, ficamos tensos e temerosos acerca dos problemas que começam a surgir e pensamos, muito, na possibilidade de Elisa não ser encontrada a tempo.



Ver a história através do Ian tem um charme a mais. Adorei essa forma de mostrar ao leitor como ele se sente em relação à Sofia, sem desviar da trama ou tornar tudo repetitivo, ainda mais por se tratar de um capítulo da série. Indico demais a leitura deste livro e de toda a série, apesar de contar com capítulos únicos, com meios e fins, ler todos os livros deixa a gente ainda mais envolvido nesse mundo e as mocinhas ficam loucas para encontrar um telefone que as leve para o século XIX, experiência própria. Traduzindo em palavras: pode comprar para ler agora.

Beijocas e até a próxima!!!

0 comentários:

Postar um comentário