Oi, gente. Tudo bem?

Recebi no mês passado, em uma ação da Faro Editorial, o primeiro volume de uma trilogia, escrita pela autora Tarryn Fisher. Hoje vim contar pra vocês o que achei. Vamos conferir?!

Livro: A Oportunista
Série: Amor & Mentiras (#01)
Autora: Tarryn Fisher
Editora: Faro Editorial
Páginas: 256
Sinopse: Olivia Kaspen acaba de descobrir que seu ex-namorado, Caleb Drake, por quem era obcecada, perdeu a memória. Com uma incrível habilidade de tirar proveito das situações, ela acredita estar diante de uma segunda chance para ter Caleb de volta. E para que seu plano dê certo, Olivia precisa manter sua verdadeira identidade e seu passado sórdido em segredo. Porém, surge um obstáculo inesperado: a atual namorada de Caleb, a perversa Leah Smith. Inicia-se então um jogo entre duas mulheres dispostas a tudo para conquistar o homem que parece ter apagado todo o seu passado. Para encobrir as consequências de suas mentiras, Olivia cria uma teia de novos eventos, em um processo que pode levá-la a descobrir que sua busca pelo amor talvez a tenha feito ultrapassar limites muito perigosos.

Quando estava na faculdade, Olivia Kaspen conheceu Caleb Drake. Ela era uma nerd inveterada, ele o astro do time de basquete. Olivia conhecia a fama de Caleb, que tinha uma legião de garotas correndo atrás dele e queria manter distância disso, apenas focar nos estudos. Porém, por algum motivo, a jovem despertou a atenção do jogador, que fazia de tudo para convencê-la a sair com ele, mas Olivia era irredutível.
Aos poucos, conforme mais tempo foi passando com Caleb, Olivia foi se entregando e desenvolveu uma nada pequena obsessão pelo rapaz. Eles ficaram juntos por algum tempo, mas uma atitude de Olivia provocou o término e fez com que Caleb não quisesse a ver nem pintada em sua frente, o que deixou a moça sem chão.
Dois anos se passaram e Olivia ainda nutre sentimentos por Caleb. Há tempos que eles não se falam, mas quando ela cruza “por acaso” com ele em uma loja de CD’s, a jovem oportunista vê sua chance de ouro. Ela tem certeza de que quando vê-la, Caleb a tratará com hostilidade, mas não é o que acontece. Ao que tudo indica, Caleb perdeu a memória e não parece reconhecê-la. Os dois conversam como se fossem estranhos e Olivia começa a pensar o quão proveitosa essa situação pode ser.

Quando um inesperado segundo encontro acontece, Olivia está determinada a usar todas as suas armas para manter o homem de sua vida ao seu lado. A qualquer momento ele pode recuperar a memória e afastá-la outra vez, então ela quer aproveitar o tempo que tem. Há uma única pedra em seu sapato: Leah, a namorada de Caleb, que pode revelar ao rapaz quem Olivia realmente é antes do prazo e estragar os planos da jovem. Só que de boba Olivia não tem nada e não medirá esforços para conquistar Caleb e tirar Leah de seu caminho…

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!
Quando soube do lançamento de A Oportunista, fiquei imediatamente interessado. Conheci Tarryn Fisher através do livro Nunca Jamais, que publicou em co-autoria com Colleen Hoover, e fiquei curioso acerca da escrita solo da autora. Algumas blogueiras daqui de Porto Alegre falaram maravilhas sobre ela e criei muitas expectativas. Acho que esse foi o motivo de ter me frustrado um pouco.
A escrita de Tarryn Fisher é ótima sim. Ela conseguiu me prender tanto que li o livro em uma única sentada e foi sim uma experiência interessante. A autora mesclou elementos do passado e do presente dos personagens, alternando-os a cada capítulo, e nos instigou a querer saber o que de tão mal Olivia fez para Caleb e como toda essa história de amnésia terminaria, o que é um ponto bastante positivo.
A narrativa é feita em primeira pessoa, pela perspectiva de Olivia. Não sei o que isso diz sobre minha personalidade, mas amei a personagem. Olivia é uma mulher fatal, cheia de artimanhas, como uma viúva negra, prestes a devorar sua presa – apesar de sua presa favorita ser Caleb. Amei sua personalidade fechada e agressiva, do tipo que mostra a que veio e danem-se os outros.
Sobre os outros protagonistas, não sei bem o que dizer. Caleb e eu desenvolvemos uma relação de amor e ódio. No começo eu gostava dele e queria vê-lo livre de Olivia, mas conforme fui o conhecendo, ora eu achava que os dois se mereciam e ora achava que Olivia quem devia ficar livre dele. Já com Leah… Bem. Desenvolvi uma grande antipatia pela personagem, que é aquele tipo de mulher sem escrúpulos, mas no sentido ruim. 
Um fato curioso dessa história é que Tarryn focou nos personagens principais e desenvolveu apenas um coadjuvante que teve relevância para trama. Cammie, a amiga de Olivia, é uma pessoa fantástica. Ela acompanhou de perto essa relação doida da amiga com Caleb durante a faculdade e até hoje é a fiel escudeira de Olivia quando o assunto entra em pauta. Nem preciso dizer que ela foi minha personagem favorita, né?
O final foi o que me decepcionou. Acho que Tarryn se perdeu um pouco ao criar o clímax e pecou demais no desfecho. Eu poderia tranquilamente cortar algumas páginas da história e deixar o final mais satisfatório. Achei que os próximos livros da série seriam continuações, mas vi que o segundo, A Perversa, é a mesma história com a perspectiva de Leah, enquanto o terceiro, O Impostor, é a visão de Caleb. Fiquei curioso a respeito e acho que vou investir na leitura.
A edição física está sensacional. A Faro Editorial arrasa em todas as suas publicações. A capa é belíssima e retrata o rosto de Olivia. A diagramação é simples, as páginas são amareladas e a fonte é grande. O que me encanta nas edições da Faro é a qualidade das páginas, que são mais grossas e resistentes. O livro tem pouco mais de 250 páginas, mas parece maior.
A Oportunista é um bom livro, que peca em alguns aspectos, mas é brilhante em outros. Por conta do final e de alguns pequenos momentos, o livro leva 3,5 estrelas, mas deixo aqui a minha recomendação. Acredito que o livro tem bastante potencial pra agradar muitos leitores!
Beijos e até a próxima!

***
Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique aqui e saiba como participar.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

17 Comentários

  • Marina Labres Pereira
    03 agosto, 2016

    Li algumas resenhas sobre esse livro e achei bem divididas… admito que essa premissa não me atraiu, então provavelmente não lerei. Massss parabéns pela resenha e obrigada pela dica! 😉

  • Cladisson Mélo
    02 agosto, 2016

    Parece ser uma boa história. Embora eu não goste muito de livros assim, com clichês colegiais hahaha, ainda existem alguns que conseguem ser diferentes da maioria e esse parece ser um deles.

  • Anna Mendes
    01 agosto, 2016

    Olá! Adorei a resenha!
    Eu não conhecia a autora, mas fiquei curiosa pela leitura desse livro. Achei a trama interessante e envolvente. Acho que vou apostar na leitura 😉

  • Thuanne Souza
    01 agosto, 2016

    Quero muito ler esse livro, a cada resenha que leio fico mais curiosa!
    Pena que o final te decepcionou um pouquinho.
    Mas eu li que os outros livros são a continuação, narrada pelos outros dois, agora fiquei confusa!

  • Naiara Fidelis Da Silva
    01 agosto, 2016

    Eu conhecia este livro meio por cima na internet, porém confesso que a premissa não me chamou muito a atenção.

  • Karine Fernandes
    31 julho, 2016

    Amei, não sabia que era uma trilogia, mas fiquei muito muito curiosa com o livro, e irei colocar na lista de livros para leituras futuras, e espero logo conseguir ler para saber se terei as mesmas reações que você.

    Beijos

  • Márcia Saltão
    31 julho, 2016

    Olá!
    Como sempre, ótima resenha, muito bem detalhada. Não sinto interesse pela premissa desse livro, talvez um dia venha a ler, mas não no momento. Mas com certeza deve ser sucesso entre os fãs do gênero e da autora. Abraços.

  • Micheli Pegoraro
    31 julho, 2016

    Olá Leonardo,
    Depois que descobri que a Tarry Fishe é coautora de uma série com a talentosa Collen Hoover (sou fã de carteirinha!) inicialmente fiquei muito curiosa para ler essa trilogia. Adoro uma boa história repleta de reviravoltas e segredos, mas acho que não vou gostar muito dessa ai não, sei lá, esse enredo não me atraiu muito. Quem sabe eu leia mais pra frente, mas sem muitas expectativas.
    Beijos

  • suzana cariri
    31 julho, 2016

    Oi!
    Vi esse livro no lançamento e também fiquei bem interessada nessa historia mas lendo algumas resenhas estou bastante em duvida se leio ou não essa historia, gostei do enrendo parece ser bem diferente e do tipo que deixar o leitor grudado na historia, mas os personagens não conseguiram me conquistar e por ser uma serie e já estou com muitas em aberto fico desanimada, mas quem sabe futuramente acabo lendo !!

  • Theresa Cavalcanti
    31 julho, 2016

    Quando vi o livro pela primeira vez, não me empolguei muito, mas depois vi algumas pessoas falando dele, e fiquei com vontade de ler.

  • Gislaine Motti
    31 julho, 2016

    Estou dividida sobre esse livro. Por um lado, achei interessante a premissa. Acho que adoraria acompanhar uma personagem tão dissimulada e cheia de planos malignos. Por outro lado, acho que para que uma série se proponha a escrever diversos livros sobre a mesma coisa mas de ângulos diferentes, o primeiro livro tem que ter sido MUITO BOM, que não parece ser o caso. Talvez eu leia só o primeiro e não invista no resto da série.

  • Marta Izabel
    31 julho, 2016

    Oi, Leo
    Gostei da sua resenha. Achei instigante a história. Boa dica de leitura!!
    🙂

  • Ana I. J. Mercury
    31 julho, 2016

    Aii Leo, confesso que não curti a premissa, e pelo que li nas resenhas, essa Olivia e os demais personagens são bem ruins, dissimulados, não é pra mim, não.
    Apesar de eu estar curiosa pra saber se o Caleb vai recuperar a memória que ele fará.
    bjs e boas leituras em agosto!!!!

  • Maria Alves
    31 julho, 2016

    Achei interessante essa historia, o fato dele perder a memória veio bem a calhar para a protagonista aproveitar e tentar uma reconciliação, ela parece ser bem determinada a reconquistá-lo custe o que custar.

  • Aline Cuerci
    31 julho, 2016

    Parece ser uma história muito interessante. Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele e tbm nenhuma história parecida com esta.
    Bjos

  • Maria Fernanda Pinheiro
    31 julho, 2016

    Também li Nunca Jamais e quis conhecer mais a escrita da autora, mas ainda não tive a oportunidade, essa série é bem falada por isso minhas expectativas estavam altas. Gosto quando os autores conseguem mostrar o passado dos personagens sem deixar a leitura cansativa, e sim mais misteriosa. Acho que leria sim o livro, até porque é curto e a leitura flui.

  • Josiane
    31 julho, 2016

    Li várias resenhas sobre essa série. Creio que ela dividiu muitas opiniões. Não sei se dispertou meu interesse. Ainda mais sabendo que é uma história que se arrasta por mais de 10 anos. Depois de ler a nota 3,5 fiquei ainda mais pensativa