Oi, gente. Tudo bem?

Estou de volta hoje com mais uma resenha para vocês. O livro da vez era um dos mais aguardados por mim para esse ano, a conclusão de uma das minhas trilogias queridinhas. Vamos conferir?!

Livro: A Última Estrela
Série: A Quinta Onda (#03)
Autor: Rick Yancey
Editora: Fundamento
Páginas: 264
Sinopse: O inimigo são os Outros. O inimigo somos nós mesmos. Eles vieram até nós porque querem a Terra. Vieram para acabar conosco. Vieram para nos salvar. Eles não inventaram a morte, mas a aperfeiçoaram. Deram um rosto a ela, porque sabiam que era a única maneira de nos exterminar. Por quê? Quem são eles realmente? O que querem de verdade? Atrás de tantas perguntas e enigmas, há uma verdade: Cassie foi traída. Zumbi, Especialista, Nugget também. E todos os 7,5 bilhões de habitantes da Terra. Traídos pelos Outros, traídos por si mesmos. E tudo terminará onde começou no campo de batalha que é o coração humano. Nos últimos dias da Terra, os sobreviventes precisarão decidir o que é mais importante: salvar a si mesmos ou salvar o que nos torna humanos. Do fenômeno mundial Rick Yancey, A Última Estrela invoca triunfo, perda e ações implacáveis nesta trama sensacional que narra como o destino da humanidade é decidido.

No final de O Mar Infinito, uma bomba caiu no colo dos leitores. Especialista fora capturada e passou pelo 12º Sistema, tendo então seu corpo todo aprimorado, transformando-se em uma arma letal. O Coronel Vosch revelou à garota a verdade por trás da invasão dos Outros e nada poderia ser mais chocante do que isso.
Só que algo no plano deu errado. Evan Walker, ao desenvolver sentimentos por Cassie, apresentou uma falha no sistema e Vosch deseja capturá-lo para tentar entender o que aconteceu e consertar os erros. Porém, Especialista não pode deixar que isso aconteça. Se a falha for consertada, a humanidade não terá mais chances, então a única alternativa é Esp matar Evan.
Outra importante descoberta é que os Outros lançarão bombas nas cidades pelo mundo inteiro, para acabar com tudo aquilo que os humanos construíram ao longo de seis mil anos. Em apenas quatro dias, os poucos traços humanos que ainda restam na superfície terrestre serão apagados e os últimos sobreviventes precisam impedir que isso aconteça.

Na casa de segurança. Cassie precisa lidar com seus conflitos internos e seus sentimentos em relação à Evan. Além disso, Sam parece estar cada vez mais distante da irmã e a garota tem certeza de que ele a odeia. Já Ben está determinado a ir até as Cavernas, para descobrir o que aconteceu com Especialista e Teacup, que saíram para o local e nunca mais voltaram. Por fim, Evan está determinado a virar-se contra sua própria raça, explodindo a Nave Mãe e impedindo o último ataque à Terra.

Logo o grupo precisará se separar, cada um para cumprir sua própria missão, se quiserem impedir Vosch e os Outros. Mas o que podem eles fazer, sendo apenas meia dúzia de jovens contra uma raça alienígena poderosa em um mundo onde o caos ronda cada sombra? Quando uma revelação cai sobre eles, tudo pode mudar, inclusive os seus destinos…
Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!
Eu li A 5ª Onda em 2013 e foi paixão à primeira vista. O livro continha todos os elementos distópicos necessários para fazer com que eu me apaixonasse e passei um ano e meio ansiando pela continuação. Quando li O Mar Infinito, a paixão ficou ainda maior e a ansiedade pelo desfecho da série também. Então, quando A Última Estrela lançou, a Fundamento, que não é mais parceira do blog, me enviou um exemplar do livro e assim que pude o li. E foi um balde de água fria jogado em cima de mim.
A escrita de Rick Yancey decaiu um pouco em relação aos volumes anteriores. Esse livro ainda tem uma fluidez ímpar e prende a gente logo no início. Porém, senti que o autor se perdeu ao desenvolver certos aspectos da trama. Eram tantas opções, mas Yancey parece ter ficado com preguiça e foi para um caminho onde as explicações eram ignoradas.
A Última Estrela possui diversos POV’s, alguns em primeira pessoa, alguns em terceira. Mais uma vez, o foco maior está em Especialista e gostei muito disso. Tenho um carinho pela Cassie, já que em A 5ª Onda me afeiçoei muito pela personagem. Entretanto, em algum momento no meio do caminho, Cassie perdeu a sintonia e Esp roubou a cena com sua personalidade badass. 
Os outros personagens evoluíram bastante. Fiquei chocado com as mudanças de Sam. O garotinho do primeiro livro não existe mais. Aqui temos um Sam forte, rebelde e com uma sede de sangue incomum. Ele continua seguindo as ordens de Ben, como se ainda fosse um soldado, e despreza a relação de Cassie com Evan.
Meu crush em Evan Walker diminui um pouco com certas atitudes do personagem e seu final foi extremamente decepcionante. Contudo, entendo onde o autor quis chegar ao fazer tudo isso e tudo fez sentido, mas mesmo assim não consegui gostar.
O desfecho da obra foi bastante interessante. Yancey pecou em colocar ação, mas soube elevar o sentimento a um nível único. Tivemos muitas reviravoltas e, é claro, muitas perdas. Algumas substanciais, que me fizeram chorar em posição fetal – #shameonme – e outras necessárias, as quais eu comemorei bastante. O que me incomodou foi que o autor abusou do clichê para construir esse final, fazendo com que ele ficasse igual a quase todas as distopias que lemos. A série era tão original e tinha tanto potencial, mas acabou de uma forma sem graça.
A edição física está muito bem trabalhada. A capa é uma adaptação da original e eu gosto bastante. A diagramação é bem trabalhada, as páginas são amareladas, o espaçamento é bom e a fonte é grande. A revisão deixou um pouquinho a desejar, encontrei muitos erros durante a leitura, mas entendo que o fato do livro ter lançado simultaneamente com os EUA pode ter causado isso.
A Última Estrela é um bom livro, mas muito inferior aos seus predecessores. No entanto, por tudo que a série representa pra mim, recomendo esses livros para todos. Me decepcionei sim, mas acho que a experiência de ter mais uma trilogia concluída valeu a pena. Leiam e tirem suas próprias conclusões!



Beijos e até a próxima!

***
Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique aqui e saiba como participar.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

17 Comentários

  • Thuanne Souza
    29 julho, 2016

    Eu assisti o filme A 5ª onda, gostei bastante, mas ainda não tive a oportunidade de ler o livro.
    Achei bacana você ter citado essas reviravoltas neste último livro, mas é uma pena que não atendeu às suas expectativas.

  • Anna Mendes
    20 julho, 2016

    Olá!
    Eu estou muito curiosa para ler esta trilogia. Eu assisti ao filme "A 5ª Onda" nesse ano e gostei bastante do enredo, então acredito que vou gostar ainda mais do livro. Espero fazer essa leitura em breve 🙂

  • Micheli Pegoraro
    20 julho, 2016

    Olá Leonardo,
    Essa trilogia está na minha lista de desejados há um bom tempo. Sempre tive a curiosidade de ler essa distopia, os comentários que li do primeiro livro A 5ª Onda me deixaram empolgada para iniciar a leitura, principalmente pela originalidade do enredo.
    É um pena saber que o desfecho da trilogia é um pouco decepcionante, com um final bem clichê e com muitas pontas soltas. Mas mesmo assim pretendo ler quando tiver a oportunidade, enquanto isso, vou assistir o filme.
    Beijos

  • Marina Labres Pereira
    20 julho, 2016

    Não conhecia essa trilogia, mas achei muito interessante! Distopia, pra mim, é um gênero bem relativo… às vezes gosto bastante e às vezes nem me interesso hahaha mas essa me parece interessante, darei uma olhadinha.
    Parabéns pela resenha!

  • Maria Fernanda Pinheiro
    19 julho, 2016

    Vou confessar que nunca me interessei pela trilogia, as capas me dão a impressão de uma história completamente sem-sal (o que parece ser esse último livro) mas com a resenha e sabendo que você estava aguardando tanto a continuação, fico animada e ao mesmo decepcionada ao saber que, ao invés de amadurecer a escrita, o autor decaiu, deixando o leitor decepcionado pela maneira como tudo foi mostrado

  • Theresa Cavalcanti
    18 julho, 2016

    Eu não consegui ler o primeiro livro, tava muito louca para ler, mas quando comecei não gostei e parei.

  • Ana I. J. Mercury
    18 julho, 2016

    Ah, Leo, confesso pra você que não curti. Na verdade, comecei o primeiro livro gostando, daí foi caindo, chegou na metade, parei.
    Provavelmente não voltarei a ler.
    É de fato original e gostosa de ler em algumas partes, mas achei a Cassie chatinha então não me envolvi bem com a trama + personagens.
    bjss

  • Maria Alves
    18 julho, 2016

    Ainda não li nenhum livro, só assisti o filme a 5º onda. É uma pena quando a trilogia começa boa e termina deixando a desejar. Fiquei impressionada com essa mudança que acontece com Sam. Mas acho que vale a pena ler é uma luta dos poucos sobreviventes com reviravoltas que devem surpreender o leitor, apesar das perdas que nos fazem sofrer e ficar com raiva do autor rs.

  • Aline Goettems
    17 julho, 2016

    Oie, tudo bem?
    Que pena quando isso acontece, de uma trilogia ter tudo para ser perfeita o no terceiro livro decair dessa forma.
    Eu não li ainda a 5ª onda, e apesar do ultimo livro da trilogia ter decepcionado, vou seguir sua dica e ler, concordo que é sempre bom ter mais uma trilogia concluída, e acho que o tema do livro vale a pena.
    Gostei muito da resenha, sua sinceridade sempre ajuda muito.
    Beijos ♥
    Lost Words

  • Marta Izabel
    17 julho, 2016

    Oi, Léo
    Gostei muito da resenha. Essa trilogia vai entrar para minha lista. Bjoss

  • Jaqueline cuevas cortes
    16 julho, 2016

    Gostei muito dessa distopia, parece um livro ótimo pra ler e se aventurar nessa ação. A estória é bem convincente e quero ver como acabará e o desfecho dela. Já está na minha lista de desejos! Adorei a capa ♥

  • Naiara Fidelis Da Silva
    16 julho, 2016

    Eu nem sabia que tinha saído continuação da 5 onda rsrs, porém desde quando lançou eu fiquei interessada em comprar.

  • Gislaine Motti
    16 julho, 2016

    Eu vi o filme nos cinemas e não tinha nem ideia que era baseado em uma trilogia da Fundamento. Não tive oportunidade de ler os livros ainda, mas quero muito! É uma pena saber que o desfecho é um pouco decepcionante, mas acontece.. Acho que deve valer a pena pela jornada!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

  • Karine Fernandes
    16 julho, 2016

    Oiii Leo, eu confesso que ainda não li e nem vi o filme do primeiro livro, mas e uma historia que me chama muito a atenção espero poder ler um dia para ter minhas conclusões e ver se concordo com você ou não. Mas e claro que sua resenha esta ótima, adoro ler suas resenhas são sempre maravilhosas.

    Beijos meu bem

  • Cladisson Mélo
    16 julho, 2016

    Eu tenho vontade de ler esse trilogia. Não assisti o primeiro filme ainda. E espero que quando eu for comprar, não venham com a capa do filme. Por que eu não gostei.

  • Márcia Saltão
    16 julho, 2016

    Olá!
    Que pena você ter se decepcionado com o fim da série…fiquei até pensativa. Mas quero muito ler esses livros, que já estavam adicionados a minha lista. Mesmo que o final não seja tudo aquilo que esperávamos, creio que ainda assim vai valer o tempo dedicado a leitura. Ótima resenha, sempre perfeita! Abraços.

  • Aline Cuerci
    16 julho, 2016

    Eu não conhecia essa trilogia e nem esse autor. Quem sabe entra na lista. Bela resenha.
    Bjos.