26 de setembro de 2016

Tá Na Estante :: 'Boomerang' #577

POSTADO POR EM 26 de setembro de 2016

Heeey, gente. Tudo bem??


Finzinho de mês, começo de semana, a temporada mais preguiçosa de todas, não é? Para animar um pouco essa segunda, vim comentar com vocês sobre um livro que eu li e amei! Uma galera curiosinha já veio me perguntar sobre a história, então hoje eu vou matar a curiosidade de vocês.

Livro: Boomerang
Série: Boomerang #01
Autora: Noelle August
Editora: Galera Record
Páginas: 350
Sinopse: Uma história forte de amor proibido no primeiro volume desta trilogia romântica. Mia Galliano e Ethan Vance se conhecem em um bar e a química entre eles é inegável e imediata. Uma coisa leva a outra, e na manhã seguinte Mia acorda na cama de Ethan com a maior ressaca do mundo. E aí as coisas ficam complicadas. Tanto Mia quanto Ethan estão atrasados para uma entrevista de emprego. E é quando notam a maior coincidência de todas: os dois estão competindo pela mesma vaga no departamento de marketing da Boomerang, um site de relacionamentos. Será que vão conseguir ignorar o desejo que sentem um pelo outro? E quem vai ficar com a cobiçada vaga no marketing? 
Confesso que Boomerang me conquistou pela capa. Apesar de não curtir livros com pessoas na capa, achei esta muito bonitinha e, quando vi se tratar de um New Adult co-escrito pela autora de Sob o Céu do Nunca, aí eu fiquei louca. 



Neste livro vamos conhecer a Mia. Ela nasceu em uma família rica e bastante amorosa e é filha de uma artista-plástica excêntrica, mas que sempre viu a filha como principal musa e inspiração. Porém, Mia quer crescer por si própria. A jovem sonha em trabalhar com cinema e está concluindo o trabalho para isso. Trabalhar na Boomerang, uma das maiores agências de relacionamentos que existe, é dar um pontapé inicial para a carreira que ela quer conquistar.



Ethan é o completo oposto de Mia. Não pela família, mas pelo dinheiro. O jovem está a beira da falência. Ele era o astro do futebol e sonhava em jogar na liga profissional, mas quando sofreu uma fratura na faculdade viu seus sonhos irem pelo ralo. Agora quer trabalhar na Boomerang apenas para se manter, pois seu sonho já não pode mais se realizar. 

Mia e Ethan se conhecem em um bar e acabam ficando juntos. Quando acordam, no dia seguinte, não se lembram de como foram parar ali, mas pela química que rola na primeira olhada, sabem que fizeram a coisa certa. Sem querer, descobrem que estão indo para o mesmo lugar e, ao chegar lá, descobrem que o destino é uma coisinha bem traiçoeira. Mia e Ethan estão trabalhando na mesma empresa e no mesmo cargo, porém como estagiários.



Seria maravilhoso se não fosse trágico. O fato é que os dois estagiários estão concorrendo por uma vaga fixa. Ou seja: só um ficará com o emprego! Se isso já não fosse ruim o suficiente, existe um porém gigante: funcionários da Boomerang não podem se envolver afetivamente. Como eles vão lidar com esse fogo que arde sem se ver? Difícil! 

***

Clichê é o quê? Clichê é bom! E é isso que Boomerang é, um bom clichê.  Na verdade os New Adults tendem a ser clichês. A gente meio que já começa sabendo como vai terminar, porém a forma como as autoras, Veronica e Lori - sob o pseudônimo de Noelle -, desenvolveram a história, foi bastante satisfatória. 

Acho que o ponto alto da trama foram os personagens. Além do foco nos protagonistas, que deixaram de lado aquelas características de uma vida sofrida para serem pessoas normais em busca de realizações, a gama de personagens secundários deixou a trama mais interessante, tirando o foco dos personagens principais em alguns momentos, e isso foi ótimo. 

Além disso, as autoras trataram de um assunto delicado que é o Alzheimer. Foi interessante ver a forma como a Mia lidava com a avó que sofria da doença. O sonho da jovem é lançar o filme com a história da senhorinha mais divertida da história. Este foi um dos pontos mais emocionantes da trama, com certeza.



Apesar de grande parte dos problemas do enredo terem sido resolvidos, a abertura para as sequências da série ficou e me deixou bem curiosa pelo que está por vir. Os personagens me cativaram de forma singular e eu mal posso esperar para saber como eles irão levar a vida dali em diante. A parte visual da história é maravilhosa, já que dá para imaginar as cenas com uma riqueza de detalhes incrível.

Com uma narrativa incrível e envolvente, Veronica e Lori conseguiram incluir o leitor na história, deixando-nos bem à vontade com os personagens. Além disso, a Galera conseguiu fazer uma edição bem legal. A revisão está boa, nenhum erro que tenha me atrapalhado a leitura, e o trabalho gráfico também está excelente. Já falei que fui conquistada pela capa, não é?



Boomerang é uma ótima pedida para aquelas tardes preguiçosas onde a gente só quer se distrair lendo. Estou bem ansiosa pelos próximos volumes da série e super indico o livro.

Beijocas e até a próxima!!!
***
Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique aqui e saiba como participar.

11 comentários:

  1. Oi Bab, mais uma vez arrasando nas resenhas e nas fotos, deixando a gente com vontade de lê, eu amo um clichê, além da edição ser bem bonita, é new adult então já tá lista de desejados.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Barbara!!
    Que livro mais amorzinho!! Adorei a sinopse do livro e também a sua resenha que está maravilhosa!! A história pode ser clichê mais quem não gosta de um clichê?! Sem dúvida quero ler esse livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Olá! Genteee quero muito ler esse livro parece ser um amorzinho <3 E essa capa é puro amor dá logo vontade de levar para casa.

    ResponderExcluir
  4. Percebi que esse livro estava ganhando um certo destaque na bienal, mas nem a capa e nem o título me interessou -julgo livros pela capa :(-. Que belo engano que cometi. O livro aparenta ser bem divertido e fofo. Já quero!!

    ResponderExcluir
  5. Eu já havia visto um comentário sobre esse livro e fiquei interessada, mas agora com sua resenha fique com mais vontade ler. E como você disse Barbara, é um clichê e percebemos isso só de ler a sinopse, mas eu adoro esse tipo de leitura, pois me diverte e me arranca alguns suspiros...hehehhe!!
    Adorei a indicação!!

    ResponderExcluir
  6. Um clichê bem desenvolvido de vez em quando não faz mal a ninguém. Aliás, eles são ótimos para aqueles momentos que a ressaca literária está atacada. Vi esse livro por aí e parece ser super fofinho com essa coisa de opostos e tudo o mais. Gostei muito de saber a sua opinião.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Mais uma vez arrasando nas resenhas e nas fotos, fiquei super curiosa quero muito ler o livro.

    ResponderExcluir
  8. Pois é, New Adults são em sua maioria, grandes clichês, mas como disse, clichês bons kkkkk Estou com vontade de ler ele, mas ao mesmo tempo não. Adorei sua resenha, e principalmente as fotos que você tira *-* São maravilhosas !

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto outras resenhas desse livro e continuo achando fofinho! Não tinha visto ninguém comentar sobre esse sonho da Mia de fazer um filme da vida da avó, achei fofo demais. Eu não gostei tanto da capa porque prefiro não ter uma imagem já formada dos personagens antes mesmo de iniciar a leitura...

    ResponderExcluir
  10. Oi Barbara,
    Estou namorando esse livro há tempos, gosto de livros do gênero New Adult, e clichê quando é bem escrito é sempre bom hahaha. Mas confesso que estou com um pouco de receio de ler esse livro, pois os comentários estão bem divididos, mas como uma boa leitora apaixonada por livros leves e envolventes, vou anotar a dica e procurar ler esse livro quando estiver buscando uma leitora despretensiosa após uma ressaca literária. Amei as fotos, que capricho *-*
    Beijos

    ResponderExcluir