Heeey, gente. Tudo bem??

Esse friozinho de São Paulo está me inspirando a ler muito, e olha que eu achei que não daria conta no meio dessa correria que é a Bienal do Livro. Hoje vou falar sobre um romance leve e divertido que eu estava esperando há muito tempo. Vamos lá?

Livro: Garota Online em Turnê
Série: Garota Online #02
Autora: Zoe Sugg
Editora: Verus Editora
Páginas: 294
Sinopse: Quando Noah convida Penny para acompanhá-lo em sua turnê pela Europa, ela mal pode esperar para passar semanas na companhia de seu fantástico namorado roqueiro. Mas, entre a agenda cheia de Noah, seus companheiros de banda não tão amigáveis e mensagens ameaçadoras de fãs invejosas, Penny começa a se perguntar se foi feita para a vida em turnê. Ela sente muita falta da família, de seu melhor amigo, Elliot… e de seu blog, o Garota Online. Será que Penny vai aprender a equilibrar vida, amor, amizade, planos para o futuro — tudo isso com os pés na estrada —, ou vai pôr tudo a perder nas férias de verão mais emocionantes e imprevisíveis da sua vida?

Após descobrir que o seu Incidente Iniciante era um super-astro do rock e viver toda a loucura que essa descoberta lhe trouxe, Penny tirou o Garota Online do ar e virou a garota offline. Agora todos os seus posts são lidos apenas por pessoas nas quais ela realmente confia, de forma a não correr mais o risco de ter sua vida e seu namoro exposto em todos os portais de famosos na internet.

Noah está partindo para sua primeira turnê internacional onde, juntamente com sua banda, irá abrir os shows da famosa The Sketch e convida a Penny para participar de parte da turnê com ele. Durante duas semanas, nas férias de verão, ela parte com a banda em uma viagem que passará por parte da Europa. A intenção, é claro, é passar mais tempo com o Noah, já que ele está sempre viajando com a banda.
Porém, as crises de pânico da Penny acabam sendo um empecilho, já que no show de teste, ainda em Londres, Penny acaba tendo uma crise, perde o celular e volta pra casa amparada por Megan, uma amiga que ela achou que já não tinha mais. O problema se torna maior quando a pessoa que encontrou o celular de Penny começou a usá-lo para chantagear a garota com relação ao seu namoro com Noah.

Apesar das chantagens, Noah e Penny embarcam na turnê que pode mudar a vida do garoto. Ele prometeu à Penny que em cada cidade teriam um Dia do Mistério Mágico, para que possam ficar juntos e matar a saudade dos meses longe. Entretanto, durante a viagem descobrem que a vida de um cantor em turnê não é tão simples. Então, com um melhor amigo que é um tanto quanto babaca e um empresário que não larga do seu pé, Noah percebe que passar tempo com Penny vai ser a coisa mais complicada de toda a viagem.  
Mesmo entendendo todo o propósito da viagem e a necessidade que o Noah tem de estar presente em tudo, Penny se sente um pouco decepcionada com tudo o que está acontecendo. Ela recorre então ao Wiki, seu melhor amigo que também está enfrentando um relacionamento complicado. Mesmo afastados, essa viagem os torna ainda mais amigos e confidentes. 

***

Zoella foi por um caminho completamente oposto ao de Garota Online e eu adorei isso. A vlogueira já tinha assumido que o primeiro livro foi escrito por um escritor fantasma, mas que neste volume ela daria as caras e escreveria a história do seu jeito. Confesso que eu adorei a narrativa dela, achei a escrita bem atual e próxima do leitor, parecia que ela estava realmente conversando com a gente.
Não posso deixar de mencionar o fato de que o livro é clichê e previsível, mas eu adoro este tipo de narrativa, então pouco me importa, haha. A Zoe também conseguiu inserir algumas surpresas no decorrer da trama que me deixaram bastante animada durante a leitura. Aquelas surpresinhas que você só falta gritar: “Ai que legal!”. Sabe?

Eu amei como os amigos foram a força da Penny neste livro. Quando a história começa ela ainda está bastante debilitada graças aos acontecimentos finais do livro anterior, por isso essa força que eles lhes dão é de suma importância para a recuperação da Penny e para que ela entenda quem é ela mesma.

Adorei a edição! A capa condiz muito com a história e a revisão está boa, encontrei alguns errinhos, mas nada tenso ao ponto de prejudicar a leitura. Adoraria aquela edição capa dura maravilhosa, mas é o que temos pra hoje!
Eu adorei o livro. Amei a forma como a Zoe apresentou problemas adolescente em uma narrativa fluida e leve. Indico muito a leitura, tanto para jovens quanto para a adultos. É um livro fácil, leve e divertido, apesar de alguns dramas dentro da história. Adorei!
Beijocas e até a próxima!!!
***
Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique aqui e saiba como participar.

icon-newsletter

Não perca nenhuma novidade!

Veja os posts relacionados


Deixe seu comentário

15 Comentários

  • Laiane Espósito
    17 setembro, 2016

    Ja li o Garota Online e confesso que estou morrendo de medo de ler esse.

  • Eduarda Rozemberg
    17 setembro, 2016

    Ah, um clichê ou outro as vezes é muito mais do que bem vindo, principalmente quando você está morrendo de ressaca literária e está procurando por uma leitura mais leve. Parece ser exatamente o caso dele livro. Pelo que eu pude notar, ele é mais voltando para o publico juvenil, então a escrita deve ser mais leve mesmo. Gostei do enredo apesar disso, se mostrou bem diferente do que eu costumo ver.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

  • Luciana Campos
    15 setembro, 2016

    Oi, Barbara!
    Já havia ouvido falar sobre o primeiro livro, mas sinceramente, tive (e acredito que ainda tenho) certo preconceito por saber que era escrito por uma vlogger e falava sobre a história dela e tudo mais… Me interessei levemente por esse segundo volume por não ser tanto sobre a parte vlogger, mas concordo com você na parte de ser previsível, nem preciso ler pra já ter uma leve noção das coisas que podem acontecer…

  • Giane Novak
    14 setembro, 2016

    Adorei a resenha, preciso ler o primeiro livro, fiquei curiosa!

  • Marta Izabel
    13 setembro, 2016

    Oi, Barbara!!
    Não li a resenha pois ainda vou ler o primeiro livro a Garota Online.
    Beijoss

  • Micheli Pegoraro
    12 setembro, 2016

    Oi Barbara,
    Adoro um livro clichê e previsível hahaha quando é bom não me importo mesmo! É sempre bom ter uma opção de uma leitura mais leve e fluida após um livro mais denso. Apesar de não ser muito fã de histórias com dramas de adolescentes, vou anotar essa dica para quem sabe ler algum dia, pois adoro livros que abordam a importância da amizade, isso me encanta demais =)
    Beijos

  • Cássia
    11 setembro, 2016

    Olá.
    Já conhecia a obra, mas nunca me interessei pelos livros. Acho que a trama é mais voltada para um público teen e eu gosto de leituras mais densas.
    Mas achei interessante a forma como a autora colocou um destaque para a força da amizade, mostrando como a protagonista superou os dramas do livro anterior.

  • Maria Vitória
    10 setembro, 2016

    Aiiiiiin Bárbaraaaaaaaaa!
    Você está me fazendo colocar muitos livros na minha lista, meodeos!!!

  • Midnight - Bruna Prata
    09 setembro, 2016

    Até fiquei com vontade de ler o primeiro, mas com toda essa história de Gosth Writer e muita gente não gostando, dei uma desanimada. Mas, todas as críticas desse segundo volume estão sendo maravilhosas. Fiquei extremamente curiosa com essa leitura.

  • Maria Alves
    03 setembro, 2016

    Não li o primeiro livro. Esse parece retratar bem os conflitos que os jovens passam, ainda mais tendo um cantor como namorado os conflitos devem ser mais complicados ainda.

  • Cladisson Mélo
    03 setembro, 2016

    Não li a resenha toda por que deve ter spoiler. Mas eu ainda quero ler o primeiro. 😀

  • lidi
    03 setembro, 2016

    Gostei da resenha, já tinha visto alguma coisa sobre o primeiro livro mas não é um livro que leria, não gosto muito deste gênero, prefiro livros de fantasia.

  • Pamela Liu
    03 setembro, 2016

    Oi Barbara.
    A trama desse livro não me interessou muito. Ele parece ser um pouco teen pra mim. Parece trazer uma boa mensagem sobre o valor da amizade e de gostar de si mesmo.
    Que bom que esse livro foi mesmo escrito pela autora e a narrativa foi envolvente.
    A capa é bem fofa mesmo!

  • Iêda Cavalcante
    02 setembro, 2016

    Olá!
    Nunca li esses livros, acho muito adolescente e já passei dessa fase faz tempo.
    Pra quem gosta parece uma boa leitura, mas vou deixar pra os fãs mesmo.
    Bjs!

  • Polly Barbosa
    02 setembro, 2016

    Tô bastante afim de ler tanto esse, quanto o 1º. Gostei de ambas as capas.