17 de novembro de 2016

Tá Na Estante :: 'Você Se Lembra de Mim?' #603

POSTADO POR EM 17 de novembro de 2016

Heeey, gente. Tudo bem?


Aqui é a Denise, do Blog Sacudindo as Palavras, e vim hoje, à convite da Barbara, falar sobre uma das minhas últimas leituras, um romance escrito pela diva Megan Maxwell. Vamos conferir?! 
Livro: Você se Lembra de Mim?
Autora: Megan Maxwell
Editora: Essência
Páginas: 496
Sinopse: Alana é uma mulher independente que não acredita no amor e tem na profissão sua única razão de viver. Jornalista freelancer, é enviada a Nova York para escrever uma reportagem sobre a metrópole, onde conhece o atraente Joel Parker. Quando ela descobre que aquele homem bonito e sedutor que tem lhe feito companhia nos últimos dias é um militar, como seu pai – uma lembrança que ainda a assombra –, a jornalista desaparece sem deixar vestígios. Apesar de resoluta em sua vontade de se afastar do capitão da Marinha americana para não repetir a história de sofrimento de sua mãe, ela não conseguirá aplacar o desejo de seu coração por Parker. Quem vencerá essa disputa entre razão e emoção? O passado de sua mãe irá assombrá-la ainda mais ou irá ajudá-la a esclarecer muitas questões mal resolvidas?
Carmen e Loli decidiram deixar para trás sua vida na Espanha e tentar a sorte mudando-se para a Alemanha. O choque cultural é bastante grande, assim como a saudade de suas famílias, mas mesmo jovens e sem experiência de vida, as duas vão se esforçar para atingirem seus objetivos, conseguindo um bom emprego para manterem-se na nova moradia. O que as duas não esperavam encontrar nesse novo país era o amor.

Carmen e Teddy se conhecem e o militar se esforça bastante até conseguir conquistar o coração da moça. A relação passa por bastante questões, já que temos uma guerra acontecendo e o rapaz precisa despedir-se da amada para lutar, sem a garantia de que vai voltar. Mesmo com o medo constante, Carmen ama Teddy e sabe que vale a pena esperar por ele, e os dois trocam muitas cartas para aplacar as saudades.

Na segunda parte do livro conhecemos Alana. Ela é uma jornalista determinada e dona de si, que sabe que está fazendo a coisa certa com a sua vida. Casar não é um de seus objetivos, já que ela está muito bem sozinha e não tem muita sorte no amor. Contudo, quando ela conhece Joel, é difícil não sentir-se atraída pelo militar. 

Alana cresceu tendo um pai militar e quer evitar ao máximo repetir o que sua mãe viveu no passado, pois sofrer não faz parte dos seus objetivos de vida. Só que quanto mais ela tenta se afastar, mais Joel insiste e mostra que não irá desistir de tê-la para si. Não demorará muito para Alana entregar-se a essa paixão, mas a que custo?

***

Quem me conhece sabe que sou apaixonada pelos livros da Megan Maxwell, então sempre que um livro da autora lança, eu corro para ler. Quando a Planeta anunciou o lançamento dessa obra, não hesitei em solicitar, mas vi algumas críticas que me desanimaram e fui adiando a leitura. Que burra eu fui.

A escrita de Megan é bastante envolvente, mas confesso que demorei um pouco para engatar na leitura. O começo, contando a história de Carmen e Loli, foi bastante maçante e eu ficava me perguntando o motivo de Megan insistir em seguir por essa linha. Mas quando chegamos à parte de Alana, praticamente devorei o livro em uma sentada.

O livro é baseado em fatos reais e traz uma grande carga de sentimentos. A mãe da autora viveu uma história assim e Maxwell achou que esta merecia ser contada em forma de romance. Tendo isso em mente após a conclusão da leitura, consegui entender que Megan queria mostrar ao mundo o que a mãe passara, mas também dar um desfecho pleno para sua história de amor. Por isso comecei a ver a parte de Carmen com outros olhos.

O romance tem um enfoque altíssimo nesse livro, obviamente, e não tive como não torcer para que Alana e Joel fossem felizes. Entendo que a moça não queria sofrer o mesmo que a mãe, mas quando o amor bate à sua porta, você sempre deve deixá-lo entrar. Ainda estou apaixonada por essa história de amor.

Sobre a edição física, o livro segue no padrão dos outros livros da autora publicados pelo selo Essência. Contudo, preciso salientar que essa capa está longe de ser uma das favoritas. Não sei explicar bem o porquê, mas tá tudo errado ali e espero que nas próximas edições a editora troque a imagem. Além disso, no final temos algumas fotos de Carmen e Teddy ainda jovens, retratando cenas do livro, o que só aumentou meu amor pelos dois.

Você se Lembra de Mim? é um livro repleto de uma montanha-russa de emoções e que mostra que sempre devemos aproveitar as oportunidades da vida, afinal temos apenas uma e os arrependimentos são mais difíceis de lidar do que as conquistas. Com certeza recomendo.

Beijocas e até a próxima!!!
***
Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
CLIQUE AQUI e saiba como participar!

8 comentários:

  1. Esse livro me fez lembrar um pouco de Querido John (nunca vou superar o final desse livro). Confesso que o romance raramente entra na minha zona de conforto, mas a história parece ser bem interessante, visto que é baseada em fatos reais. Não pretendo ler, mas gostei muito da resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Denise!
    Sou sempre a favor do amor também, porque ele ajuda a superar tudo, inclusive os traumas do passado.
    Fiquei feliz em saber que o enredo foi baseado na história da mãe e dela própria.
    Fiquei com vontade de ler porque amo romances com um pouco de drama.
    “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Oi tudo bem?
    Achei legal a premissa do livro, ainda mais por se basear em fatos reais. A capa do livro é bem feinha mesmo, tomara que mudem na próxima edição.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Gosto de historias que se baseiam em fatos reais, saber que aconteceu de verdade da uma outra visão na historia. Pena que uma das historias é maçante isso desanima a leitura, mas por outro lado que bom que a outra da para devorar. Ainda não li nenhum livro da autora, mas tenho interesse em ler, quem sabe começo por esse.

    ResponderExcluir
  5. Adoro a escrita da Megan, mas tudo que li dela foram os romances eróticos onde ela não deixa nada para a imaginação. Tenho muita vontade de ler outros gêneros escritos pela autora. Este livro me parece ser muito bom, um romance com muito drama (pelo que pude perceber) entrelaçando histórias do passado e presente, com personagens fortes e determinadas. E o fato de ser baseado na história da mãe da Megan me deixa com mais vontade de ler!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Denise,
    Faz tempo que quero conhecer a escrita da Megan Maxwell, a série Peça-me o que quiser está na lista há um bom tempo, mas acho que vou acabar escolhendo Você se lembra de mim? para ler primeiro, já que é um livro único.
    Confesso que quando vi o lançamento desse livro não dei muita atenção, mas agora vi que estava enganada. Gosto desse tipo de livro onde a história tem como pano de fundo a guerra, isso torna a leitura mais intensa e profunda, ainda mais por ser uma história baseada em fatos reais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Denise!
    Ótima resenha, muito bem elaborada. Não conheço a escrita da autora, mas pretendo ler algum livro dela, em breve. E talvez comece por esse.
    Não é muito meu estilo de leitura, mas vou dar uma chance a essa história. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Ótima resenhaaa (faz jus ao livro), esse foi um dos livros mais rápido que eu li e gostei bastante! INDICO MUITO.

    ResponderExcluir