14 de janeiro de 2017

Você tem medo de viver?

POSTADO POR EM 14 de janeiro de 2017

Heeey, gente. Tudo bem??

No post de hoje eu vou falar sobre um assunto que mexe muito comigo e que, com certeza, deve mexer com muitos de vocês também. Eu sou uma daquelas pessoas bem medrosas, sabe? Tenho medo de arriscar em novas áreas, de conhecer novos amigos, de sair com um carinha legal. Tenho um medo descomunal de me machucar ou de acabar atrapalhando algo que já está dando certo. Aquele medo de mexer em time que está ganhando! E de uns tempos para cá eu percebi que esse medo acaba me podando, não deixando que eu crie asas e saia do casulo para viver a vida que eu planejo na minha cabeça.



Muitas vezes eu quero liberar um tipo diferente de vídeo, chego a gravar e começar a editar, mas acabo me prendendo e não concluindo, guardando a vontade lá no fundinho da alma. Isso também acontece com alguns posts aqui no blog; coisas que eu realmente quero falar sobre, mas que tenho receio de não serem bem aceitas pelo público que eu já tenho. 


Então, para uma das metas deste ano eu escolhi não deixar o medo me paralisar, graças a isto estou criando postagens como esta e como algumas outras que já fiz por aqui. Me arriscando mais e falando sobre outras coisas que gosto, além de livros, e já aviso que isso tende a continuar. Eu sempre acreditei que blogs são lugares onde a gente pode intercalar tudo o que ama, deixando o leitor entrar em nossas vidas e compartilhar dos nossos amores. Adotei essa logística para a minha própria vida.

Sentir medo não é completamente errado, existem algumas situações em que ele é realmente necessário. Mas a partir do momento que ele te impede de viver algo que você planeja, ou que te impede de buscar pelo melhor, insinuando que você deve se satisfazer com o que já tem, ele está te paralisando.

Para descobrir se o medo está te paralisando se faça a seguinte pergunta: Eu não faço isso porque não quero ou por que tenho medo? Você pode se fazer esta pergunta quando está pensando em arriscar um novo emprego, em terminar um relacionamento que não vem mais dando certo ou em simplesmente usar um batom diferente para sair de casa hoje.

Essa apreensão está em todos os lugares onde olhamos e nós temos que retê-la; é assim que nos abrimos para um vida de novas oportunidades e conquistas. Pode ser que seja fácil falar e difícil fazer, mas se você tentar, arriscar, eu tenho certeza que ficará mais simples a cada dia. Não deixe o medo te paralisar.

♥♥♥

É isso que temos pra hoje! Me conta aí nos comentários alguma situação que você acredita ter sido parado pelo medo e se isso te desmotivou em algum expecto. Vamos trocar experiências. Obrigada por estarem aqui!

Beijocas e até a próxima!!!
***
Esta postagem está concorrendo ao TOP Comentarista!
Clique AQUI e saiba como participar.

9 comentários:

  1. Barbara, você me resumiu. Tudo o que você falou que tem medo, também sinto, foi como me olhar no espelho. Tenho medo de coisas bobas, como falar algo e não ser aceita, poxa, é minha opinião. Nossa...
    E depois da sua pergunta, com certeza o medo me paralisa, já perdi tanta coisa por causa disso, oportunidades que qualquer um agarraria, deixei passar pelos meus dedos igual areia.
    Por favor, eu te peço, não pare com posts assim. Sério! Isso ajuda a relaxar e perceber que não estamos sozinhos nessa.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Barbara!!
    Parabéns por essa postagem!! Realmente o medo nos paralisa e faz que desistimos de fazer muita coisa. Também sou muito medrosa mas esse ano estou decidida vou deixar o medo de lado!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  3. Bárbara!
    Concordo com você quando diz que o medo paralisa, é uma grande verdade.
    Meu único medo é porque não tenho medo e em algumas situações podem ser até perigosas. Sou muito ousada e faço coisas que nem imagino, nada me paralisa e por vezes tenho determinadas limitações físicas que não consigo ultrapassar e isso sim me deixa frustrada.
    Adoro essas suas postagens ousadas, onde podemos debater temas importantes.
    Continue!
    Bom final de semana!
    “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” (Cora Coralina)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Oi Barbara
    Sentir medo é normal. Todos temos medo do novo, foi assim que nossos ancestrais viviam. Mas não podemos deixar o medo nos paralisar. Eu tento sempre seguir o que quero sem nem pensar direito pra não me amedrontar.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  5. Também sou medrosa, fico com receio de alguns comentários que posto, de algumas coisas que falo entre outros e coisas que você citou, me sinto insegura, queria não ser assim rs. Gostei da sua pergunta e quando me sentir assim vou faze-lá.

    ResponderExcluir
  6. Nossa gostei muito desse post, eu também sou muito medrosa, mas decidi muda,esse post me enfruenciou muito, obrigada bjs fique com deus.

    ResponderExcluir
  7. Já tive muito medo de não arriscar por causa do que os outros iriam achar da minha decisão, minha faculdade ta bem próximo disso que eu falo, eu mudei meu curso inúmeras vezes por causa da opinião de meus país e acho que até agora eles não gostaram da decisão. Gostei de seu post e a reflexão a que ele nos levou ^^

    ResponderExcluir
  8. Oi Barbara.
    Adorei o post.
    Acho que todo mundo tem medo de alguma coisa e às vezes é difícil sair da zona de conforto. Mas temos q nos arriscar e fazer aquilo que queremos/desejamos.
    Eu mudei meu curso da faculdade faltando 1 ano e meio para termina-lo. Fiquei com medo de me arrepender, mas no final deu tudo certo. Fiz outro curso e fiquei bastante feliz com a minha escolha.
    O importante é você ser feliz. A opinião dos outros não é tão importante assim.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. vc me retratou nesse post
    as vezes a gente fica nessa: para que mexer se está dando certo e esse medo me mexer acaba que vc deixa de tentar coisas novas
    mas isso pode evitar dor e decepção sim, mas também evita que você conheça coisas novas e muitas vezes que você gosta mais do que o anterior
    por isso quando eu estou com muito medo de encarar algo eu lembro da filosofia do thomas edson: eu não errei mil vezes, eu achei mil maneiras de não fazer e tiro a minha lição tb dos erros
    beijos!

    ResponderExcluir