20 de fevereiro de 2017

Tá Na Estante :: 'O Caminho para Casa' #636

POSTADO POR EM 20 de fevereiro de 2017

Heeey, gente. Tudo bem??


Recentemente a Arqueiro relançou um dos meus livros favoritos da vida e hoje vim contar pra vocês o que achei dessa história, que ainda me emociona profundamente.
Livro: O Caminho para Casa
Autora: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Sinopse: Durante 18 anos, Jude pôs as necessidades dos filhos em primeiro lugar, e o resultado disso é que seus gêmeos, Mia e Zach, são adolescentes felizes. Quando Lexi começa a estudar no mesmo colégio que eles, ninguém em Pine Island é mais receptivo que Jude. Lexi, uma menina com um passado de sofrimento, criada em lares adotivos temporários, rapidamente se torna a melhor amiga de Mia. E, quando Zach se apaixona por ela, os três se tornam companheiros inseparáveis. Jude sempre fez o possível para que os filhos não se metessem em encrenca, mas o último ano do ensino médio, com suas festas e descobertas, é uma verdadeira provação. Toda vez que Mia e Zach saem de casa, ela não consegue deixar de se preocupar. Em uma noite de verão, seus piores pesadelos se concretizam. Uma decisão muda seus destinos, e cada um deles terá que enfrentar as consequências – e encontrar um jeito de esquecer ou coragem para perdoar. O caminho para casa aborda questões profundas sobre maternidade, identidade, amor e perdão. Comovente, transmite com perfeição e delicadeza tanto a dor da perda quanto o poder da esperança. Uma história inesquecível sobre a capacidade de cura do coração, a importância da família e a coragem necessária para perdoar as pessoas que amamos.
Jude é uma mãe exemplar. Seus filhos são tudo para ela e a mulher não hesita em fazer nada quando o assunto é a felicidade deles. Alguns podem considerar suas atitudes protetoras demais, já que ela fiscaliza a vida dos gêmeos como um sargento, mas Zach e Mia cresceram sob esse regime rigoroso e tornaram-se adolescentes inteligentes e bem-educados.



Zach é popular, aquele tipo de garoto que chama atenção de todos na escola por ser bonito e charmoso, além de ser gentil com todos. Mia já é mais retraída, prefere ficar sozinha a estar em grupo. Zach e a família preocupam-se muito com isso, mas tudo muda quando uma nova aluna chega na escola e tira Mia de sua concha.

Lexi cresceu passando por diversos lares adotivos. Com uma mãe extremamente negligente e sem conhecer o pai, a jovem decidiu ser o completo oposto daquela que a deu a vida. Sempre correta no que faz, com uma personalidade única e um caráter impecável, Lexi é a melhor amiga que Mia poderia ter e Jude é a primeira a apoiar essa amizade.





Então. quando Zach se apaixona por Lexi, eles viram um trio e passam a fazer tudo praticamente juntos. Isso até uma tragédia acontecer e abalar suas vidas para sempre. Questões familiares e culpa entrarão em jogo e nada mais será como antes.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Eu li esse livro pela primeira vez em 2012 e fiquei completamente apaixonada pela narrativa. Emprestei minha cópia para uma amiga e nunca recebi de volta, também não encontrei mais para vender. Então, quando a Arqueiro anunciou que ia lançar uma nova edição da obra, não hesitei em solicitar e conferir mais uma vez essa história.



A escrita de Kristin Hannah é fluida e bastante envolvente, daquelas que te prende nas primeiras páginas e você não consegue parar de ler até concluir. Além disso, a autora cria um cenário e personagens tão reais, que você fica imerso na trama a ponto de quase fazer parte dela. Acho isso sensacional.

A emoção toma conta de mim toda vez que lembro dessa história. Sabe aquele tipo de livro que trata de temas tão reais, com aquele toque de delicadeza, mas sem te poupar da verdade? Então, O Caminho para Casa se encaixa nessa categoria e não sei o que dizer, só sentir. Concluí a leitura deitada em posição fetal, chorando rios de lágrimas.



Um tema bastante abordado no livro é a questão da maternidade. Até que ponto uma mãe deve se envolver nas decisões dos filhos? E será que ela está fazendo o certo na criação? Isso é bastante delicado de ser discutido, já que cada mãe deve saber o que fazer com sua família. Mas Kristin lida com isso de uma forma única e bastante sutil.

Os personagens foram bem construídos e todos tem personalidades fortes. Eu gostei muito do jeito da Lexi e do modo como ela seguiu com a sua vida ao longo dos 10 anos após a tragédia. Ela passou por poucas e boas e a culpa ainda vive dentro dela, mas a moça quer se reerguer. Já Jude e eu tivemos uma relação de amor e ódio. No começo gostei muito da personagem, mas depois ela tomou certas atitudes que me incomodaram.



O Caminho para Casa com certeza entra no meu Top 10 livros favoritos da vida e não posso deixar de recomendar essa história a todos vocês. É um livro único, sensacional e emocionante. Vale muito a pena!

Beijocas e até mais!
***
Esta postagem esta concorrendo COMENTÁRIO PREMIADO!
CLIQUE AQUI e saiba como participar.

5 comentários:

  1. Oi Bárbara, tudo bem?
    Eu adorei a premissa deste livro, principalmente por ter um caso de mãe super protetora na minha família. Não conhecia esta história ainda, mas adoraria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eita Bárbara!
    O livro deve mesmo ser bem emocionante porque quando o enredo envolve família e que atitudes tomar, não tem como não nos identificarmos, não é mesmo? Alguma coisa sempre toca em nós, principalmente no que se fala sobre maternidade, nunca temos certeza se estamos mesmo fazendo o que é o mais correto.
    Desejo uma semana de alegria!
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. A historia parece ser muito linda e envolvente, com os conflitos e acontecimentos que acontecem com qualquer família, as vezes é difícil para uma mãe saber que atitude tomar em relação aos filhos,nem sempre se acerta, acho que a leitura nos trás reflexões sobre isso.

    ResponderExcluir
  4. a história parece ser linda e achei interessante o fato de ser uma história que traz os dramas e problemas de qualquer familia, e se o jeito da autora narrar é muito bom
    são formular para um ótimo livro
    anotada a dica
    mudando um pouco de assunto: a pessoa ainda é sua amiga? é por isso que eu não gosto muito de emprestar livros

    ResponderExcluir
  5. Oi, Barbara!!
    Que livro mais instigante é esse!! Estou aqui muito curiosa para saber o que aconteceu nesse livro!! Amei a indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir