27 de maio de 2017

Tá Na Estante :: 'Edgar Allan Poe: Medos Clássicos' #666

POSTADO POR EM 27 de maio de 2017
E aí, pessoal! Tudo bem?

No início desse ano a DarkSide Books resolveu presentear todos os fãs de literatura fantástica com uma linda edição da obra do autor que é considerado o mestre dos mestres desse gênero, Edgar Allan Poe.

Livro: Edgar Allan Poe: Medo Clássico
Autor: Edgar Allan Poe
Editora: DarkSide Books
Páginas: 384
Sinopse: Pela primeira vez numa edição nacional, os contos estão divididos em blocos temáticos que ajudam a visualizar a enorme abrangência da obra. A morte, narradores homicidas, mulheres imortais, aventuras, as histórias do detetive Auguste Dupin, personagem que serviu de inspiração para Sherlock Holmes. O livro traz ainda o prefácio do poeta Charles Baudelaire, admirador confesso de Poe e o primeiro a traduzi-lo para o francês. Os contos são comentados na voz do personagem mais famoso de Poe, um certo pássaro de asas escuras como a noite. E por falar nele, Edgar Allan Poe: Medo Clássico apresenta “O Corvo” na sua versão original, em inglês, além de reunir suas mais importantes traduções para o português: a de Machado de Assis (1883) e a de Fernando Pessoa (1924). Nunca mais houve um autor como Poe. Nunca mais haverá uma edição como esta.
Poe foi com certeza o maior responsável por essa paixão que tenho pelo terror, mas esse amor pelo autor não foi algo que veio facilmente. Há alguns (muitos) anos atrás, quando eu ainda fazia curso de inglês, eu precisei fazer um seminário sobre um dos contos do autor.



Logo de início eu torci mesmo meu nariz para o autor pois estava em uma fase da minha vida onde eu só lia YA e todas as minhas experiências com livros clássicos tinham sido terríveis. Então eu já tinha certeza que a leitura do conto seria uma das coisas mais tediosas que eu teria que fazer durante minha vida.


O meu primeiro contato com Edgar foi através do conto A Queda da Casa de Usher. O conto que é narrado por um narrador sem nome, conta a história de Roderick Usher, um homem que recebe a visita de seu amigo apés queixar-se sobre os sintomas de uma doença misteriosa que que também afetou sua irmã e a levou ao falecimento. O conto obviamente se tornou um dos meus favoritos e me fez querer conhecer muito mais do trabalho do autor.


Quando a DarkSide anunciou que lançaria a obra do autor aqui no Brasil em vários volumes e com edições lindíssimas, eu obviamente enlouqueci e já comecei a juntar meu suado dinheirinho para comprar essa maravilha. Quando a editora nos mandou o e-mail oferecendo o livro eu não pensei duas vezes antes de solicitar.


O livro, que foi traduzido por Marcia Heloisa, contém alguns dos contos mais famosos de Poe, indo de A Queda da Casa de Usher, passando por Os Assassinatos da Rua Morgue e chegando no extremamente conhecido e aclamado O Corvo, que além de contar com a versão original ainda nos presenteia com duas de suas mais famosas traduções.


A edição também conta com aquele cuidado psicopata que já é marca registrada da DarkSide. O livro possui uma capa dura com um fundo cinza fosco, com impressão hot stamp e aplicação de verniz localizado. As páginas seguem o padrão da editora mas contam com um incrível adicional, belíssimas ilustrações em xilogravura feitas pelo artista gráfico Ramon Rodrigues.


Edgar Allan Poe: Medo Clássico é com certeza um livro que todo fã do autor precisa ter na coleção e uma ótima edição de entrada para aquele que nunca tiveram com esse universo de Poe.


Beijos e até a próxima!
***
Esta postagem está concorrendo ao COMENTÁRIO PREMIADO.
CLIQUE AQUI e saiba como participar!

3 comentários:

  1. Well!
    A princípio, quando não estamos mesmo familiarizados com a escrita de Poe, pode assustar mesmo um pouco, entretanto, após pegarmos a dinâmica de seu raciocínio, nos entregamos totalmente e somos fisgado por sua escrita.
    Bom final de semana!
    “A solidão é a mãe da sabedoria.” (Laurence Sterne)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Well,
    Que edição belíssima! A DarkSide mais uma vez caprichando na diagramação.
    Ainda não conheço a escrita desse autor, adoro clássicos, mas esse é um gênero que não estou acostumada a ler. Já ouvi falar do conto O corvo, e apesar de ter a curiosidade de conhecer os demais, acho que é uma leitura que não buscaria no momento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. A edição é lindíssima, mas como não tão habituada a histórias de terror, não me sinto muito bem, então não é um livro para mim. Por incrível que pareça só ouvi falar mais do autor quando essa edição foi lançada.

    ResponderExcluir