3 de julho de 2017

Tá Na Estante :: 'Mais do que Isso' #674

POSTADO POR EM 3 de julho de 2017

Oi, gente. Tudo bem?


Sim, eu andava bem sumido, né? Faculdade e trabalho estavam me sugando e eu quase não tinha tempo pra ler - ou respirar. Contudo, esse fim de semana consegui relaxar e ler um livrinho, que hoje vou contar pra vocês o que achei. Vamos conferir?!

Livro: Mais do que Isso
Autor: Patrick Ness
Editora: Novo Conceito
Páginas: 430
Sinopse: Um garoto se afoga, desesperado e sozinho em seus momentos finais. E morre. Então ele acorda. Nu, ferido e com muita sede, mas vivo. Como pode ser? Que lugar é este, tão estranho e deserto? Enquanto se esforça para compreender a lógica de seu pior pesadelo, o garoto ousa ter esperança. Poderia isto não ser o fim? Poderia haver mais desta vida, ou quem sabe da outra vida? Do premiado autor Patrick Ness, o mais perturbador romance Young Adult do nosso tempo.
Mais do que Isso é o segundo livro de Patrick Ness lançado pela Editora Novo Conceito no Brasil. Após as críticas positivas relacionadas ao livro Sete minutos depois da meia noite que rendeu uma adaptação para os cinemas, seria normal alimentar grandes expectativas para esse novo trabalho do autor e mais uma vez Ness não deixou a desejar em seu romance eletrizante e perturbador.

Narrado em terceira pessoa e dividido em quatro partes, o livro conta a história de Seth, um rapaz de dezessete anos que está passando por diversos problemas pessoais e se vê encurralado após a revelação de um grande segredo.  Sem apoio familiar, com o afastamento de seus amigos e da pessoa única pessoa que já amou, ele não encontra uma saída para todo o seu desespero e sem expectativas de melhorar o cenário ao qual se encontra, decide cometer suicídio e escapar da dolorosa realidade de sua atual situação.

Decidido a deixar tudo para trás, Seth entrega toda a sua dor e frustração às congelantes ondas do mar, tudo deveria estar apagado em minutos, mas em meio ao pânico que promete seu fim, ele clama por um milagre que não chega.
“- Seth -  ela diz. – Onde quer que esteja, está tudo bem. Você consegue voltar de lá. Seja lá o que aconteceu lá, seja lá o que o mundo pareça agora, não é assim que sempre parece. Não é assim que sempre vai parecer.  Há mais. Há sempre mais.”
Mas o que esperar da morte? Será que de fato Seth conseguiria se livrar de toda a dor que vivenciará anteriormente? A resposta aqui é não! Sem compreender o que aconteceu, nosso protagonista acorda nu, faminto e enrolado em bandagens em meio a uma calçada de um bairro que parece ter sido abandonado a muito tempo. O local não lhe parece conhecido, mas ele tem a leve impressão de já ter estado naquele lugar, só não consegue recordar quando e como.

Desorientado e solitário, Seth busca por reconhecimento do local onde está, mas quanto mais ele tenta compreender o que está acontecendo, mais sua mente parece bloquear qualquer vestígio de lembranças.  E apenas quando ele percebe que casas, supermercados e loja estão vazios e desabitados é que começa seu questionamento sobre estar vivendo um castigo. Estaria ele no inferno? Vivendo um verdadeiro pesadelo ao qual não pode se livrar? Só lendo para saber...

Em meio à solidão, fome e sede que o atormentará dia após dia, Seth precisará encontrar forças para sobreviver nesse novo desespero desconhecido que se tornou sua existência. Porém somente quando suas lembranças retornam e o fazem lembrar-se onde está, é que ele conclui que realmente está no inferno.
“- Há muito mais do que isso Sethy – Gudmund disse. – Esta situação é pior do que se possa imaginar, mas há mais.”
E como se seu sofrimento não fosse o suficiente, toda vez que dorme Seth revisita sua antiga vida por meio de sonhos e pesadelos, algo que aumenta ainda mais o seu tormento.  Mas qual seria a razão de passar por tudo isso e até quando ele vai suportar “viver” assim? É uma pergunta sem reposta.  Em meio a sua angústia e uma nova tentativa de fugir de seus problemas, algo inusitado acontece, e Seth descobre que não está sozinho, ele só não tem certeza se isso é bom ou ruim.
“- Sempre há beleza – ele disse.  – Se souber onde procurar.”
Quando a Editora Novo Conceito anunciou o lançamento de Mais do que isso, somado aos inúmeros elogios relativos à escrita de Patrick Ness, minha vontade de ler esse livro foi imediata. Além de possuir uma proposta bem diferente e inusitada, a trama de Patrick Ness desperta curiosidade no leitor já na sinopse.

Contudo, devo confessar que inicialmente minha experiência com esse livro não começou de forma fácil e no início da leitura fiquei pensando se essa realmente era uma história para mim. O que acontece é que a introdução do livro acontece durante toda a primeira parte da história de forma mais detalhada, o que pode desestimular o leitor, porém se você conseguir chegar à segunda parte pode ter certeza que a leitura fluirá de forma mais empolgante e misteriosa. 

Acompanhar a trajetória de Seth, suas dificuldades e questionamentos em meio ao que estava vivenciando foi surpreendente e maravilhoso. Patrick Ness soube introduzir bem em sua trama uma gama de sentimentos e acontecimentos que tornou a leitura por vezes misteriosa, insana e eletrizante.

Com uma pitada de drama, suspense e ficção científica, Ness nos apresenta uma trama repleta de dramas reais, situações que poderiam muito bem se encaixar em nosso cotidiano e nos fazer refletir e questionar nosso papel no mundo e a verdadeira importância que damos a nossa vida e a daqueles que estão a nossa volta.

Indico o livro para quem deseja conhecer a escrita do autor e para aqueles que desejam uma sair de sua zona de conforto. 

Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Oi Leo! Eu gostei muito desse livro.
    O autor é incrível e eu só conhecei o trabalho dele por causa de Doctor Who. Hoje quero ler todos os livros que ele publicou rs
    Mais do que isso foi bem reflexivo e me fez chorar bastante =/

    ResponderExcluir
  2. Leo!
    Gosto de livros detalhados e já é um atrativo.
    Saber que poderemos acompanhar dramas reais e situaões que poderiam dar mais credibilidade ao enredo devido ao fato de poder acontecer com qualquer um, é ainda mais interessante e faz com que nnos identifiquemos com o protagonista e sua história.
    Desejo uma semana de luz e paz!
    “Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes.” (Paulo Freire)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir