24 de julho de 2017

Tá Na Estante :: 'Meus 15 Anos' #679

POSTADO POR EM 24 de julho de 2017

Oi, gente. Tudo bem?


Esse mês não li quase nada,  mas no final de semana concluí uma leitura bem leve e hoje vim contar para vocês o que achei do livro em questão. Vamos conferir?!
Livro: Meus 15 Anos
Autora: Luiza Trigo
Editora: Rocco Jovens Leitores
Páginas: 232
Sinopse: "Meus 15 anos" conta a história de Bia antes, durante e depois do grande dia, sua festa de 15 anos, claro! A melhor amiga, a rival, o melhor amigo, o menino mais gato e popular da escola... Todos contam um pouquinho dessa história movida a sonhos, paixões, ciúmes, alegrias, decepções e amadurecimento, numa narrativa que intercala as vozes de cada personagem, tornando o texto mais dinâmico. Repleto de referências ao cinema – os títulos dos capítulos são títulos de filmes com os quais a garotada certamente vai se identificar – o livro é sinônimo de diversão e sucesso.
Bia é aquela típica garota nerd e invisível, que não gosta de chamar atenção. Ela está prestes a completar 15 anos, o que, para a maioria das garotas é um grande sonho ter seu dia de princesa e Bia não é diferente disso. O dia de sua festa está chegando e a menina está fazendo um enorme suspense para as amigas acerca dos detalhes da comemoração.

A jovem não quer que nada dê errado nesse dia tão especial. Ela quer aproveitar muito a festa e também dançar aquela música lenta com Thiago, seu crush master. Suas amigas até deram um empurrãozinho para que ela fosse notada por ele, o que é algo louvável, já que ele é o menino mais gato do colégio e não costuma reparar em garotas nerds como Bia.

Mas será que Thiago vai ir mesmo na festa? E se for, será que vai falar com ela? Muitas perguntas se passam pela cabeça de Bia, mas ela não perde por esperar. Talvez aquilo que ela mais deseja não seja o que ela realmente precisa e sua grande festa está prestes a mostrar isso para ela…

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

Meus 15 Anos foi lançado originalmente em 2013 e confesso que não chamou muito minha atenção na época. Contudo, com a estreia da adaptação para as telonas, estrelada pela sensação teen Larissa Manoela, a Rocco resolveu relançar a obra. Depois que vi o trailer do filme, pensei que poderia ser uma leitura interessante e divertida. E não é que foi mesmo?

A escrita de Luiza Trigo é leve, fluida e completamente viciante. Peguei o livro para dar uma lida nos primeiros capítulos e, quando percebi, já estava quase concluindo a leitura. Esse mês de julho foi caótico para mim no quesito leituras, por isso pegar um livro e finalizá-lo tão rápido é algo digno de ser mencionado.

A obra possui capítulos curtos, cada qual possuindo o nome de algum filme que resume bem o que vai acontecer. Cada capítulo é narrado por um personagem, dando seu ponto de vista sobre determinado fato. Achei esse estilo de narrativa bem interessante e abrangente, dando mais vozes e informações à trama, do que se fosse centrado apenas na perspectiva da protagonista.

Falando na protagonista, Bia é uma personagem bem interessante. Apaixonada por livros, bastante inteligente e uma amiga leal, a personagem me cativou logo de início. Também gostei muito de Bruno, o melhor amigo de Bia. Ele é um fofo e está na cara que é apaixonado pela amiga, mas Bia só tem olhos para Thiago e não percebe as intenções do rapaz.

O final foi bem previsível, mas que história adolescente não é? Podemos perceber que se trata de uma trama para jovens e não posso desmerecer a trama nem um pouco por isso. Pelo contrário. Luiza acertou bem a mão em conduzir o ritmo da narrativa e deu grandes lições. Adorei.

A edição física está bem trabalhada, mas confesso que não gostei da capa inspirada no pôster do filme. As páginas são brancas, a diagramação é simples e a fonte é grande. A revisão está ótima, não lembro de ter encontrado erros.

Meus 15 Anos é uma leitura leve, divertida e que eu adorei fazer. Com certeza recomendo a leitura e já estou empolgado para assistir a adaptação.

Beijos e até a próxima!

1 comentários:

  1. Leo!
    Embora seja um livro mais voltado para adolescentes, por ser leve e tornar a leitura divertida, até arriscaria, porque gostei da personagem, mas não está entre minhas prioridades.
    Desejo uma ótima semana!
    “Demore na dúvida...E descubra a sabedoria que insiste em se esconder na ausência de palavras.” (Padre Fábio de Melo)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir